No Reino Unido, os comerciantes invocam a Magna Carta para recusar confinamento

Para se manterem de portas abertas, os comerciantes estão a invocar a Magna Carta, um documento histórico assinado em 1215 pelo rei João da Inglaterra.

No Reino Unido, algumas empresas têm invocado a histórica garantia de liberdades, com mais de 800 anos, para se recusarem a aceitar as restrições impostas pelo Governo de Boris Johnson no período entre 5 de novembro e 2 de dezembro.

A Magna Carta serviu de base legal ao fundamento de vários regimes democráticos constitucionalistas. Segundo o Diário de Notícias, uma cabeleireira de Bradford, no norte da Inglaterra, invocou o dcoumento e tornou a sua causa célebre nas redes sociais, depois de acumular multas de mais de 17 mil libras, cerca de 19 mil euros.

“Não aceito nenhuma multa”, disse Sinead Quinn a um agente policial, num vídeo publicado recentemente. “Não estou a infringir nenhuma lei. Opero o meu negócio de acordo com a lei comum.” Apesar do confinamento, a cabeleireira mantém o salão aberto e vê as multas acumularem.

Numa publicação no Instagram, Quinn citou o “artigo 61” da Magna Carta para reforçar a sua crença de que “temos o direito legal de resistência se sentirmos que estamos a ser governados injustamente”.

O Conselho de Kirklees, a autoridade de governo local, disse que as ações da empresária são “egoístas e irresponsáveis”. Se Quinn não pagar as multas, um porta-voz do órgão de governo local disse à AFP que ela enfrentará “eventualmente uma acusação judicial“.

À semelhança de Quinn, vários comerciantes britânicos têm usado a Magna Carta como um argumento para permanecerem de portas abertas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Golo polémico de Bernardo Silva: "As pessoas deveriam conhecer as leis do futebol"

Rodri estava em posição irregular quando o seu companheiro de equipa colocou a bola na frente. Mas como houve interferência de um defesa na jogada... A explicação e o "recado" de Robbie Savage. O Manchester City …

Um megassatélite em órbita de Ceres daria "um ótimo lar" para seres humanos

Enquanto Elon Musk, CEO da SpaceX, olha para Marte, o físico e astrobiólogo Pekka Janhunen, do Instituto Meteorológico da Finlândia, está de olho no planeta anão Ceres. Seres humanos a viver noutros planetas do Sistema …

O vento solar é estranhamente atraído para o Pólo Norte (e não se sabe porquê)

Durante anos, os cientistas pensaram que o vento solar era igualmente atraído para os Polos Norte e Sul da Terra. No entanto, estudos recentes mostram que estas partículas parecem preferir o Norte - e não …

22 mil pessoas vão assistir (no estádio) ao Super Bowl

Um terço das pessoas presentes será composto por profissionais de saúde. Quatro equipas ainda na luta pelo título do campeonato principal de futebol americano. O dia 7 de fevereiro vai contar com uma "visão rara" nos …

Investigadores "voltam atrás no tempo" para calcular idade e local de explosão de supernova

Os astrónomos estão a "voltar atrás no tempo" num remanescente de supernova. Usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA, refizeram o percurso dos estilhaços velozes da explosão a fim de calcular uma estimativa mais precisa …

Cientista dos EUA acredita que o monstro do Lago Ness pode ser uma antiga tartaruga marinha

Um importante cientista dos Estados Unidos acredita que desvendou o mistério do Monstro de Lago Ness e pensa que a criatura é uma espécie ancestral de tartaruga marinha. Henry Bauer, professor aposentado de Química e Estudos …

Biden quer banir uma palavra das leis de imigração dos Estados Unidos

Se o projeto de lei proposto por Joe Biden, recém-eleito Presidente dos Estados Unidos, for aprovado, a palavra alien ("estrangeiro") vai desaparecer das leis de imigração norte-americanas, sendo substituída pelo termo noncitizen ("não cidadão"). A …

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …