Investigadores espanhóis descobrem nova estirpe do vírus num caso de reinfeção

Alejandro Garcia / EPA

Uma equipa de investigadores do serviço de Microbiologia e Doenças Infeciosas do Hospital Gregorio Marañón de Madrid descobriu que a reinfeção pelo novo coronavírus numa mulher teve origem numa estirpe diferente do SARS-CoV-2.

O estudo baseia-se no caso de uma mulher que ficou infetada com covid-19 em abril, sendo que, quatro meses depois, voltou a surgir a reinfeção. A segunda infeção foi considerada mais grave do que a primeira, e a doente teve mesmo de ser hospitalizada.

Ainda que já tenham sido descobertos outros casos de reinfeção, é a primeira vez que há um registo fiável de que “duas infeções independentes ocorreram na mesma pessoa”, afirma Darío García de Viedma, investigador no serviço de Microbiologia no hospital de Madrid.

A equipa conseguiu, através do ambiente epidemiológico da paciente, determinar que a origem da segunda infeção foi diferente da primeira e que um doente reinfetado também é capaz de transmitir o vírus.

Até agora, ainda não existiam provas se a reinfeção pela covid-19 podia ou não transmitir o vírus a outras pessoas, sublinham os investigadores, citados pelo jornal “El Mundo”.

Durante a pesquisa, foi reconstruída uma sequência do genoma do vírus e realizadas investigações epidemiológicas aprofundadas que permitiram ordenar toda a cadeia de transmissão.

Segundo Darío García de Viedma, para demonstrar que se está perante um caso de reinfeção não basta identificar um paciente que esteve duas vezes infetado em diferentes períodos de tempo, “é necessário demonstrar microbiologicamente que a estirpe SARS-CoV-2 que causou a reinfeção é diferente da que causou o primeiro episódio de doença, porque podem ocorrer casos de reativação do vírus“, explica o médico.

“Foi proposta uma forma alternativa de documentar a reinfeção, determinando as estirpes que circulavam na população no momento de cada episódio e demonstrando que a estirpe que causou a reinfeção não estava a circular em Madrid no momento do primeiro episódio”, afirma Viedma.

A pesquisa só foi concretizada porque o serviço de Microbiologia e Doenças Infecciosas tem cerca de 1000 amostras de SARS-CoV-2 já sequenciadas e que representam a evolução da pandemia. O especialista espanhol assegura que estas amostras são “uma fonte de informação fundamental tanto para o estudo epidemiológico da pandemia como para determinar possíveis reinfeções, como este caso”.

De acordo com o Consórcio Nacional Multicêntrico Covid-Espanha, que se foca no estudo do genoma do vírus, “50% dos casos atualmente em circulação na Europa correspondem à variante 20A.EU1“, revela o “El Mundo”. Até agora, são conhecidos 27 casos de reinfeção pelo novo coronavírus em todo o mundo.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Familiares das vítimas do voo MH-17 na Ucrânia vão pedir indemnizações

Uma das advogadas das vítimas do voo MH-17 da Malaysia Airlines anunciou que 290 familiares apresentaram pedido de indemnização contra os quatro suspeitos do acidente. Uma advogada das vítimas do derrube do voo da Malasya Airlines …

1.º de Maio. CGTP duplica lotação, UGT festeja online com ex-ministros socialistas

As centrais sindicais voltam a estar divididas quanto às comemorações do 1.º de Maio. A CGTP vai organizar dois desfiles e duplicar a concentração na Alameda Dom Afonso Henriques; a UGT cancelou qualquer iniciativa presencial …

"Vice" da bancada do PS contestado por pedir autocrítica do partido sobre Sócrates

Pedro Delgado Alves defendeu que o PS deveria refletir sobre a ação de José Sócrates. O deputado foi contestado por outros dirigentes do grupo parlamentar, nomeadamente Ana Catarina Mendes, que reagiu de forma dura à …

Japão responde à China e garante que derrame de Fukushima será seguro

O vice-primeiro-ministro japonês, Taro Aso, reafirmou esta sexta-feira, em resposta às críticas da China, que a descarga da central nuclear de Fukushima aprovada pelas autoridades japonesas estará dentro dos limites de segurança da água potável. "Estou …

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

João Leão afasta criação de imposto de solidariedade para pagar crise pandémica

O ministro das Finanças, João Leão, argumenta que a criação de um imposto de solidariedade para pagar a crise pandémica não ajudaria nem seria benéfica. Em entrevista ao semanário Expresso, o ministro das Finanças, João Leão, …

Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal. Novos documentos põem fim aos mitos

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por se lavar pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a …

De Cristas aos encontros com Salgado. PS já tem 14 perguntas sobre o Novo Banco para Passos

Depois de Carlos Moedas e Cavaco Silva, o PS já tem perguntas que quer fazer ao ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho no âmbito da comissão de inquérito ao Novo Banco.  De acordo com o semanário Expresso, o …

Um quarto da população portuguesa tem imunidade à covid-19

O Painel Serológico Longitudinal Covid-19 estima em 27% a taxa de imunidade à covid-19 para a população em Portugal. Até março, 13% da população teria sido infetada Um estudo hoje divulgado estima que 13% da população …

Desconfinamento recua em alguns concelhos e será suspenso noutros. Mas avança no resto do país

O primeiro-ministro, António Costa, fez uma declaração ao país no final da reunião do Conselho de Ministros que aprovou, esta quinta-feira, as medidas para a terceira fase de desconfinamento da pandemia de covid-19. Apesar do Rt …