O Twitter não apagou mensagens de ódio – e elas apareceram-lhe pintadas à porta

Shahak Shapira, um artista israelita alemão, decidiu confrontar o Twitter com todos os comentários de ódio ali publicados pintando as mensagens à porta do escritório da rede social.

Segundo Shahak Shapira, o Twitter não tem sido eficaz no que toca à eliminação de comentários e mensagens de ódio. Dos 300 tweets que denunciou por considerar que “não eram insultos ou piadas. Eram ameaças concretas de violências, homofobia, xenofobia, ou negação do Holocausto. Coisas que ninguém devia ler”, apenas nove lhe mereceram resposta por parte da rede social.

Segundo o alemão, “cada um desses comentários viola as regras do Twitter”, mas ainda assim, admite não ter recebido “um único email a dizer que o tweet que denunciei tinha sido removido, apesar de prometerem informar os utilizadores quando o processo é avaliado”.

Para alertar a comunidade, online e offline, em relação à quantidade de comentários que se perpetuam impunes, o artista decidiu pintá-los no chão, à porta do escritório do Twitter em Hamburgo, Alemanha.

“Vamos deitar gás aos Judeus!”, “Matem todos os gays e maricas!”, “Pendurem-nos no poste de luz mais próximo”, escreveu no chão.

E nem sequer importa se é com um nome falso, um avatar, escondidos, ou até com a conta verdadeira. Os apelos à violência multiplicam-se pelas redes sociais e no Twitter – ao contrário do Facebook que, dos 150 comentários que denunciou, cerca de 80% foram removidos – esses comentários continuam impunes.

Insatisfeito, Shapira decidiu que se o Twitter mantém essas mensagens visíveis, então a própria empresa deve ser confrontada com elas.

Do conjunto de tweets que a empresa optou por não apagar, Shapira selecionou 30 exemplos – mantendo o nome do autor de cada um – e pintou-os no chão, à porta do escritório da empresa, em Hamburgo, para onde viajou a partir de Berlim.

De acordo com a política da empresa, há um conjunto de comportamentos proibidos na rede social. Entre eles, constitui uma violação das políticas do Twitter discursos com ameaças violentas, desejar a morte, doença ou dano físico a um grupo ou a indivíduos, incitar ao medo sobre um grupo ou referências a episódios de violência em massa, comentários sexistas, racistas ou xenófobos.

O vídeo conta que a empresa apenas limpou parte dos tweets inscritos no chão, em frente à sua filial. Uma atitude que “compactua com a lógica da empresa de limpar o que está à sua porta, deixando o resto para as outras pessoas”, concluiu.

ZAP //

RESPONDER

Morrem por dia 15 mil crianças com menos de 5 anos

Um novo relatório revela que 15 mil crianças morreram por dia em 2016 antes de completarem o quinto aniversário. Pelo menos 46% delas, ou 7 mil, não sobreviveram aos primeiros 28 dias após o nascimento. Quando …

Presidente da Proteção Civil demite-se

O presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil, Joaquim Leitão, demitiu-se esta quarta-feira, informou hoje à Lusa fonte do Governo. A mesma fonte adiantou que Joaquim Leitão entregou na quarta-feira uma carta de demissão dirigida …

A vidente que afinal não é filha de Dalí vai ter que pagar os custos da exumação

Pilar Abel, a espanhola que a 20 de julho obrigou a que o corpo do pintor surrealista Salvador Dalí fosse exumado, após alegações de que seria sua filha, foi condenada a pagar os custos judiciais …

Milhares de comunistas indonésios foram massacrados em 1966 com apoio dos EUA

Documentos desclassificados revelam novos detalhes sobre o massacre indonésio contra comunistas. De acordo com os documentos, Washington estava a par e apoiava a tomada do poder pelos militares e a perseguição dos opositores comunistas. Segundo a …

Pedro Siza Vieira admite que entra num "Governo fragilizado"

O novo Ministro Adjunto e amigo próximo do primeiro-ministro admite que o "Estado falhou" e que o Governo "está fragilizado" mas assegura estar motivado para o novo desafio. Em declarações ao jornal ECO, Pedro Siza Vieira, sócio …

May promete facilitar permanência de cidadãos europeus no Reino Unido

A primeira-ministra britânica prometeu, esta quinta-feira, "facilitar" a estadia dos cidadãos europeus no Reino Unido depois do Brexit, ao mesmo tempo que garantiu que o consenso com a União Europeia nesta matéria está "muito perto". Theresa …

Bruxelas deve considerar despesas dos incêndios como “excecionais”

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, defendeu esta quinta-feira que as despesas públicas resultantes dos devastadores incêndios em Portugal sejam consideradas como "circunstâncias excecionais", sem consequências na avaliação orçamental a fazer por Bruxelas. "Parece-me …

Creme anticelulite tem ingrediente proibido

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) pediu ao Infarmed a retirada do mercado do creme 'Depuralina Celulite', por conter um ingrediente proibido em cosméticos, na União Europeia, desde 2015. De acordo com um …

Benfica recebe o V. Setúbal, FC Porto o Portimonense e Sporting o Famalicão

O sorteio realizado, esta quinta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, ditou que os três grandes vão jogar em casa. Benfica e FC Porto jogam com outras duas equipas da I Liga, enquanto que o …

Líder neonazi britânico declara-se homossexual, revela ser judeu e abandona movimento

Um proeminente líder neonazi da Frente Nacional (NF) britânica deixou o movimento depois de se declarar homossexual e revelar a sua herança judaica. O líder fez as revelações sobre o seu passado violento enquanto renunciava …