Novo nanomaterial permite extrair hidrogénio da água do mar usando apenas o Sol

Foi desenvolvido um novo nanomaterial que pode libertar o hidrogénio da água do mar de forma muito mais barata e eficiente do que os métodos já existentes, potenciando uma nova forma de desbloquear fontes de energia mais sustentáveis.

Encontrar uma forma de produzir hidrogénio a partir da água, que não implique um custo ou energia muito elevados, poderia reduzir significativamente a nossa dependência dos combustíveis fósseis.

Agora, uma equipa da Universidade da Flórida Central, nos EUA, informou que um novo método de extração é particularmente adequado à sua terra natal, uma vez que tem abundância de luz solar e água do mar – os dois elementos naturais que fazem todo o processo funcionar.

“Abrimos uma nova janela para dividir água real, e não apenas água purificada feita em laboratório”, afirma o investigador Yang Yang, que há cerca de uma década se dedica ao desenvolvimento desta tecnologia. “Isto realmente funciona bem na água do mar“.

Ao colocar uma célula de combustível de hidrogénio num carro, o único desperdício será água, que pode ser transformada em hidrogénio e oxigénio – algo verdadeiramente sustentável, limpo e amigo do ambiente para fornecer energia.

University of Central Florida

O professor Yang Yang, da UCF

O problema é produzir hidrogénio, seja a partir da água ou de outra fonte, de uma forma económica que não custe ainda mais energia e que crie mais carbono do que economiza. É um enigma que cientistas por todo o mundo estão a tentar solucionar.

A verdade é que os cientistas já tinham olhado para a possibilidade de obter hidrogénio a partir da água do mar – pode ser feito, mas utiliza demasiada eletricidade. A qualidade da água nos oceanos, incluindo o sal, tornam o processo particularmente complicado.

Para este estudo, Yang e a sua equipa desenvolveram um novo nanomaterial para atuar como fotocatalisador, estimulando a reação química que ocorre quando a luz atinge uma superfície: neste caso, produzindo gás hidrogénio a partir da água.

Crucialmente, o nanomaterial captura um espectro mais amplo de luz do que outros materiais, para que possa utilizar mais energia do Sol. Também foi especialmente concebido para suportar as condições difíceis da água do mar.

O material híbrido é baseado em dióxido de titânio, o fotocatalisador mais comum, mas está gravado com nanocavidades microscópicas revestidas com um composto chamado dissulfeto de molibdénio.

University of Central Florida

Conceito artístico do nanomaterial híbrido desenvolvido pela equipa do professor Yang

Esta é a fórmula mágica que torna a libertação de hidrogénio muito mais eficaz e a um custo razoável. Segundo o estudo, publicado na Energy & Environmental Science, é pelo menos duas vezes mais eficiente que os fotocatalisadores atuais.

Ainda há um grande caminho pela frente relativamente a esta tecnologia, porém, os testes iniciais realizados por esta equipa já mostram resultados promissores. Além disso, usar diretamente a luz solar em vez de obter eletricidade a partir de painéis solares dispensa o armazenamento de energia elétrica em baterias. O gás hidrogénio pode ser armazenado e transportado, o que é mais fácil de fazer.

“Podemos absorver muito mais energia solar da luz do que do material convencional”, diz Yang. “Eventualmente, se isto for comercializado, seria bom para a economia da Flórida”.

PARTILHAR

RESPONDER

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …