Novo confinamento pode comprometer contas de Leão (e pôr em xeque a metáfora da luz ao fundo do túnel)

Nuno Fox / Lusa

O ministro das Finanças, João Leão

O Orçamento do Estado para 2021 permitiu “ver a luz ao fundo do túnel”, mas João Leão avisou que ainda era preciso atravessá-lo. O aumento de casos e de internamentos e o novo confinamento que aí vem intrometeram-se no caminho do ministro das Finanças, que começa o ano com uma grande incógnita.

Os números do défice e do PIB de 2020 dão uma pequena folga para este ano, que começa com incertezas e envolto de dúvidas e surpresas. A maior delas é o novo confinamento, que não estava nos planos do Governo quando desenhou o Orçamento do Estado para 2021.

O Governo aprova esta quarta-feira as medidas de confinamento geral, mas o impacto que terá na atividade económica, na despesa e na receita pública ainda é incerto.

Apesar de Leão ter garantido que o OE “tem previsto que a pandemia terá uma dimensão significativa durante o primeiro semestre todo [de 2021]”, a verdade é que o documento pode não ter sido preparado com o cenário de um novo confinamento severo em mente. Ainda assim, salvaguarda o ECO, tal não significa que será necessário um retificativo.

No ano passado, a economia portuguesa (e mundial) foi apanhada de surpresa. Uma das vantagens de 2021 prende-se exatamente como facto de o mundo viver a braços com a pandemia há quase um ano, o que sugere que a adaptação será mais fácil.

Ouvido pelo diário, o economista Pedro Braz Teixeira realçou que o aumento do comércio online, um recurso maior ao take away ou drive thru, a maior capacidade de teletrabalho, entre outros fatores, foram adaptações que a sociedade se viu obrigada a fazer e que poderão trazer benefícios.

Por outro lado, a resistência a um segundo impacto no rendimento por parte das empresas e dos cidadãos deverá ser menor, o que coloca em causa a capacidade de recuperação nos trimestres seguintes. A incerteza é, portanto, a única certeza.

O impacto orçamental significativo é inegável, mas há amortecedores a caminho, como a intervenção do Banco Central Europeu (BCE) nos mercados financeiros e as primeiras tranches europeias para a execução do Plano de Recuperação e Resiliência.

De acordo com as contas do ECO, o impacto direto nas contas do Estado do confinamento de março e abril foi de 345 milhões de euros do lado da despesa e de 319 milhões de euros do lado da receita, o que perfaz um total de 664 milhões de euros. Em maio, o valor subiu para os 951 milhões (despesa) e 868 milhões (receita), num total de 1,8 mil milhões de euros, o equivalente a menos de 1% do PIB.

Apesar de o OE2021 já conter um conjunto de apoios à economia em virtude da pandemia, permanece a dúvida sobre se estas verbas serão suficientes para ajudar a economia este ano. Ainda assim, o ECO salvaguarda que poderá haver reforços através das dotações centralizadas.

Neste início de ano, a luz ao fundo do túnel não parece assim tão percetível, mas pode não se apagar de vez.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Era como se a morte estivesse num copo." No século XVIII, o gin estava a arruinar a Inglaterra

A bebida alcoólica tornou-se tão popular no Reino Unido que os empresários começaram a utilizar todo o tipo de aditivos para enriquecerem. No século XVIII, o gin tornou-se a maior droga que o homem poderia consumir …

Vacinar animais contra a covid-19? Dezenas de zoos nos EUA estão a avançar com a ideia

Cerca de 70 jardins zoológicos e espaços de conservação nos Estados Unidos estão a administrar a vacina da farmcêutica veterinária Zoetis aos seus animais. Não são só os humanos que estão a ser vacinados contra a …

Lewis Hamilton: "Eu não disse que estava a morrer"

Acidente com Max Verstappen originou dores no campeão; Helmut Marko disse que já era "espectáculo" a mais. Troca de palavras entre os dois candidatos ao título. Como se esperava, o acidente que envolveu Lewis Hamilton e …

Autorretrato de Frida Kahlo deverá ser vendido por um valor recorde de 30 milhões de dólares

A Sotheby’s espera ultrapassar os 30 milhões de dólares (mais de 25 milhões de euros) com o autorretrato da pintora mexicana Frida Kahlo, no qual aparece também o seu marido Diego Rivera. O autorretrato Diego y …

David Luiz: "Um dos dias mais especiais da minha vida" - e ainda se fala sobre Jorge Jesus

Flamengo ficou mais próximo de mais uma final da Libertadores, depois de derrotar o Barcelona de Guayaquil. David Luiz estreou-se. O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2-0, na primeira "mão" das meias-finais da Copa …

Iémen. Escassez de alimentos empurra 16 milhões de pessoas para a fome, revela ONU

Pelo menos 5 milhões de pessoas no Iémen estão à beira da fome e outros 16 milhões estão "a caminhar para a fome", num país dilacerado pela guerra civil. O Programa Mundial de Alimentos (WFP, na …

Presidente da Tunísia governará por decreto, ignorando partes da constituição

O Presidente da Tunísia, Kais Saied, declarou que governará por decreto e ignorará partes da constituição, enquanto se prepara para mudar o sistema político, gerando críticas imediatas da oposição. Desde 25 de julho, dia em que …

Alemanha deixa de pagar quarentena a trabalhadores não vacinados

A Alemanha vai deixar de indemnizar trabalhadores não vacinados que forem forçados a quarentena devido ao coronavírus, por ser "injusto pedir aos contribuintes que subsidiem aqueles que se recusam a ser vacinados", disse na quarta-feira …

Governo acaba com recomendação do teletrabalho

O Conselho de Ministros decidiu acabar com a recomendação da opção pelo teletrabalho e eliminar a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. Estas medidas integram a terceira e última fase do plano …

Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: "Portem-se bem"

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um "comportamento adequado" durante os jogos no Benito Villamarín. O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em …