Novo Banco quer extinguir 1.000 postos de trabalho

Novo Banco

Eduardo Stock da Cunha, Presidente do Conselho de Administração do Novo Banco

Eduardo Stock da Cunha, Presidente do Conselho de Administração do Novo Banco

Comissão de trabalhadores diz que a administração do Novo Banco pretende cortar mil postos de trabalho, entre os quais 500 serão afastados através de um despedimento coletivo.

A administração do Novo Banco esteve reunida esta quinta-feira com a comissão de trabalhadores, da qual saiu a intenção de cortar mil postos de trabalho, 500 dos quais em despedimento coletivo, revela o Jornal de Negócios.

“No seguimento do plano de reestruturação imposto pela União Europeia e que já se encontra em curso, o banco terá que reduzir em 2016, cerca de 1000 postos de trabalho, sendo suposto que 500 sejam através do recurso a um despedimento colectivo“, diz a comissão de trabalhadores em comunicado.

Ainda não é certo quais vão ser os critérios utilizados por Eduardo Stock da Cunha para a extinção destes postos de trabalho, nem quais “as estruturas que poderão vir a encerrar”.

Por sua vez, a comissão de trabalhadores, liderada por Carlos Gonçalves, tem uma posição muito clara sobre esta decisão.

“Informámos que não aceitamos nem pactuamos, de forma alguma, com despedimentos coletivos no nosso banco”, adianta o documento.

“Os trabalhadores do Novo Banco são profissionais sérios e honestos, não tendo quaisquer responsabilidades sobre o que se passou com o BES, em Agosto de 2014”, pode ainda ler-se.

“Solicitamos a todos os trabalhadores que não assinem qualquer documento, sem previamente consultarem a comissão nacional de trabalhadores ou o seu sindicato”, refere.

Esta decisão surge depois de terem sido revelados os resultados do “banco bom” em 2015, ou seja, um prejuízo de 980,6 milhões de euros.

A comissão de trabalhadores vai pedir audiências com o primeiro-ministro António Costa, os ministros das Finanças e do Trabalho, com os grupos parlamentares e ainda com o governador do Banco de Portugal.

A ideia é “manifestar o absoluto repúdio com esta tentativa de despedimento coletivo”, pode ler-se no documento da comissão, que já veio expressar que a nacionalização do banco é o caminho a seguir.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A União Europeia (supostamente…) exige o despedimento, mas… exige que o emprego aumente! Em que ficamos?

    Quanto aos postos de trabalho… É assim que se consegue excelentes resultados. O lucro começa logo a aparecer… Porque será?

  2. Pelos vistos já estão a fugir à estratégia do governo que tanto condenou na oposição o desemprego e a saída de milhares de portugueses do país esquecendo-se das causas da desgraça, agora pelos vistos em breve devem estar por aí todos de regresso mas com notícias destas duvido imenso que as promessas se tornem realidade.

RESPONDER

Autarca de Cascais associa festa privada de luxo a “número muito expressivo” de casos

O presidente da Câmara Municipal de Cascais associou este sábado uma festa privada, organizada num clube de luxo na Avenida de Liberdade, a "um número muito expressivo de casos" registado no concelho. "A festa de aniversário …

João Almeida acaba em 4.º e faz história no Giro. É o melhor português de sempre na prova

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) subiu este domingo ao quarto lugar final da 103.ª edição da Volta a Itália em bicicleta, no contrarrelógio da 21.ª etapa, que 'coroou' o britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS). O português …

Santo Stefano paga 8.000 euros por ano a quem quiser viver na vila medieval italiana

Santo Stefano di Sessanio, uma vila medieval em Abruzzo, uma região no lado leste do centro-sul da Itália, está disposta a pagar a quem quiser mudar-se e começar um negócio nesta pequena localidade. Uma pequena vila medieval …

Portugal com mais 19 mortos e 2.577 casos confirmados

Portugal contabiliza este domingo mais 19 mortos relacionados com a covid-19 e 2.577 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim este …

Espanha decreta novo estado de emergência. Durará seis meses e terá recolher obrigatório

O Governo de Espanha aprovou este domingo o estado de emergência sanitária que permitirá a instauração do recolher obrigatório em todo o país para travar a de casos do novo coronavírus, anunciou o primeiro-ministro. O estado …

CDS quer saber se proibição de deslocações entre concelhos exclui assistir a espetáculos

O grupo parlamentar do CDS-PP questionou este sábado o Governo se a proibição de deslocações durante o fim de semana dos Fiéis Defuntos exclui deslocações para assistir a espetáculos culturais, querendo saber como justifica a …

Pandemia "roubou" dez anos à almofada financeira das reformas

O jornal Público escreve este domingo que dez meses de pandemia foram o suficiente para encurtar em uma década o prazo previsto até ao esgotamento do fundo que serve de almofada financeira para o sistema …

Chicago tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos (pelo 6.º ano consecutivo)

Chicago, a cidade mais populosa do estado do Illinois, é, pelo sexto ano consecutivo, aquela que tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos. Uma empresa de controlo de pragas garante receber mais chamadas …

Presidente da Samsung morre aos 78 anos

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee, morreu este domingo aos 78 anos, disse o grupo sul-coreano em comunicado. Lee, que transformou o grupo num gigante global das telecomunicações, estava acamado desde um ataque cardíaco em …

Chuva de críticas à F1 em Portimão. Organização promete expulsar quem não cumprir distanciamento

Fotografias das bancadas da Fórmula 1 em Portimão começaram a correr este sábado nas redes sociais, gerando alguma polémica e descansando uma série de críticas, uma vez que as bancadas pareciam ter mais público do …