“Neve sangrenta” está a cair do céu na Antártida

Ministry of Education and Science of Ukraine / Facebook

Nas últimas semanas, o gelo em redor da Base de Pesquisa Vernadsky da Ucrânia foi revestida com o que os investigadores chamam de “neve de framboesa”.

Uma publicação no Facebook do Ministério da Educação e Ciência da Ucrânia mostra a cena em detalhes: faixas de vermelho e cor-de-rosa a cortar as bordas dos glaciares a acumular-se nas planícies geladas.

Уже кілька тижнів українська антарктична станція «Академік Вернадський» оточена… малиновим снігом! Звідки він та чому…

Publicado por Міністерство освіти і науки України em Segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Este fenómeno, que Aristóteles notou no século III a.C, também é conhecido como “neve de melancia” ou “neve de sangue”.

A neve é, na verdade, um tipo de alga pigmentada de vermelho chamada Chlamydomonas Chlamydomonas nivalis, que se esconde em campos de neve e montanhas em todo o mundo. As algas prosperam na água gelada e passam os invernos adormecidos na neve e no gelo. Quando o verão chega e a neve derrete, as algas florescem, espalhando esporos vermelhos e parecidos com flores.

A cor vermelha do fenómeno vem dos carotenóides – os pigmentos que tornam as abóboras e as cenouras alaranjadas – nos cloroplastos das algas. Estes pigmentos também absorvem o calor e protegem as algas da luz ultravioleta, permitindo que os organismos se deleitem com os nutrientes do sol do verão sem risco de mutações genéticas.

Apesar de ser bom para as algas, não é bom para o gelo. De acordo com os investigadores ucranianos, estas flores podem facilmente desencadear um ciclo descontrolado de aquecimento e derretimento.

Quanto mais calor as algas absorvem, mais rápido o gelo em redor derrete. Quanto mais gelo derreter, mais rápido as algas se podem espalhar. Isto leva a mais aquecimento, mais derretimento e mais proliferação de algas.

Outros processos semelhantes estão a provocar florações de algas mais extremas nos oceanos em todo o mundo, resultando em cenas como uma invasão de espuma do mar na Espanha e “lágrimas” bioluminescentes e azuis agarradas às costas da China.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Penso que em vez de “NEVE SANGRENTA” entre aspas, O que deveria estar entre aspas era “ESTÁ A CAIR DO CÉU”.

    A neve é, na verdade, um tipo de alga pigmentada de vermelho? NÃO! A neve é neve, está é contaminada por uma alga vermelha!

  2. O que me parece a mim é que tudo isso é poluição atmosférica concentrada na neve e que com ela cai.
    Acontece aqui à minha porta com esta pouca chuva que tem caído “isto é uma aldeia” e verifico que existem possas de água que em seu redor têm uma camada de tipo espuma concentrada e amarelada que eu próprio me interrogo de onde vem, acontece geralmente nesta altura, o ano passado cheguei à conclusão que tal poderia vir da flor dos pinheiros mas este ano como praticamente quase todos foram cortados aqui à volta, fico cada vez mais na duvida se não virá de poluição industrial acumulada nas nuvens.

RESPONDER

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …

Descobertas sete novas aranhas-pavão. E uma parece um quadro de Van Gogh

Foram encontradas sete novas espécies de aranha do género Maratus. E há uma que se destaca por se parecer com "A Noite Estrelada", famoso quadro de Vincent Van Gogh. Nos últimos anos, as aranhas-pavão (do género Maratus) …

Estado de emergência no México suspende produção de cerveja Corona

Nem toda a publicidade é boa publicidade. Que o diga a cerveja mexicana Corona que, em tempos de pandemia, partilha o nome com o vírus de que já ninguém quer ouvir falar. Segundo o jornal The …

Gás natural pode transformar Moçambique no "Qatar de África" (se os jihadistas deixarem)

A descoberta de gás natural em Moçambique é vista como uma grande esperança para o país que, à boleia dos avultados investimentos que está a receber de grandes multinacionais, sonha tornar-se no "Qatar de África". …

Afinal, os 1.000 ventiladores doados por Elon Musk podem não ser completamente inúteis

Elon Musk, CEO da Tesla, doou mil ventiladores do tipo errado a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Agora, afinal, os ventiladores vão poder ser usados em casos de …

Cientistas preveem quatro grandes furacões no Atlântico em 2020

Cientistas da Universidade Estadual do Colorado, nos Estados Unidos, preveem que se formem quatro grandes furacões no Oceano Atlântico em 2020. De acordo com os especialistas, estes quatro furacões serão de categoria 3 a 5 na …

Neymar doa 870 mil euros para luta contra a pandemia no Brasil

O futebolista internacional brasileiro Neymar doou cerca de 870 mil euros para a luta contra a pandemia covid-19 no seu país, revelou esta sexta-feira o canal SBT. Segundo a estação de televisão brasileira, o contributo de …