Consumir alimentos com ómega-3 pode aumentar a esperança de vida em cinco anos

Um novo estudo indica que ter altos níveis de ómega-3 no sangue pode aumentar a esperança de vida de um indivíduo em cinco anos.

De acordo com o novo estudo, publicado The American Journal of Clinical Nutrition a 16 de junho, o aumento do consumo desta substância está associado a uma mudança no risco de mortalidade semelhante a parar de fumar.

Para realizar a pesquisa, os investigadores usaram dados de um grupo de estudo de longa duração, o Framingham Offspring Cohort, que desde 1971 monitoriza moradores desta cidade de Massachusetts, nos Estados Unidos.

Os cientistas descobriram que altos níveis de ómega-3 nos glóbulos vermelhos são bons indicadores que podem diminuir o risco de mortalidade.

O estudo conclui que “ter níveis mais elevados desses ácidos no sangue, como resultado da inclusão regular de peixes gordos na dieta, aumenta a expectativa de vida em quase cinco anos”, ressalta Aleix Sala-Vila, um dos autores do estudo.

Foram analisados dados sobre os níveis de ácidos graxos no sangue em 2.240 pessoas com mais de 65 anos, que foram monitorizadas ao longo de uma média de onze anos.

O objetivo era perceber quais seriam os ácidos graxos que funcionam como bons preditores de mortalidade, além dos fatores já conhecidos. Os resultados indicam que quatro tipos de ácidos graxos, incluindo o ómega-3, cumprem esse papel.

Curiosamente, dois desses ácidos graxos saturados são tradicionalmente associados ao risco cardiovascular, mas neste caso acabam por ajudar a aumentar a expectativa de vida, o que leva a que Sala-Vila considere que “nem todos os ácidos graxos saturados são necessariamente maus”.

Os resultados podem contribuir para a personalização das recomendações dietéticas de ingestão alimentar, a partir das concentrações sanguíneas dos diferentes tipos de ácidos graxos, refere o estudo.

“O que descobrimos (…) reforça a ideia de que pequenas mudanças na dieta podem ter um efeito muito mais poderoso do que pensamos, e nunca é tarde ou cedo para fazer essas alterações”, sustenta Sala-Vila.

Agora, escreve o SciTechDaily, os especialistas vão analisar os mesmos indicadores em grupos populacionais semelhantes, mas de origem europeia, para perceberem se os resultados obtidos também podem ser aplicados fora dos Estados Unidos.

A American Heart Association recomenda comer peixes gordos, como salmão, anchovas ou sardinhas – alimentos que são ricos em ómega-3 – duas vezes por semana, devido aos seus benefícios para a saúde.

Ana Isabel Moura, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal já devia ter começado "a retirar pessoas" de zonas costeiras (e as Torres de Ofir deviam ser "demolidas")

O avanço da água do mar e o défice sedimentar tornam difícil a vida na linha costeira e no Norte de Portugal, há zonas onde já se devia ter começado a realojar pessoas, defendem alguns …

Mulher diz ter sido violada por funcionário da ONU. Investigadores questionam a quantidade de álcool que ingeriu

Uma funcionária de uma Organização Não-Governamental (ONG) disse ter sido violada por um especialista em comunicações do Programa de Desenvolvimento da ONU (PNUD), após uma festa num hotel em Bagdade, no Iraque, em 2016. Segundo um …

Turismo recupera no verão à boleia dos residentes

Apesar das tendências de retoma, os números de 2021 ficam aquém dos de 2019. O setor do alojamento turístico registou 1,6 milhões de hóspedes e 4,5 milhões de dormidas em julho, aumentos de 59,6% e 71,9%, …

Escola japonesa verifica a roupa interior dos alunos - e quem não cumprir as regras é punido

Uma escola japonesa ficou no centro de uma polémica depois de ter vindo a público que obrigava os seus alunos a mostrar a roupa íntima. O diretor já fez um pedido de desculpas. Os alunos do …

José Eduardo dos Santos regressa a Luanda após dois anos em Barcelona

O ex-Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, regressa esta terça-feira à tarde a Luanda, depois de estar desde 2019 a viver em Barcelona, Espanha, confirmou à agência Lusa fonte do Executivo. Segundo a mesma fonte, …

Recusou lutar contra israelita nos Jogos Olímpicos: judoca suspenso até 2031

Fethi Nourine rejeitou defrontar um judoca israelita em Tóquio. Está proibido de voltar aos combates durante os próximos 10 anos. 26 de Julho de 2021. O foco dos portugueses nos Jogos Olímpicos, no judo, estava em …

"Não é altura para conjeturas nem debates internos", avisa direção de Rio

"Não é a altura para conjeturas, nem para debates internos sobre o futuro do PSD", afirmou a comissão permanente do PSD esta segunda-feira, num comunicado aos militantes sobre as eleições autárquicas. De acordo com o Público, …

Khalid, a "amostra de Cantona", expulso depois de ser substituído

Avançado do Le Havre protagonizou um momento pouco visto no futebol atual. Foi encontrar-se com um adepto, ao sair do relvado. O momento invulgar foi este: L’embrouille de Boutaïb avec un supporter du HAC 🙃 pic.twitter.com/WOEKLGA5Ew — Petit …

A fazer contas com o regresso às aulas? Saiba como conseguir poupar algum dinheiro

A pandemia trouxe uma crise económica que deixou as famílias em situações financeiras ainda mais difíceis. O ZAP deixa algumas dicas sobre como poupar algum dinheiro com o regresso às aulas Todos sabemos que o regresso …

EuroVolley: Portugal perdeu mas a surpresa "irrespirável" foi a França

Selecção lusa esteve muito perto de marcar presença nos quartos-de-final, pela primeira vez. França, campeã olímpica no mês passado, não passou dos oitavos, num último parcial que terminou com... 34-32. Portugal não vai estar entre as …