Nova Zelândia recebeu informações de torturados pela CIA durante guerra no Afeganistão

As agências de espionagem receberam “muitos relatórios de inteligência obtidos dos detidos, que mais tarde se soube que tinham sido submetidos a tortura”.

As agências de espionagem da Nova Zelândia receberam informações de suspeitos detidos e torturados pela norte-americana CIA durante a guerra no Afeganistão e até forneceram perguntas para interrogatórios, revelou um relatório oficial daquele país.

A chefe interina do Inspetor-Geral de Segurança e Inteligência, Madeleine Laracy, esclareceu, no entanto, que essas agências “não foram cúmplices ou estiveram envolvidas na tortura ou no tratamento desumano dos detidos”, segundo investigações realizadas entre 2001 e 2009.

O órgão de auditoria analisou se o Serviço de Inteligência e Segurança da Nova Zelândia (NZSIS, na sigla em inglês) e a Agência do Governo para Segurança das Comunicações (GCSB) tinham sido cúmplices das atividades ilegais da Agência Nacional de Inteligência (CIA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos no Afeganistão.

Segundo o relatório, as duas agências, mas principalmente o NZSIS, receberam “muitos relatórios de inteligência obtidos dos [interrogatórios a] detidos, que mais tarde se soube que tinham sido submetidos a tortura”. E, “em uma ocasião, o NZSIS elaborou perguntas para a CIA interrogar um detido”, concluiu-se.

“Embora o NZSIS não soubesse que os interrogatórios envolviam tortura, sabia-se que a pessoa era mantida pela CIA num local desconhecido”, acrescenta-se no relatório, no qual se sublinhou ainda que essas atividades são consideradas “ilegais na Nova Zelândia e pelo direito internacional, e incluíram tortura “.

As investigações começaram um ano após os Estados Unidos publicarem um relatório em 2014 sobre as atividades da CIA durante a guerra no Afeganistão.

O documento analisou o uso dos controversos processos de interrogatório, que incluíam tortura a suspeitos e membros do movimento extremista islâmico Al-Qaeda, mantidos em instalações secretas na Europa e Ásia nos oito anos seguintes aos ataques de 11 de setembro de 2001 em Nova Iorque.

Lusa ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A montanha pariu um rato? (Ou nem tanto) Sócrates ainda arrisca 12 anos de prisão

José Sócrates livrou-se dos crimes de corrupção na Operação Marquês, mas o juiz Ivo Rosa acusou declaradamente o ex-primeiro-ministro de se ter "vendido" ao amigo Carlos Santos Silva. Só que o crime já prescreveu e, …

China multa Alibaba em 2,33 mil milhões de euros por violações antimonopólio

As autoridades chinesas multaram o gigante' de comércio online Alibaba em 18,2 mil milhões de yuan (equivalente a 2,33 mil milhões de euros) por abuso de posição dominante, noticiou este sábado a imprensa estatal na …

PSD disse "não" ao Chega no continente, mas não nos Açores. Rio teme "impacto nacional"

O PSD rejeitou acordos autárquicos com o Chega no continente e a possibilidade de coligações no arquipélago dos Açores entram em choque frontal com política autárquica da direção do partido de Rui Rio. Na quarta-feira, quando …

Dezenas de pessoas estiveram presentes no último adeus do "sempre fundamental" Jorge Coelho

Várias dezenas de pessoas compareceram este sábado de manhã na Basílica da Estrela para a missa de corpo presente do antigo dirigente e ministro socialista Jorge Coelho, "um elemento sempre fundamental nos momentos mais difíceis …

Desconfinamento já se faz sentir nos internamentos. R(t) já está acima de 1

O número de casos está a aumentar e este efeito já se começa a sentir nos internamentos. Esta foi a segunda semana consecutiva com aumento de casos, com uma média de 495 novos casos diários. De …

Plano contra o racismo. Bloco de Esquerda é o único partido a favor de quotas no ensino superior

O Governo colocou em consulta pública o Plano de Combate ao Racismo e Discriminação, que prevê que alunos socialmente desfavorecidos poderão aceder ao Ensino Superior através de contingente especial. O Bloco de Esquerda é o …

Novo Banco vendeu carteiras ao melhor preço (e só depois avaliou conflitos de interesses)

A venda das três carteiras de crédito do Novo Banco em 2019 foi feita pelo preço mais alto e em conformidade com o Acordo de Capitalização Contingente (CCA), segundo a auditoria da Deloitte às operações. “Nos …

UE investiga possível ligação entre tromboses e vacina da Johnson&Johnson nos EUA

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) anunciou esta sexta-feira ter iniciado uma investigação sobre casos de coágulos sanguíneos após toma da vacina da Johnson & Johnson/Janssen contra a covid-19, antes de o fármaco estar disponível …

Cabras

"É um terror. Nunca vi disto". Relâmpago matou 68 cabras no Alto Minho

Um relâmpago matou 68 cabras na freguesia de Gondoriz, em Arcos de Valdevez, distrito de Viana do Castelo. O pastor que perdeu os animais, Dário Silva, diz que, em "40 anos de serra", nunca viu …

Placa de pedra da Idade do Bronze poderá ser o mapa mais antigo da Europa

Uma placa de pedra da Idade do Bronze, redescoberta em 2014 em França, poderá ser o mapa tridimensional mais antigo já conhecido da Europa. De acordo com a BBC, a laje de pedra, conhecida como placa …