Novo Banco impede acesso ao trabalho a funcionários que não aceitam rescindir

Novo Banco

O Novo Banco estará a impedir o acesso dos funcionários que não aceitaram assinar a rescisão por mútuo acordo ao seu local de trabalho. A denúncia é feita pelo Sindicato dos Bancários do Norte e há especialistas jurídicos que falam numa violação da lei e até em assédio moral.

O Público dá conta do caso, notando que entre 100 a 150 trabalhadores do Novo Banco, que não aceitaram a proposta de rescisão voluntária que lhes foi apresentada pela entidade bancária, foram esta segunda-feira impedidos de exercerem o seu trabalho.

“Os cartões de abertura de portas deixaram de funcionar, assim como o acesso ao sistema informático, o que pode configurar uma violação da lei”, refere o diário.

O Novo Banco terá enviado a estes funcionários, no final da semana passada, uma carta, a que o Público teve acesso, onde salienta que não é “necessário e/ou conveniente” que continuem a trabalhar, dispensando-os de comparecerem no local de trabalho até 30 de Maio próximo, sem que isto signifique a perda de salários.

O Sindicato dos Bancários do Norte (SBN) considera, no mesmo jornal, que é “totalmente ilegal a suspensão de funções” e apela à administração do Banco que recue na medida, ameaçando recorrer à Autoridade para as Condições do Trabalho.

Um advogado especialista em Leis laborais, Fausto Leite, diz ao Público que o caso pode representar uma violação da Lei, nomeadamente do artigo 129.º do Código do Trabalho, frisando que “a empresa pode dispensar o trabalhador de cumprir o dever de assiduidade, mas não pode impedi-lo de se apresentar ao trabalho”.

Fausto Leite admite também que pode tratar-se de um caso de assédio moral, com o intuito de pressionar os trabalhadores a aceitarem a rescisão. O assédio moral define-se como o comportamento indesejado em contexto laboral “com o objetivo ou o efeito de perturbar ou constranger a pessoa, afetar a sua dignidade, ou de lhe criar um ambiente intimidativo, hostil, degradante, humilhante ou desestabilizador”.

O especialista recomenda aos funcionários que se apresentem ao serviço com testemunhas e comuniquem por escrito ao empregador que não aceitam a dispensa”.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Depois de tudo que aconteceu com o BES e da “pipa” de massa que isso está a custar a todos nós ainda acontecem vergonhas destas, perseguições a pessoas que apenas querem continuar a ser úteis e produtivas e não serem pura e simplesmente descartadas como trapos velhos. Uma boa imagem do sistema neo-liberal em que vivemos, que tudo devora na ânsia cega do lucro.

RESPONDER

Hubble capta a imagem mais nítida do primeiro cometa interestelar confirmado

O Hubble conseguiu captar uma fotografia de 2I/Borisov, o primeiro cometa interestelar até agora detetado, avançou a NASA, que opera o telescópio espacial. De acordo com a nota divulgada pela agência espacial norte-americana, a fotografia …

Alverca 2-0 Sporting | Leões desinspirados afastados da Taça pelo Alverca

O Alverca surpreendeu hoje o Sporting com uma vitória por 2-0, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, tornando-se no primeiro grande «tomba-gigantes» da competição ao afastar o atual detentor do troféu. Alex Apolinário, aos 10 …

A Barbie também arrenda casa no Airbnb

A boneca mais famosa do mundo celebra 60 anos. Agora, a empresa que produz a Barbie, a Matel, tornou a boneca uma anfitriã no Airbnb e vai arrendar uma mansão à beira-mar em Malibu, na …

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …

Empresa está a vender vinho (com flocos de ouro) para celebrar o Brexit

Quando o Reino Unido abandonar a União Europeia, uma saída programada para 31 de outubro, é provável que as pessoas celebrem com um vinho especial com flocos de ouro. Para aqueles que querem celebrar a saída …

Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora. Um estudo publicado esta quinta-feira …

Testes "bárbaros" em macacos levam ativistas a pedir encerramento de laboratório alemão

Durante meses, um ativista pelos direitos dos animais trabalhou no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT, na sigla inglesa), em Hamburgo, na Alemanha, onde testemunhou situações de violência contra os animais utilizados em testes e …

Próxima cimeira do G7 vai ser num resort de Donald Trump

A próxima cimeira do G7 será realizada num dos clubes de golfe do Presidente norte-americano, Donald Trump, na Florida, e o clima não constará da agenda de trabalhos, disse esta quinta-feira o chefe de gabinete …