Novo vídeo de agressão entre jovens circula nas redes sociais

https://www.youtube.com/watch?v=puQ6xgj4i_Q

Há um novo vídeo de uma agressão entre jovens a circular nas redes sociais, que mostra um grupo de raparigas a agredir uma adolescente de 13 anos perto da Escola EB23 Pedro Eanes Lobato, na Amora, no Seixal.

Como se observa no vídeo divulgado, a adolescente é confrontada com mensagens que terá enviado e acaba por ser agredida por diversas outras jovens, uma de cada vez. Uma das agressoras já será maior de idade.

“Nada de ajuntamentos”, diz uma das agressoras. Depois, outra rapariga acaba por dá um estalo na cara da jovem, ao mesmo tempo que afirma: “Se fazes queixa minha na polícia vais levar na cara”.

A mãe da vítima diz ter apresentado queixa esta quinta-feira, mas voltou à polícia esta sexta para entregar o vídeo porque as autoridades terão informado que não podiam fazer nada sem provas das agressões.

“A minha filha andava a receber ameaças há vários dias. Tanto que, na quarta-feira, nem a deixei ir à escola. Ontem ela pediu-me para ir com uma amiga a casa da avó e fizeram-lhe uma espera. Nem consigo ver estas imagens, o que lhe fizeram não tem perdão“, contou Maria Carvalho ao Correio da Manhã.

De acordo com o jornal, a mãe da jovem apresentou queixa da PSP e quer que os vídeos sejam divulgados “para que não hajam outras meninas a ser agredidas que tenham medo de se queixarem”.

A PSP já está a investigar o caso que ocorreu esta quinta-feira, existindo vídeos dos factos que estão no processo, disse hoje à Lusa fonte policial.

“A PSP deslocou-se ao Centro de Saúde da Amora para uma ocorrência em que uma jovem teria sido agredida por outros alunos da escola. No local, a PSP identificou testemunhas e recolheu elementos para a participação”, disse à Lusa fonte da PSP.

“A mãe deslocou-se à PSP e disponibilizou vídeos com a jovem a ser agredida. A PSP juntou os vídeos à participação e vai entregar no tribunal”, acrescentou a mesma fonte, sublinhando que as autoridades estão a procurar apurar a identidade das agressoras e é uma “questão de tempo” até o conseguirem.

Apesar de as agressões não terem tido lugar dentro do recinto escolar, Célia Almeida, diretora do agrupamento, adiantou ao Jornal de Notícias que a direção vai abrir procedimentos escolares, ouvir agressoras e vítima, para “garantir a segurança e evitar confrontos dentro da escola”.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Já que a justiça/lei se exclui de responsabilizar “menores” que tem atitudes de maiores então que comecem a fazer dos seus encarregados de educação imputaveis directos dos seus actos de vandalismo.
    Talvez dessa forma, arranjem tempo para se preocupar com a educação e actos que os seus educandos têm na rua.

  2. São pretas a agredir uma branca. Imaginemos que fosse o contrário…
    Este comportamento da imprensa demonstra um racismo intolerável.

RESPONDER

Grande carruagem cerimonial descoberta quase intacta em Pompeia

Uma grande carruagem cerimonial de quatro rodas, com elementos de ferro, decorações de bronze e estanho, restos de madeira mineralizada e vestígios de elementos orgânicos, como cordas, foi encontrada quase intacta na área arqueológica de …

FC Porto 0-0 Sporting | Nulo com sabor a vitória para o "leão"

O “clássico” do Dragão, entre FC Porto e Sporting, terminou sem golos, sem grande futebol, e com um “leão” cada vez mais perto do título, apesar de ainda faltar muito campeonato.  A igualdade permite à formação …

Adolesceste entusiasta por pirotecnia construiu o seu próprio simulador profissional de fogos de artifício

O FWsim foi lançado pela primeira vez em 2010 como um software de planeamento de fogos de artifício, voltado para profissionais de pirotecnia e entusiastas de fogos de artifício. Em 2006, conta o Vice, Lukas Trötzmüller …

Pela primeira vez em 45 anos, uma casa vitoriana "flutuou" pelas ruas de San Francisco

A manhã de 21 de fevereiro em San Francisco, nos Estados Unidos, foi um pouco diferente do normal: uma casa vitoriana passou a "flutuar" pelas ruas da cidade. De acordo com o BuzzFeed News, uma equipa …

Nação Cherokee pede à Jeep que deixe de usar o nome da tribo nos seus carros

"É hora de a Jeep reconsiderar chamar os seus SUVs Cherokee e Grand Cherokee". Pela primeira vez, a tribo norte-americana Nação Cherokee pediu diretamente à Jeep para parar de usar o seu nome nos seus …

PCP quer apoios a 100% para pais "imediatamente e com efeitos retroativos"

O secretário-geral do PCP pediu ao Governo, este sábado, apoios a 100% para os trabalhadores que estão em casa com os filhos, pagos "imediatamente e com efeitos retroativos", e defendeu um plano de desconfinamento "setor …

Naufrágio grego que levava partes do Partenon está a revelar os seus segredos

A última expedição de mergulhadores ao navio grego Mentor, que naufragou perto da ilha Citera em 1802, recuperou várias peças do cordame, moedas, a sola de couro de um sapato, uma fivela de metal, uma …

Chega vai reagir "muito veementemente" na rua à tentativa de ilegalização

O líder do Chega disse, este sábado, que o partido vai responder "muito veementemente" e com "presença na rua", já em março, à tentativa de ilegalização da estrutura promovida por Ana Gomes. "Quero deixar claro aqui, …

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Catarina Martins faz apelo a Costa. "Moratórias têm de ser estendidas já"

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez um apelo direto ao primeiro-ministro, este sábado, para que não espere que "seja tarde demais" e decida já estender as moratórias, evitando assim uma vaga de despejos e …