Neurocirurgia do Hospital de São João deixa os contentores ao fim de 12 anos

O novo serviço de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, está a funcionar desde este sábado.

Ao fim de 12 anos, os serviços de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, deixaram de funcionar em contentores. As obras no oitavo piso da instituição de saúde, que tiveram como objetivo aumentar as condições de conforto, segurança e privacidade dos doentes, duraram 12 anos e tiveram um custo de 2,6 milhões de euros.

Ao longo de mais de uma década, o serviço funcionou em contentores. “A sensação é de missão cumprida”, disse Rui Vaz, diretor de Neurocirurgia do hospital, de acordo com a notícia avançada esta manhã pelo Jornal de Notícias. Isabel Dias, enfermeira-chefe da unidade, acrescentou que “os profissionais que trabalharam naquelas circunstâncias foram super-heróis”

Todos os anos são operadas cerca de 1.500 pessoas à coluna no Serviço de Neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto. A valência foi distinguida como Centro de Excelência na cirurgia da coluna pela EuroSpine – entidade europeia da especialidade. O serviço é agora um dos dez centros europeus com a distinção e o único em Portugal.

No hospital que está no epicentro de uma polémica devido às condições precárias da ala de pediatria, este era outro serviço no qual quem lá trabalhava classificava como “deploráveis as condições em que os doentes são tratados”, devido às infraestruturas.

Este é o cenário que Rui Vaz descreveu ao Público em abril do ano passado e que se andava a repetir há anos: a falta de segurança e de conforto, os riscos de infecção e a consequente desmotivação de uma equipa “altamente diferenciada”.

“As condições de assepsia estão muito longe do que deve ser. Tenho condições de conforto e de segurança que são completamente inaceitáveis. Com os doentes metidos numa ponta de uma enfermaria, se tiver uma emergência, não chego lá”, descreve o diretor de um serviço que tem 44 camas para internamento e no qual em são operadas 1400 pessoas por ano com tumores cerebrais, traumatismos cranioencefálicos, patologias de coluna, rutura de aneurisma ou outras patologias neurológicas, como a doença de Parkinson, por exemplo.

Os médicos não tinham “um espaço para comunicar uma má notícia, não têm onde falar com um familiar”. A falta de uma sala de pensos levava a que a enfermeira-chefe cedesse o seu gabinete para que se façam curativos.

Em 2017, segundo dados do Gabinete do Cidadão do hospital, foram registadas 93 reclamações e sugestões sobre infraestruturas e amenidades.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Irão condena "firmemente" ataque na Síria. EUA quis enviar "mensagem clara"

O Irão, aliado do regime sírio de Bashar al-Assad, condenou "firmemente" os ataques norte-americanos a milícias pró-iranianas na Síria, considerando que podem "intensificar os conflitos" na região. Segundo o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Said …

Vieira segura Jesus apesar da pressão interna

O presidente do SL Benfica, Luís Filipe Vieira, descarta neste momento avançar para a demissão do treinador encarnado, Jorge Jesus, apesar da pressão interna para o fazer, avança este sábado o desportivo Record. Segundo a …

Os antigos egípcios tinham um segredo para fazer pão. Milénios depois, eis a receita

Ninguém sabia como é que os antigos egípcios faziam pão, até uma investigadora ter posto – literalmente – as mãos na massa e descoberto qual era o seu segredo. "A produção de pão no Egito faraónico …

Afinal, Messi pode mesmo ficar em Barcelona

O internacional argentino Lionel Messi, que no verão passado admitiu publicamente que queria deixar o FC Barcelona, poderá continuar no clube. A informação é avançada este sábado pelo jornal espanhol Marca, que dá conta que …

Governo vai começar a executar o PRR pela área da saúde e apoio aos idosos

O Governo quer começar a executar o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) pela área da saúde e combate às vulnerabilidades sociais. Em declarações ao jornal Público, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira …

Testes alargados a todas as escolas e passam a contemplar amostras de saliva

Os testes ao novo coronavírus vão abranger todas as escolas de Portugal continental e contemplar a amostra de saliva para a realização dos rastreios laboratoriais, segundo a atualização da norma da Direção-Geral da Saúde (DGS) …

Poeira de asteróide encontrada na cratera Chicxulub encerra caso da extinção dos dinossauros

Uma equipa de investigadores acredita ter encerrado o caso da extinção dos dinossauros após ter encontrado poeira de asteróide na cratera que Chicxulub terá criado há 66 milhões de anos. Desde os anos 1980 que a …

CDS recebeu com "alegria e entusiasmo" candidatura de Moedas a Lisboa

O presidente do CDS-PP afirmou, esta sexta-feira, que o partido recebeu com "grande alegria e entusiasmo" a candidatura de Carlos Moedas à Câmara de Lisboa, considerando que é "um nome forte" e uma "ótima notícia" …

Nem Pote, nem Porro. As estatísticas mostram que Manafá tem sido o melhor em Portugal

O índice de desempenho de uma ferramenta de scouting usada por grandes clubes europeus aponta Wilson Manafá como o jogador em melhor forma da Liga NOS. Não é tecnicamente dotado, nem um favorito dos adeptos. O …

TAP avança com lay-off de um ano a partir de segunda-feira

A TAP vai avançar com um processo de lay-off clássico, que passará por uma redução dos períodos normais de trabalho ou suspensão de contratos, a partir da próxima segunda-feira e durante 12 meses. De acordo com …