/

NASA e ESA vão procurar vida extraterrestre na lua Europa

1

JPL-Caltech / NASA

A superfície brilhante de Europa, a misteriosa lua de Júpiter

A superfície brilhante de Europa, a misteriosa lua de Júpiter

A NASA e ESA vão procurar vida na lua Europa, uma das luas de Júpiter. O projeto, chamado Missão Conjunta Europa (JEM), foi revelado no domingo, no encontro anual da European Geosciences Union.

“Já que consideramos importante procurar vida na lua Europa, então isso deve ser um empreendimento internacional. O objetivo final é chegar à superfície do satélite e procurar provas da existência de vida”, afirma Michel Blanc, do Instituto de Pesquisa de Astrofísica e Planetologia de Toulouse, em França.

A perspetiva de encontrar vida no satélite de Júpiter aumentou quando foi descoberto um vasto oceano debaixo da sua superfície gelada, uma observação que foi reforçada pela visualização de vapores de água que escapam para a superfície.

Os cientistas acreditam que Europa tenha duas vezes mais água que a Terra, o que significa que há muito a explorar durante a missão JEM, que será lançada em 2020 e terá a duração de seis anos e meio – os primeiros cinco anos serão necessários apenas para alcançar Júpiter, e mais alguns dias para chegar ao satélite natural.

Ao alcançar a órbita de Europa, a sonda irá libertar uma secção menor para explorar a superfície durante 35 dias, de modo a recolher amostras de materiais para procurar provas da existência de vida.

A sonda vai passar três meses a investigar a estrutura básica de Europa e, depois de transmitir essas informações para a Terra, deverá entrar na atmosfera para recolher mais informações e finalizar a missão, despenhando-se na superfície da lua de Júpiter.

  ZAP //

1 Comment

  1. Não metam juizo nos lideres de nações com armas nucleares, que vocês vão ver em 2020, as viagens que vamos estar a fazer às luas de Júpiter. Nem NASA quanto mais viagens…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.