Nave da NASA começou a viagem de regresso à Terra (e vem com a barriga cheia de amostras do asteróide Bennu)

NASA / GSFC

Osiris-Rex

Osiris-Rex, a nave espacial da NASA que tem voado em redor do asteróide Bennu desde 2018, iniciou a sua viagem de regresso à Terra (e vem carregada de amostras espaciais).

A nave espacial da NASA coletou quase meio quilo de destroços do asteróide durante o outono passado e, esta segunda-feira, começou a longa jornada de volta à Terra – que irá demorar dois anos.

A Osiris-Rex chegou a Bennu em 2018 e passou dois anos a voar à sua volta, antes de recolher as amostras da superfície no outono passado.

Dante Lauretta, cientista principal da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, estima que a nave espacial tenha recolhido entre 200 e 400 gramas de pequenos pedaços de amostras – o que excede a meta definida de 60 gramas.

Esta operação de transporte cósmico será a maior realizada pelos Estados Unidos, desde a recolha de rochas lunares na missão Apollo, escreve o jornal britânico The Guardian.

Esta é a primeira vez que a agência espacial americana pretendeu recolher pedaços de um asteróide, mas o Japão já o tinha conseguido fazer em pequenas quantidades.

Os cientistas descreveram a partida da Osiris-Rex das redondezas de Bennu como agridoce.

“Tenho trabalhado para conseguir ter uma amostra de um asteróide desde que a minha filha ainda usava fraldas e, agora, ela já se está a graduar do ensino secundário. Foi uma longa jornada”, disse Jason Dworkin, cientista da NASA.

Lauretta adicionou: “Ficámos habituados a ‘estar no Bennu’ e a ver imagens e dados novos e empolgantes a partir da Terra.”

A Osiris-Rex já estava a quase 300 km do Bennu quando ligou seus motores principais na tarde desta segunda-feira. Os controladores aéreos do Colorado aplaudiram quando chegou a confirmação da partida da nave espacial: “Estamos a trazer as amostras para casa!”

Os cientistas esperam descobrir alguns dos segredos do sistema solar a partir das amostras recolhidas em outubro passado da superfície escura, áspera e rica em carbono de Bennu. O asteróide tem cerca de 490 metros de largura e 4,5 mil milhões de anos.

Acredita-se que Bennu – considerado um pedaço quebrado de um asteróide maior – mantenha os blocos de construção preservados do sistema solar. As peças que estão agora a caminho do nosso planeta podem fornecer mais informação sobre como os planetas se formaram e como a vida surgiu na Terra.

Embora o asteróide esteja a 1.287 quilómetros de distância, Osiris-Rex terá de percorrer 2,3 mil milhões de quilómetros para alcançar a Terra.

A nave espacial dará a volta ao Sol duas vezes antes de pousar no solo desértico do Utah, a 24 de setembro de 2023.

A missão teve um custo de mais de 800 milhões de dólares e terminará sete anos depois do lançamento, em 2016.

As amostras serão armazenadas num novo laboratório em construção no Centro Espacial Johnson da NASA, em Houston, que já abriga centenas de quilos de material lunar recolhido na missão Apollo de 1969 a 1972.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Salgado disposto a pagar à massa falida do GES para ficar isento de cumprir pena

Ricardo Salgado está disposto a pagar à massa falida do GES para ser dispensado de cumprir pena no processo que o irá julgar por três crimes de abuso de confiança, segundo a contestação da defesa …

PJ detém 12 pessoas por suspeitas de corrupção na Câmara de Loures

Entre os detidos pela Polícia Judiciária (PJ) estão dois empreiteiros, um arquiteto, um empresário ligado a uma obra particular e oito fiscais. Através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito de inquérito dirigido …

Casos disparam: 1350 novas infeções e seis óbitos

Nas últimas 24 horas, houve 1.350 novos casos positivos de covid-19 e morreram seis pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou 1.350 novos casos e seis óbitos por covid-19 …

Parlamento vai ouvir Medina e ministro dos Negócios Estrangeiros

Fernando Medina e Augusto Santos Silva vão ser ouvidos no Parlamento sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ministro dos Negócios …

Mudanças na lei laboral podem prejudicar a retoma, avisa Centeno

É crucial para a retoma que haja "estabilidade e previsibilidade na legislação laboral", de forma a estimular o investimento empresarial e o crescimento económico, afirmou esta quarta-feira o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Von der Leyen dá luz verde ao Plano de Recuperação e Resiliência português. E "não é por acaso"

O primeiro-ministro, António Costa, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciaram esta quarta-feira que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) foi aprovado por Bruxelas.  A presidente da Comissão Europeia, Ursula von …

Kim Jong-un reconhece que país enfrenta "situação de tensão alimentar"

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, reconheceu que o país está a enfrentar uma "situação de tensão alimentar", informaram hoje os meios de comunicação oficiais. O país, cuja economia é alvo de múltiplas sanções internacionais impostas em …

Iniciativa Liberal apoia recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto

A Iniciativa Liberal vai apoiar a recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto nas próximas eleições autárquicas, considerando “inquestionável a mudança e o desenvolvimento” da cidade desde que o independente assumiu a presidência do …

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …