Neymar, de novo: “Aquilo foi uma declaração terrível para o PSG”

Jérôme Rothen avisou: Neymar disse que vai deixar o futebol depois do Mundial e pode ter que enfrentar consequências.

Neymar, Neymar, Neymar. O jogador brasileiro mais falado por estes dias (e em muitos outros períodos). Desta vez por dois motivos: pelas suas palavras sobre o futuro no futebol e pela sua exibição contra a Colômbia.

Horas antes do jogo entre Colômbia e Brasil (0-0), inserido na qualificação para a fase final do Mundial 2022, o avançado disse que esse torneio no Qatar deve ser o último Mundial no qual irá participar.

“Acho que será o meu último Mundial. Encaro este Mundial como o meu último. Não sei se terei condições mentais para continuar a aguentar o futebol”, avisou o jogador.

Mas agora surge outro aviso, de um antigo jogador: Jérôme Rothen. O francês, antigo jogador do Paris Saint-Germain, acha que estas palavras não são positivas precisamente para o PSG.

“Neymar é um jogador fabuloso quando está em forma. O problema é que está numa fase má. E aquela declaração é terrível para o PSG. Falta-lhe ânimo, falta-lhe ilusão”, considera o comentador do canal RMC Sport.

Rothen reconhece o “amor” que Neymar tem pelo Brasil mas alerta: “Quero lembrar que ele tem deveres. Ele diz que a sua última oportunidade será no Qatar daqui a um ano mas, quando és um jogador com esta categoria, a figura de um clube, que renovou contrato e que quer terminar a sua carreira no PSG, não podes dizer isso“.

“Para mim, ele está a abusar. Em breve vai ter que assumir responsabilidades“, criticou o antigo internacional francês.

Contra a Colômbia, os dados do portal Sofascore mostraram que Neymar perdeu a bola…30 vezes.

Mesmo assim, o seleccionador Tite considera que o número 10 esteve “bem” e admitiu que os adeptos esperam que ele faça sempre “excepcionalidades” e que “faça a diferença a toda hora”.

No PSG, neste início de época, até agora Neymar marcou um golo e realizou duas assistências. E a equipa de Messi já apontou 25 golos.

  Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ian Brackenbury Channell, o "feiticeiro de Christchurch"

Duas décadas depois, uma cidade neozelandesa decidiu despedir o seu feiticeiro

Vinte e três anos depois, a autarquia de Christchurch, na Nova Zelândia, decidiu despedir Ian Brackenbury Channell, o famoso feiticeiro da cidade. Desde 1998 que Ian Brackenbury Channell era o "feiticeiro de Christchurch", sendo responsável por …

Um dos microscópios de Darwin vai a leilão. Esteve nas mãos da sua família durante quase 200 anos

Um microscópio que Charles Darwin ofereceu ao filho Leonard - e que esteve nas mãos da sua família ao longo de quase 200 anos - vai ser leiloado em dezembro e poderá valer cerca de …

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …

Mihajlovic: "Vou tentar manter a calma, mas é difícil"

Treinador do Bolonha furioso com os cartões amarelos mostrados para "compensar" uma expulsão. Beto voltou a marcar. Udinese e Bolonha entraram em campo neste domingo como protagonistas de um dos jogos menos mediáticos da oitava jornada …

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo avisa que não pode haver "casos de mau uso e de fraude" com os fundos europeus

O Presidente da República avisou, esta segunda-feira, que a "última coisa" que pode acontecer com os fundos europeus são "casos de maus uso e de fraude", garantindo que os portugueses "não perdoariam" que isso acontecesse. Questionado …