Nuno Tavares e Rui Patrício podem juntar-se a Mourinho em Roma

Miguel A. Lopes / Lusa

Rui Patrício defendeu o penalty que deu o apuramento de Portugal para as meias-finais do Euro 2016 frente à Polónia

Treinador português José Mourinho vai liderar a Roma e poderá contar com dois compatriotas na sua nova equipa.

Mais de uma década depois, José Mourinho vai voltar ao campeonato italiano. O futuro treinador da Roma pode, tal como aconteceu na sua entrada no Chelsea, contar com alguns reforços portugueses.

Indica o La Gazzetta dello Sport que, enquanto o técnico luso vai desenhando o futuro plantel da capital italiana, aparecem duas prioridades portuguesas na lista de possíveis reforços: Nuno Tavares e Rui Patrício.

O jovem lateral do Benfica não é um titular indiscutível na Luz, numa posição (lateral-esquerdo) em que Grimaldo é quase sempre o eleito por Jorge Jesus. Apesar disso, Nuno Tavares já jogou 22 vezes esta época, depois de se ter estreado na equipa principal na temporada passada.

O lisboeta de 21 anos, que passou pela formação do Casa Pia e do Sporting, antes de se mudar para o Benfica quando era juvenil, é visto por Mourinho como uma boa opção para lateral-direito, lugar que não seria inédito para o jogador.

Tiago Pinto, diretor desportivo da Roma, está a tratar do processo, sabendo que o Nápoles também está interessado em Nuno Tavares. O negócio deverá rondar os sete milhões de euros, caso se concretize.

Rui Patrício também pode estar a caminho da capital de Itália. O internacional português, “dono” da baliza da seleção e do Wolwerhampton, tem mais um ano de contrato com o clube inglês, orientado por Nuno Espírito Santo. O ex-Sporting, na Premier League desde 2018, é considerado um dos melhores guarda-redes do principal campeonato inglês.

Gianluigi Buffon, que já confirmou que vai deixar a Juventus, pode igualmente entrar nas contas de Mourinho, para a baliza.

Em relação a possíveis saídas de Roma, os processos prioritários são duas das figuras da equipa: Henrikh Mkhitaryan e Edin Džeko. A renovação mais complicada será a do médio, que não aceitou a proposta do clube, já neste ano, e que não teve uma relação pacífica com José Mourinho quando ambos representaram o Manchester United.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.