As brilhantes “lágrimas azuis” dos mares chineses são tóxicas (e estão a crescer)

As luzes azuis que pintam os mares chineses, muitas vezes chamadas de “lágrimas azuis”, podem ser vistas depois de escurecer em muitas praias da China e tornaram-se, recentemente, numa grande atração turística.

Nas noites de verão, as águas ao redor das ilhas Matsu de Taiwan lançam um misterioso brilho azul e quem as vê não fica indiferente. O fenómeno, conhecido como “lágrimas azuis”, é causado por uma floração de pequenas criaturas bioluminescentes chamadas dinoflagelados (Noctiluca scintillans).

A microalga que vive no Mar da China Oriental, e que atrai turistas por causa do seu misterioso brilho azul, é tóxica. De acordo com um estudo recente, está a crescer a um ritmo acelerado. “As pessoas acham que é romântico e bonito de se ver à noite”, disse Chanmin Hu, oceanógrafo da Universidade do Sul da Florida, nos Estados Unidos, e co-autor do estudo, ao Live Science. “Mas é tóxico.”

Hu e a sua equipa usaram dados de satélite para rastrear o tamanho da microalga ao longo do tempo. Depois de terem analisado quase 1.000 imagens de satélite dos últimos 19 anos, os cientistas conseguiram uma assinatura exclusiva das lágrimas azuis – os comprimentos de onda refletidos pela microalga.

É como uma impressão digital“, disse o líder da investigação. Através desta assinatura particular, os cientistas descobriram que a microalga, normalmente vista perto da costa, está a estender o seu alcance para águas mais profundas.

Isto pode ser um problema para as criaturas marinhas, uma vez que o fenómeno pode envenenar a vida marinha e até adoecer os seres humanos. O artigo científico foi recentemente publicado na Geophysical Research Letters.

Na verdade, os dinoflagelados não são tóxicos – pelo menos, até começarem a mastigar. As algas tóxicas são a sua refeição favorita, e à medida que as comem, libertam amónia e outras substâncias químicas que contaminam a água ao seu redor.

Além disso, estas criaturas respiram oxigénio até não restar nada nas águas circundantes. “O oxigénio na água é tão baixo que muitos animais podem morrer”, explicou Hu.

A causa das lágrimas azuis não é certa, mas os cientistas acreditam que a poluição proveniente das atividades agrícolas que acaba no rio Yangtze desempenha um papel importante. O rio despeja fertilizantes no Mar da China Oriental, fornecendo às lágrimas azuis doses maciças de nutrientes de que necessitam para crescer.

Durante a construção da Barragem das Três Gargantas, entre 2000 e 2003, estes dinoflagelados não cresceram, uma vez que, durante estes anos, o fluxo do rio Yangtze diminuiu drasticamente. Em 2003, quando a construção da barragem foi concluída e o rio Yangtze começou a fluir, Hu viu a floração começar a aumentar novamente.

Hu e a equipa não esperam que o crescimento abrande tão cedo, o que significa que as “lágrimas azuis” continuarão a representar uma ameaça à vida marinha – apesar de continuarem a presentear os turistas com um espetáculo azul brilhante.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Boas, gostava só de corrigir a notícia na medida em que continuamente referem-se a estas microalgas como flor, ou planta. A espécie de que falam, as noctilucas são dinoflagelados, organismos marinhos microscópicos bastante simples.
    Estes microorganismos são unicelulares, as plantas ou flores são pluricelulares, muito mais complexas e normalmente não vivem no ambiente marinho.
    Uma simples pesquisa no google esclarecia esta questão.
    Em relação à sua toxicidade, é verdade que podem induzir condições tóxicas no ambiente marinho, especialmente quando em conjunto com outras espécies de microalgas e quando as condições assim o potenciam.
    É realmente um fenómeno muito engraçado e que pode ser observado até na nossa costa Algarvia quando as condições são propícias a aumentos da sua população, normalmente quando as águas começam a aquecer e temos estes aumentos, blooms, de outras microalgas das quais os dinoflagelados se alimentam. Estes blooms de microalgas são também a razão pela qual não se devem comer bivalves nos meses sem R, normalmente os mais quentes e mais convidativos é verdade, e nos quais o aumento da temperatura leva a um crescimento destes microorganimos, dos quais os bivalves se alimentam, e que em grandes concentrações podem ser tóxicos. Podem! Não quer dizer que sempre o sejam!
    Venham na altura do Verão até ao Algarve e poderão até nadar no mar e serem vocês também iluminados, é espectacular!

RESPONDER

Descoberta uma mina de ocre pré-histórica nas cavernas subaquáticas do México

As cavernas subaquáticas ao longo da península de Yucatán, no México, contêm um vasto labirinto de relíquias arqueológicas. A vasta rede de cavernas submersas guardam segredos dos Maias. Porém, uma nova descoberta remonta a episódios …

Da alta velocidade entre Porto Lisboa ao novo aeroporto. Os dez pilares de Costa e Silva para a retoma do país

O diretor diretor executivo da petrolífera Partex, António Costa Silva, convidado pelo Governo para estudar um plano de retoma económica para o período pós-pandemia, já apresentou as suas ideias ao Executivo socialista. Num documento com …

Fim das reuniões no Infarmed. BE quer dados da pandemia entregues ao Parlamento (e publicados na Internet)

Com o fim das reuniões entre peritos e políticos no Infarmed, o Bloco de Esquerda quer que os deputados passem a receber informações e dados científicos sobre a evolução da pandemia no Parlamento. De acordo com a …

Ter um cão pode ajudar as crianças a comportarem-se melhor

Ter um cão durante a infância pode ajudar a melhorar a saúde física e emocional das crianças, de acordo com uma nova investigação levada a cabo pelo Telethon Kids Institute, sediado na Austrália. A mesma …

Marcelo com reeleição garantida. Ana Gomes em segundo com o dobro de André Ventura

Se decidir recandidatar-se à Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa vencerá confortavelmente à primeira volta, revela uma nova sondagem. De acordo com a pesquisa de opinião da Aximage para o Jornal Económico, o atual …

Presidente interina da Bolívia infetada com covid-19

A presidente interina da Bolívia, Jeanine Añez, testou positivo para o novo coronavírus, anunciou esta sexta-feira a própria, referindo que está bem. “Estou positiva para a covid-19, estou bem, trabalharei em isolamento. Juntos, seguiremos em frente”, …

Filho de Humberto Pedrosa na calha para CEO da TAP

O Jornal Económico escreve na sua edição desta sexta-feira que o nome de David Pedrosa, filho de Humberto Pedrosa, poderá vir a ser o substituto temporário de Antonoaldo Neves na liderança da companhia aérea portuguesa. …

Jovem ilha vulcânica "cospe" cinza e lava à medida que cresce estranhamente no Pacífico

Uma ilha de origem vulcânica localizada no Pacífico está a passar um "surto vigoroso" que inclui o lançamento de cinzas e lava à medida que cresce de forma incomum desde meados de junho, avança a …

TC declara inconstitucional lei do direito de preferência dos inquilinos

O Tribunal Constitucional (TC) declarou inconstitucional a lei que garante o exercício do direito de preferência pelos arrendatários na transmissão das habitações, um pedido de fiscalização sucessiva que tinha sido feito pelo CDS-PP e PSD …

Cientistas já sabem o que é o estranho gel encontrado no lado oculto da Lua

Uma equipa de cientistas da China conseguiu determinar a natureza da estranha substância espacial que gerou muito interesse desde que foi descoberta no ano passado pelo rover chinês Yutu-2 no lado oculto da Lua. A "substância …