Nova teoria sobre o Triângulo das Bermudas “desfaz” mistério e avança explicação básica

(dr) colourlush / Deviant Art

O Triângulo das Bermudas: Miami (na Florida), Porto Rico e as Bermudas

Há teorias para todos os gostos, desde fenómenos meteorológicos a raptos extraterrestres, mas o que é certo é que o Triângulo das Bermudas continua a ser um mistério. Agora, um cientista avança com uma nova explicação – que pode desvendar o mistério.

A tese é do cientista australiano Karl Kruszelnicki, que acredita que o desaparecimento misterioso de aviões e navios na extensão de mar no Oceano Atlântico Norte, situada entre a Flórida, as Bermudas e Porto Rico, se deve simplesmente a erros dos operadores daqueles meios de transporte.

“O número de aviões que desaparecem no Triângulo das Bermudas, numa base de percentagem, é o mesmo que em qualquer outro lado do mundo“, explica Karl Kruszelnicki ao news.com.au.

O cientista lembra também que o Triângulo das Bermudas se situa “próximo do equador, perto de uma zona rica do mundo, a América”, o que implica que haja “muito tráfego” – o que aumenta a probabilidade de ocorrência de acidentes.

Pelo menos 20 aviões e 50 navios desapareceram na região, nos últimos 100 anos, vitimando mais de 1000 pessoas. “Em média, cinco aviões continuam a desaparecer na região todos os anos”, constata ainda a publicação.

A má reputação da região terá tido início em outubro de 1492, quando Cristóvão Colombo notou que a sua bússola não estava a funcionar corretamente. O primeiro documento sobre os desaparecimentos no local foi divulgado em 1950, por E.V.W.Jones, jornalista da Associated Press, que deu a esta área o nome de “Triângulo do Diabo”.

Um dos casos mais famosos é o voo 19, uma das ocorrências mais documentadas na história do Triângulo das Bermudas, a 5 de dezembro de 1945, quando uma esquadrilha de 5 caças Grumman TBM Avenger da Força Aérea dos EUA desapareceu sem rasto, 90 minutos após ter deixado a Base de Fort Lauderdale, na Florida, numa missão de treino.

Após o desaparecimento, dois hidroaviões PBM Mariner foram enviados ao local do último contacto com as tripulações da esquadrilha desaparecida, mas também desapareceram.

Ao longo dos anos, foram avançadas várias teorias para explicar o mistério. A mais recente teoria foi avançada em 2016 por um grupo de meteorologistas segundo os quais a culpa dos desaparecimentos será da presença de “nuvens hexagonais” que podem originar ventos muito fortes ou “bombas de ar” capazes de destruírem ou afundar navios e aviões.

No passado, entre outras teorias, atribuiu-se o mistério a bolhas de gás metano do fundo do oceano, campos magnéticos, ou a explicações mais metafísicas, como dimensões alternativas, universos paralelos ou a teoria mais popular, raptos por extraterrestres.

Mas até agora,  ninguém conseguiu resolver o mistério do “Triângulo das Bermudas”.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Pelo menos 20 aviões e 50 navios desapareceram na região, nos últimos 100 anos, vitimando mais de 1000 pessoas. “Em média, cinco aviões continuam a desaparecer na região todos os anos”, constata ainda a publicação.
    Se continuam a desaparecer 5 aviões por ano, só em 4 anos desaparecem 20 aviões.
    Como é que só desapareceram 20 aviões em 100 anos?
    Algum matemático me desvenda este mistério?
    Obrigado

    • É o que dá escreverem artigos sem sequer se darem ao trabalho de os ler, para ver se faz sentido. Ou então é um tipo de matemática proveniente de algum universo paralelo, apenas conhecido pelos eruditos do ZAP.

RESPONDER

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …

Rio Nilo tem 30 milhões de anos. É seis vezes mais antigo do que se pensava

Um grupo de cientistas estudou diferentes sedimentos do rio, incluindo as rochas vulcânicas da região planáltica da Etiópia, e fez simulações computacionais para traçar a vida do rio até ao passado mais longínquo, contabilizou agora …

Von der Leyen volta a escrever a Boris. Londres deve indicar candidato a comissário o quanto antes

O Reino Unido ainda não designou um candidato a comissário europeu, pelo que a presidente eleita da Comissão Europeia voltou a escrever ao primeiro-ministro britânico, instando-o a indicar um nome até ao final da semana. Até …