Novos donos da TAP não estão disponíveis para serem sócios minoritários

Stuart Isett / Fortune Brainstorm Green

David Neeleman, dono da Azul Linhas Aéreas Brasileiras

David Neeleman, dono da Azul Linhas Aéreas Brasileiras

David Neeleman e Humberto Pedrosa, do consórcio Atlantic Gateway que comprou a TAP, estiveram esta quinta-feira reunidos com o ministro do Planeamento, Pedro Marques, para as negociações com o Governo tendo em vista a reversão da operação em favor do Estado.

Os novos donos da TAP mostraram-se indisponíveis para se tornarem sócios minoritários, com apenas 49% do capital, tal como pretende o Executivo de António Costa. “Já pagámos muita dívida, tomámos decisões nas últimas duas semanas, mais do que em todos os anos antes”, afirmou Neeleman no final do encontro.

O norte-americano explicou que foi assinado um contrato com “muitas restrições” e que a empresa vencedora do concurso pretende cumprir o acordo assinado que lhe dá 61% da transportadora aérea.

“Nós fizemos um acordo em que não podemos tirar um euro de lucro até as dívidas estarem pagas, e estamos a investir muito nessa causa”, justificou o empresário, mostrando que não é fácil negociar com os objetivos do atual Governo.

O norte-americano disse ainda que foi explicado ao Governo “todos os desafios que temos e que todo o dinheiro que colocámos e vamos colocar tem risco”. “A TAP tem uma situação difícil no Brasil e em Angola. É uma empresa que deve muito dinheiro. A TAP tem de ser salva. Estamos dia-a-dia a lutar por isso”, alertou.

Já Humberto Pedrosa deixou claro que “o Governo tem um projeto que é querer a maioria” e que os donos da TAP têm um projeto bem diferente “que não se muda de um dia para o outro”.

Questionado sobre a possibilidade de Governo e donos se entenderem, Humberto Pedrosa alertou que “isto não casa bem”, realçando que é difícil encontrar um ponto de união nos objetivos.

A reunião acontece 24 horas depois de o primeiro-ministro António Costa ter reafirmado, no seu primeiro debate quinzenal no Parlamento, que é “vital” para o Executivo “negociar na aquisição pelo Estado dos 51% do capital da TAP”.

“O Estado deve manter a maioria do capital da TAP”, defendeu o primeiro-ministro, explicando que a TAP “não é só uma companhia de aviação, é a garantia da independência nacional, da ligação do nosso território descontínuo ás comunidades emigrantes e um instrumento fundamental para economia portuguesa e para a afirmação da plataforma atlântica de Portugal”.

Para ficar com a maioria do capital da TAP, a Atlantic Gateway ofereceu 10 milhões de euros pelas acções da companhia aérea, tendo-se comprometido ainda a injectar 338 milhões de euros de capital, dos quais 150 milhões de euros entraram na empresa logo após a assinatura do contrato de compra com a Parpública.

Por agora, não está agendada mais nenhuma reunião entre o consórcio Atlantic Gateway e o Governo português.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Pois é, aqueles que se julgam sábios, e com as santas alianças à esquerda, e com a feroz esquerdalha, o resultado só pode ser treta e mais treta e nada mais que treta, e mais não digo. …….

    • Mais treta foi a negociata da direitalha que não fez senão vender Portugal a retalho. E se você é português, não parece ou então é outro vendido a estrangeiros e/ou direitalha.

  2. Está a vista que a TAP (tal como outras empresas publicas) não prestava, apenas quando era do estado!
    Agora que os LOBOS do costume a abocanharam, não mais a largam…
    Percebe-se assim, como o anterior governo deixava afundar a empresas publicas, para depois as dar aos amigos de sempre….

    O povo é MANSO…

    • Pretenderá então dizer que foi o governo anterior que deitou abaixo a Lisnave, Setenave, Siderurgia Nacional, que fez uma reforma agrária para sacar tudo aos proprietários e pôs tudo no desemprego e abandono, que encontrou todas as transportadoras a dar lucro e as deixou a dar prejuízo entre tantos outros casos, pois pelo nome você deve ter sido importado da Argélia e está por cá há pouco tempo certamente o que tem direito a desculpa.

  3. Acaso a TAP vai mudar de nome? Vai deixar de ser portuguesa?
    Quem viaja de avião é porque pode. Não é um autocarro para transportar pessoas para o médico, para o mercado, para a escola. Nem o comboio, que deveria ter uma verdadeira função social. O Que é vital para a vida dos cidadãos é que deveria ser controlado pelo Estado, tal como o abastecimento de águas ao domicilio. Para usufruirem de bens e serviços, como água, electricidade, cuidados de saúde, transportes terrestres, os cidadãos não deveriam ter de depender da , por vezes ganância de detentores do direito de fornecer bens e serviços às populações.
    Agora, andar de avião, há muitas companhias, viaja quem quer e pode, por motivos particulares ou profissionais.
    Se alguém se prontifica a pagar as dívidas, salários e encargos e modernizar, qual é o problema, desde que se continue a chamar TAP AIR PORTUGAL ou TRANSPORTES AEREOS PORTUGUESES?
    Quais as implicações no turismo com estas teimosias?

RESPONDER

Físicos explicam por que as mudanças do campo magnético da Terra são mais fracas no Pacífico

Uma nova investigação levada a cabo por físicos da Universidade de Alberta, no Canadá, apresenta uma explicação para o facto de as mudanças no campo magnético da Terra serem mais fracas na região do Pacífico. …

Chovem diamantes no interior de Neptuno e Urano (e já se sabe porquê)

Podem estar a chover diamantes dentro dos corações de Neptuno e Urano. Agora, os cientistas descobriram novas evidências experimentais que mostram como é que isso poderia ser possível. Neptuno e Urano são os planetas mais mal …

Descobertas duas super-Terras na zona habitável de uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar

Uma equipa internacional de cientistas encontrou duas super-Terras a orbitar uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar. Conduzida pela Universidade de Göttingen, na Alemanha, a equipa de especialistas localizou um sistema formado por pelo …

Sporting 2-1 Gil Vicente | Leão de Plata só sabe vencer

O Sporting cumpriu na recepção ao Gil Vicente, no fecho da 29ª jornada da Liga NOS, e venceu por 2-1, num jogo que pareceu sempre controlado, mas que terminou com emoção. Os “leões” dominaram por completo …

Leões marinhos decapitados estão a dar à costa no Canadá (e ninguém sabe porquê)

Os corpos decapitados de pelo menos cinco leões-marinhos encontrados nas costas de Vancouver, no Canadá, nos últimos meses sugerem que pode haver um serial killer de mamíferos marinhos à solta. O LiveScience relata que pelo menos …

Este japonês é a única pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja

Um homem japonês tornou-se a primeira pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja depois de concluir um curso de pós-graduação que envolvia a aprendizagem de artes marciais básicas e escalada de montanhas. De …

Cátio Baldé acusado de comprar vistos para jogadores do Benfica

Cátio Baldé está a ser acusado de corrupção passiva por ter pagado a um funcionário da embaixada portuguesa em Bissau para conseguir vistos para jogadores do Benfica. O empresário admite o crime, mas nega o …

Ex-polícia admite ser "Assassino de Golden State" e declara-se culpado de 13 homicídios

O ex-polícia norte-americano Joseph DeAngelo declarou-se, esta segunda-feira, culpado de 13 homicídios. Mais conhecido como o "Assassino de Golden State", DeAngelo foi preso em 2018, após 40 anos de investigação. A identificação do criminoso apenas foi …

Infarmed garante ter stock de remdesivir, apesar da compra massiva dos EUA

Depois da notícia de que os EUA compraram à empresa Gilead Sciences praticamente toda a reserva para três meses do medicamento remdesivir, o primeiro aprovado no país no tratamento de covid-19, o Infarmed garante que …

Orfão, capturado e apresentado à rainha. A história da mais antiga fotografia de um indígena da Nova Zelândia

Um daguerreótipo - primeiro processo fotográfico do mundo - mantido na Biblioteca Nacional da Austrália é o mais antigo retrato fotográfico conhecido de um indígena maori da Nova Zelândia. Na imagem antiga, um adolescente aparece vestido …