Novo Banco impede acesso ao trabalho a funcionários que não aceitam rescindir

Novo Banco

O Novo Banco estará a impedir o acesso dos funcionários que não aceitaram assinar a rescisão por mútuo acordo ao seu local de trabalho. A denúncia é feita pelo Sindicato dos Bancários do Norte e há especialistas jurídicos que falam numa violação da lei e até em assédio moral.

O Público dá conta do caso, notando que entre 100 a 150 trabalhadores do Novo Banco, que não aceitaram a proposta de rescisão voluntária que lhes foi apresentada pela entidade bancária, foram esta segunda-feira impedidos de exercerem o seu trabalho.

“Os cartões de abertura de portas deixaram de funcionar, assim como o acesso ao sistema informático, o que pode configurar uma violação da lei”, refere o diário.

O Novo Banco terá enviado a estes funcionários, no final da semana passada, uma carta, a que o Público teve acesso, onde salienta que não é “necessário e/ou conveniente” que continuem a trabalhar, dispensando-os de comparecerem no local de trabalho até 30 de Maio próximo, sem que isto signifique a perda de salários.

O Sindicato dos Bancários do Norte (SBN) considera, no mesmo jornal, que é “totalmente ilegal a suspensão de funções” e apela à administração do Banco que recue na medida, ameaçando recorrer à Autoridade para as Condições do Trabalho.

Um advogado especialista em Leis laborais, Fausto Leite, diz ao Público que o caso pode representar uma violação da Lei, nomeadamente do artigo 129.º do Código do Trabalho, frisando que “a empresa pode dispensar o trabalhador de cumprir o dever de assiduidade, mas não pode impedi-lo de se apresentar ao trabalho”.

Fausto Leite admite também que pode tratar-se de um caso de assédio moral, com o intuito de pressionar os trabalhadores a aceitarem a rescisão. O assédio moral define-se como o comportamento indesejado em contexto laboral “com o objetivo ou o efeito de perturbar ou constranger a pessoa, afetar a sua dignidade, ou de lhe criar um ambiente intimidativo, hostil, degradante, humilhante ou desestabilizador”.

O especialista recomenda aos funcionários que se apresentem ao serviço com testemunhas e comuniquem por escrito ao empregador que não aceitam a dispensa”.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Depois de tudo que aconteceu com o BES e da “pipa” de massa que isso está a custar a todos nós ainda acontecem vergonhas destas, perseguições a pessoas que apenas querem continuar a ser úteis e produtivas e não serem pura e simplesmente descartadas como trapos velhos. Uma boa imagem do sistema neo-liberal em que vivemos, que tudo devora na ânsia cega do lucro.

RESPONDER

Mário Centeno pode vir a suceder a Christine Lagarde no FMI

Um dia depois de Christine Lagarde ter apresentado oficialmente a carta de demissão do cargo de diretora administrativa do Fundo Monetário Internacional (FMI), os ministros das finanças da Alemanha, Itália e França estão a discutir …

Votação inédita com um deslize da AR TV. Direita e Esquerda alinhadas no caso CGD

O relatório final da comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos (CGD) foi aprovado por unanimidade. É a primeira vez que todos os partidos se juntam, no mesmo lado da barricada, num inquérito …

Rui Rio afasta Hugo Soares das listas para as legislativas

O presidente do PSD, Rui Rio, afastou o antigo líder parlamentar do partido Hugo Soares das listas para as legislativas de outubro, escreve o i esta quinta-feira. De acordo com o diário, Hugo Soares não deverá …

Segurança de Notre Dame demorou 30 minutos a chamar bombeiros

O primeiro alerta de "fogo" terá surgido no painel de controlo do monumento às 18h18 locais, no dia 15 de abril, mas só 25 minutos depois foram verificar se algo se passava na cobertura da …

EUA revelam preocupação com desenvolvimento de armas nucleares russas

Os EUA demonstraram esta quarta-feira preocupação com o desenvolvimento de armas nucleares não estratégicas por parte da Rússia, numa reunião com uma delegação russa, na Suíça, para tentar “reduzir mal-entendidos”. A reunião em Genebra, que juntou …

Bastonário dos Médicos diz desconhecer acordo sobre Lei de Bases da Saúde

O bastonário da Ordem dos Médicos disse hoje desconhecer o acordo parlamentar sobre a Lei de Bases da Saúde e considerou "no mínimo estranho” que os portugueses não tenham acesso a um documento tão importante …

OMS decreta estado de emergência global devido ao Ébola na República Democrática do Congo

A epidemia de Ébola que se faz sentir na República Democrática do Congo foi considerada esta quarta-feira uma emergência global de saúde pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros …

Os Vikings podem ter fumado canábis enquanto exploravam a América do Norte

A descoberta do pólen de canábis perto de um assentamento Viking na Terra Nova levanta a questão sobre se os vikings fumavam ou comiam canábis enquanto exploravam a América do Norte. Os investigadores também encontraram evidências …

Marcelo confessa que vai ter “verdadeiramente saudades” da atual composição do Parlamento

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, confessou esta quarta-feira que vai ter "verdadeiramente saudades" da atual composição da Assembleia da República, salientando a centralidade inédita do parlamento na atual legislatura. Por ocasião do final …

Bebé Matilde vai ter alta do hospital esta quinta-feira

A bebé Matilde, que nasceu com atrofia espinhal muscular tipo I e tem estado internada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, vai ter alta esta quinta-feira. Os pais dizem ainda que não têm novidades …