Novo comboio sustentável do Reino Unido é movido por resíduos humanos e animais

Ultra Light Rail Partners

O protótipo do BioUltra foi lançado em julho

O BioUltra é o novo comboio ecológico, movido por resíduos humanos e animais, no qual será possível viajar por um preço “acessível” no Reino Unido.

Os engenheiros por trás do BioUltra, da empresa Ultra Light Rail Partners, pretendem substituir os elétricos e comboios do Reino Unido por alternativas movidas a biometano, para ajudar o meio ambiente e tornar os meios de transporte mais sustentáveis, relata o The Independent.

O biometano é um tipo de biocombustível derivado de vários produtos residuais, incluindo esgotos, resíduos de produção agrícola, estrume animal e resíduos alimentares – que são decompostos por bactérias e produzem um gás que, por sua vez, é usado como um combustível alternativo mais limpo.

Apesar de o biometano libertar carbono para a atmosfera, os apoiantes desta tecnologia argumentam que isso iria acontecer de qualquer forma através de processos naturais e, por isso, usá-lo como combustível irá simplesmente dar aos componentes uma nova vida, evitando a combustão de combustíveis fósseis.

A Ultra Light Rail Partners recebeu 60 mil libras do Fundo de Inovação Sustentável do governo do Reino Unido para desenvolver este comboio, que terá capacidade para transportar até 120 passageiros.

Além disso, a empresa adicionará luzes ultra-violeta e uma filtragem do ar altamente eficaz para ajudar a conter a propagação do novo coronavírus, revelou a Black Country Chamber of Commerce, uma organização sem fins lucrativos que fornece apoio financeiro a novos negócios.

“Este é um voto de confiança no nosso negócio, que se foca totalmente na oferta de viagens em meios de transporte leves e acessíveis, como uma alternativa confortável, moderna, confiável e segura às viagens de carro”, disse Beverley Nielsen, presidente da Ultra Light Rail Partners, num comunicado.

“Queremos ser capazes de levar esta alternativa a cidades maiores e mais pequenas do Reino Unido, para que possam retirar os veículos poluentes das suas cidades, melhorando a qualidade de vida de todos”, acrescentou.

A Sustainability West Midlands descobriu recentemente que a redução em 50% dos níveis de apenas um poluente – PM2.5 – evitaria até 952 mortes por ano nas West Midlands.

Sofia Teixeira Santos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas desenvolveram mini-cérebros (quase) humanos

Cientistas norte-americanos enviaram para a Estação Espacial Internacional (EEI) aglomerados de células nervosas, chamadas de mini-cérebros, que estão, agora, a desenvolver-se de formas que os investigadores não imaginavam ser possível. Os organóides foram criados a partir …

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está …

"Bola de fogo" cruzou o céu sobre o Mediterrâneo a 105 mil quilómetros por hora

Uma "bola de fogo" atravessou o mar Mediterrâneo e o norte de Marrocos na noite de quarta-feira, a 105.000 quilómetros por hora. A bola de fogo foi observada por um projeto científico espanhol a uma velocidade …

Duterte rejeita que a filha o vá suceder na liderança das Filipinas. "Isto não é para mulheres"

O líder das Filipinas, Rodrigo Duterte, descartou, na quarta-feira, a hipótese de a filha o vir a suceder no próximo ano, acrescentando que a presidência não é tarefa para uma mulher por causa das …

"Uma memória a flutuar no oceano." Encontrada, dois anos depois, uma mensagem numa garrafa

Uma mensagem no interior de uma garrafa sobreviveu a uma viagem de dois anos pelo oceano. Recentemente, chegou às mãos de um ativista ecológico, enquanto limpava uma praia da Papua Nova Guiné. Em novembro do ano …

As células imortais de Henrietta Lacks revolucionaram a Ciência

O ano de 1951 foi muito importante no campo da biotecnologia e, surpreendentemente, tudo começou com a chegada de Henrietta Lacks a um hospital norte-americano. Descendente de escravos, Loretta Pleasant nasceu a 1 de agosto de …

Humanidade não será capaz de controlar máquinas superinteligentes, avisam cientistas

Uma equipa de investigadores do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano sugere que seria impossível controlar máquinas superinteligentes. A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) continua a evoluir de vento em popa, enquanto alguns cientistas e …

Em 1950, a vacinação em massa salvou a Escócia

Em 1950, Glasgow, na Escócia, viu-se a braços com um surto de varíola e o cenário era muito semelhante ao que vivemos hoje: as autoridades sanitárias tentavam rastrear todos os contactos de pessoas portadoras do vírus, …

Japonês aluga-se a si próprio "para não fazer nada". E tem milhares de clientes

Um homem japonês que ganha a vida a alugar-se a si próprio “para não fazer nada” atraiu milhares de clientes. O negócio começou em 2018. Por 10.000 ienes (cerca de 79 euros) - mais despesas com …

Documentos de vacinas roubados por hackers também foram "manipulados"

A Agência Europeia do Medicamento, entidade reguladora da União Europeia (UE), informou este sábado que os documentos da vacina contra a covid-19 roubados e colocados na Internet por hackers foram também "manipulados". A manipulação aconteceu depois …