O destino do Sistema Solar depende do Planeta Nove

R. Hurt (IPAC) / Caltech

O Planeta X (ou Planeta 9) será um gigante gasoso semelhante a Úrano e Neptuno

Uma equipa de investigadores descobriu que a existência do Planeta Nove pode arruinar o destino do nosso Sistema Solar e “expulsar” os planetas gigantes do espaço interestelar.

Segundo uma teoria defendida até hoje, dentro de sete mil milhões de anos o Sol iria engolir a Terra, transformando-se numa estrela anã e empurrando os planetas gigantes para uma distância segura.

Essa hipótese foi refutada por Dimitri Vegas, astrofísico da Universidade de Warwick, que afirma que se o Planeta Nove realmente existir, o Sistema Solar poderá ter um destino trágico.

A investigação foi feita com recurso a um simulador da morte de sistemas planetários e, quando o hipotético Planeta Nove foi adicionado à pesquisa, a projeção do futuro do Sistema Solar mudou dramaticamente.

Assim, a pesquisa concluiu que, quanto mais distante o planeta estiver e quanto maior for a sua dimensão, mais elevada será a probabilidade de um desastre.

“A existência de um planeta massivo pode mudar radicalmente o destino de Úrano e Neptuno”, adiantou Vegas.

No estudo, que será publicado no Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, o astrofísico sublinha que, ao desintegrar-se, o Sol vai expelir metade de sua própria massa e engolir Mercúrio, Vénus e a Terra, desvanecendo para uma fraca estrela anã.

Os planetas gigantes serão empurrados para longe do Sol mas, devido à localização do Planeta Nove, este poderá ser arrastado para uma espécie de “dança da morte” com Úrano e Neptuno.

Dimitri Vegas sugere que as interações gravitacionais entre o Planeta Nove e os dois planetas gigantes pode fazer com que sejam ejetados do Sistema Solar.

Apesar de a nova teoria parecer bastante assustadora, não terá qualquer influência na população terrestre porque, nessa altura, a Terra já terá sido exterminada pelo Sol.

BZR, ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. É daqui a sete milhões de anos ou sete mil milhões de anos que o Sol vai engolir a Terra????
    Vejam lá isso bem porque são quatidades temporais muito diferentes!!!

  2. Empurrem lá o 9 pela porta 18 a dentro pois já lá passou muita coisa e o 9 também lá cabe muito bem e assim ficamos já livre dele de uma vez por todas.

  3. Não se preocupem, os ETs vão continuar a estabilizar o nosso sistema solar como sempre o fizeram. Estes cientistas não percebem nada do assunto…

  4. Quanto ao Planeta 9 não sei. Quanto ao planeta/ cometa X, esse é que deverá aparecer nos próximos 165 anos e mudar o planeta de lugar ao mesmo tempo que muda o Sol. Vindo do lado sul do planeta, dando a volta por detrás do Sol conforme descrito pelo argentino Carlos Muñoz Ferrada e depois passando próximo da Terra.
    As previsões que parecem mais realistas referem-se a 2036, mas seja em 2036 ou depois, até ao ano 2181 deverá aparecer. Esse sim é que as pessoas tem de temer/ ter respeito, pois a Terra levará um belo de um abanão nessa altura.

  5. Cientistas tolos , quem decide o nosso futuro é Deus , e Jesus está muito próximo
    e vai julgar os homens pela suas loucuras .

Responder a ZAP Cancelar resposta

Banco BiG: EUA e China vão chegar a acordo, mas não será duradouro

No "Outlook" para 2020, os analistas do banco BiG defendem que será improvável que Estados Unidos e China cheguem a um consenso suficiente para reverter as taxas aduaneiras impostas. De acordo com os analistas do banco …

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …

Os glaciares da Nova Zelândia estão a mudar de cor

À medida que o Hemisfério Sul entra no verão, acontece uma temporada catastrófica de incêndios florestais na costa leste da Austrália. Há casas destruídas, coalas a morrer e um fumo espesso que cobre o estado …

Não se irrite. Fisco vai comunicar de forma mais clara

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai lançar um serviço de apoio e defesa ao contribuinte que usará uma linguagem mais simples e clara. A alteração é inspirada num modelo britânico. A Autoridade Tributária e Aduaneira vai …

Juiz Rui Rangel justificou ganhos com direitos de autor de programa televisivo

O juiz afirmou, perante o plenário do Conselho Superior da Magistratura, que os ganhos fora da magistratura correspondiam a direitos de autor de um programa na televisão. O juiz Rui Rangel, que foi demitido da magistratura esta …

Governo faz ultimato: empresas têm 30 dias para regularizar fundos europeus parados (ou devolver dinheiro)

O Governo vai dar 30 dias para que as empresas que têm fundos comunitários parados regularizem a situação. Findo esse período, terão de devolver o dinheiro. José Mendes, secretário de Estado do Planeamento, garantiu, em entrevista …