Número de desempregados inscritos baixa 5,2%

kate hiscock / Flickr

-

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego diminuiu 5,2% em fevereiro, face a igual período de 2013, para um total de 700.954 pessoas, e recuou 0,6% em relação a janeiro, divulgou hoje o IEFP.

Segundo os dados do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) disponibilizados na sua página de Internet, face a fevereiro de 2013, registou-se uma diminuição de 5,2% do número de desempregados registados, o que representou menos 38.657 pessoas.

Em relação a janeiro, o total de desempregados recuou 0,6%, o que corresponde a menos 4.373 indivíduos.

O IEFP adianta que no final de fevereiro, encontravam-se inscritos como desempregados no continente e nas ilhas 700.954 pessoas, número que representa 74,7% de um total de 938.826 pedidos de emprego.

Os pedidos de emprego em fevereiro subiram 4% em termos homólogos e 0,6% em relação ao mês anterior, tal como as ofertas de emprego, que totalizaram 18.795 no final do mês passado. Em termos homólogos, as ofertas de trabalho cresceram 72% (7.865) e 9,9% (1.697) face a janeiro.

“A análise por género evidencia uma quebra anual do desemprego, tanto nos homens (-6,4%), como nas mulheres (-4,1%)”, refere o IEFP.

Por idade, os adultos registaram uma descida de 6,2% e a dos jovens uma subida de 1,6%, no espaço de um ano.

“Quanto ao tempo de inscrição, os desempregos inscritos há menos de um ano baixaram em relação a fevereiro de 2013 (-13,2%), contrariamente aos desempregados de longa duração [tempo de inscrição igual ou superior a um ano], que aumentaram 5,7%”, refere o IEFP.

As situações de procura de um novo emprego por parte dos desempregados recuaram 7,6% em termos homólogos e as relativas à procura do primeiro emprego subiram 22%.

A nível regional, o desemprego diminuiu em todas as regiões do continente, uma quebra homóloga de 5,3%, com a Região Autónoma da Madeira a acompanhar a tendência (recuo de 7,4%), enquanto nos Açores houve uma subida de 3,4%.

Por nível de escolaridade, o IEFP adianta que se registou uma diminuição em particular nos detentores do 2.º e 3.ºciclos do ensino básico, com -7,7% e -7,8%, respetivamente, sendo que “apenas os habilitados com o ensino superior assinalaram uma variação crescente”, de 0,4%, em termos anuais.

As colocações realizadas durante fevereiro ascenderam a 7.426 em todo o país, mais 2.665 (56%) em termos homólogos, mas face ao mês anterior foi inferior em 21,1% (1.989).

“A análise das colocações por grupos de profissões (dados do continente), evidencia uma maior concentração em torno dos trabalhadores não qualificados (21,5) e dos trabalhadores dos serviços pessoais, de proteção e segurança e vendedores (17,3%)”, conclui a IEFP.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Com o aumento da imigração não admira!!!
    Depois estes “iluminados” acham-se muito bons porque o desemprego baixa MAS esquecem-se que a população também baixa com a ENORME imigração que tem havido!

RESPONDER

Já há rascunho do acordo da COP25 (mas nada está ainda totalmente fechado)

Esta segunda-feira arranca a semana decisiva, depois de uma semana de trabalho técnico ara definir as linhas que vão dar origem ao documento final da 25.ª Convenção das Partes (COP25) da Convenção-Quadro das Nações Unidas …

Novos escalões de IRS só serão criados "a meio da legislatura"

Esta segunda-feira, o Governo disse aos parceiros sociais que só deverão acontecer "mexidas no IRS", nomeadamente a criação de novos escalões, a meio desta legislatura. O Governo de António Costa confirmou aos parceiros sociais que a …

Navios em Portugal poluem tanto quanto as oito cidades com mais carros

O transporte marítimo deve integrar o regime de comércio de licenças de emissão da União Europeia (UE), defendeu, esta segunda-feira, a associação ambientalista ZERO, exigindo limites de emissão de dióxido de carbono (CO2) para navios …

Já são conhecidos os nomeados aos Globos de Ouro. Netflix lidera com "O Irlandês" e "Marriage Story"

A cerimónia de entrega de prémios realiza-se a 5 de janeiro de 2020 no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, e será apresentada por Ricky Gervais. Já são conhecidos os nomeados à 77ª edição dos Globos …

Falhas na formação de médicos levam ministra a criar grupo de trabalho

A ministra da Saúde determinou a constituição de um grupo de trabalho para criar um manual de regras e procedimentos para a avaliação das capacidades de formação de médicos no SNS, depois de falhas apontadas …

Surto de sarampo leva Samoa a fechar escolas e serviços. Ativista anti-vacinação detido

Com o objetivo de conter o surto de sarampo que já matou 60 pessoas, o governo de Samoa está a pedir à população que coloque uma bandeira vermelha em frente às casas nais as pessoas …

Poluição do ar leva Sarajevo a cancelar todos os eventos públicos

As autoridades bósnias consideram que a poluição na capital do país, Sarajevo, atingiu níveis perigosos nos últimos dias. Perante a densa nuvem de nevoeiro que paira na cidade, o governo regional decidiu cancelar todos os …

A banana colada à parede que custou 108 mil euros foi comida

A banana mais cara do mundo, presa a uma parede com fita adesiva, foi descascada e comida por um artista que visitava o stand da galeria Perrotin, na feira de arte contemporânea Art Basel, nos …

Empresas norte-americanas reforçam domínio na venda global de armas

O Instituto Internacional de Estudos de Paz de Estocolmo (SIPRI) revelou esta segunda-feira que as empresas norte-americanas aumentaram o domínio no comércio global de armas em 2018, para 59% do volume total entre as 100 …

Faltam medicamentos para doenças crónicas nas Farmácias (e ninguém sabe porquê)

Há medicamentos para doenças crónicas que estão, constantemente, em falta nas Farmácias Portuguesas. Uma situação preocupante, sobretudo para os pacientes que deles precisam, e que não tem uma explicação. A Associação Nacional de Farmácias está …