Natalie Portman recusa prémio por causa de Netanyahu

A atriz israelo-americana Natalie Portman não vai comparecer na cerimónia do prémio Genesis por não querer ser associada ao primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Em novembro, Natalie Portman foi anunciada como vencedora do prémio Genesis, um prémio instituido pela Fundação Prémio Genesis atribuido a personalidades judaicas que se destacam no mundo.

A atriz iria receber o prémio, juntamente com um prémio monetário no valor de um milhão de euros, em junho deste ano. No entanto, Natalie Portman anunciou este fim-de-semana que não iria à cerimónia. Entretanto, a fundação cancelou o evento.

Portman recusou comparecer na cerimónia daquele que é considerado o “Nobel judaico” por não querer ser associada ao primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu.

Ainda assim, a decisão da atriz israelo-americana foi comunicada pelos seus representantes à organização do evento sem apresentação de motivos. Miri Regev, ministra da cultura, perante a ausência de explicações da atriz, acusou-a de estar ao lado dos países que defendem o boicote e sanções a Israel.

Natalie Portman utilizou a rede social Instagram para responder à ministra, e acabou por admitir que não queria ser associada a Netanyahu. “Tal como muitos israelitas e judeus em todo o mundo, posso ser crítica com a liderança de Israel sem querer boicotar toda a nação”.

My decision not to attend the Genesis Prize ceremony has been mischaracterized by others. Let me speak for myself. I chose not to attend because I did not want to appear as endorsing Benjamin Netanyahu, who was to be giving a speech at the ceremony. By the same token, I am not part of the BDS movement and do not endorse it. Like many Israelis and Jews around the world, I can be critical of the leadership in Israel without wanting to boycott the entire nation. I treasure my Israeli friends and family, Israeli food, books, art, cinema, and dance. Israel was created exactly 70 years ago as a haven for refugees from the Holocaust. But the mistreatment of those suffering from today’s atrocities is simply not in line with my Jewish values. Because I care about Israel, I must stand up against violence, corruption, inequality, and abuse of power. Please do not take any words that do not come directly from me as my own. This experience has inspired me to support a number of charities in Israel. I will be announcing them soon, and I hope others will join me in supporting the great work they are doing.

Uma publicação partilhada por Natalie Portman (@natalieportman) a

Michael Douglas e o ex-presidente da câmara de Nova Iorque, Michael Bloomberg, já receberam o galardão. Este prémio tem um valor financeiro que seria dobrado pelo filantropo israelita Morris Kahn.

Segundo o Diário de Notícias, o prémio é entregue a organizações de solidariedade e a organização do prémio espera que Natalie Portman não recuse o dinheiro, de forma a doá-lo a instituições ligadas aos direitos das mulheres (como era inicialmente a sua intenção).

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana. Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois …

Centenas de pessoas protestam em Barcelona contra a prisão de Puigdemont em Itália

Centenas de pessoas reuniram-se próximo do consulado italiano em Barcelona em protesto contra a prisão de Carles Puigdemont. Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira próximo do consulado italiano em Barcelona, guardado por um forte dispositivo da …

Portugal com mais 9 mortes e 757 casos de covid-19

Portugal registou 757 novos casos e nove mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

EUA comprometem-se a tomar medidas concretas para resolver diferenças com França

Os Estados Unidos continuam a tentar resolver as diferenças com a França na sequência da crise dos submarinos, com o secretário de Estado a admitir que Washington terá de tomar medidas concretas para reconquistar a …

Portugueses suspeitos de violação em Espanha vão ser libertados

Depois de um recurso inicial ter sido rejeitado por perigo de fuga, um tribunal de instância superior aceitou o pedido de libertação dos dois portugueses que estavam em prisão preventiva desde Julho. Vão ser libertados esta …

Administração da insolvência defende a viabilização da Dielmar

As manifestações de interesse na compra da Dielmar devem ser apresentadas até à próxima segunda-feira. A assembleia de credores está marcada para 6 de Outubro. Segundo revela uma fonte próxima ao Jornal Económico, o administrador da …

FBI emite mandado de detenção a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito

O namorado de Gabby Petito desapareceu três dias depois da jovem também ter sido dada como desaparecida. O jovem de 23 anos está também a ser acusado de fraude bancária. O FBI emitiu esta quarta-feira um …

Cavidade gigante no espaço lança nova luz sobre a formação estelar

Astrónomos que analisaram mapas 3D das formas e tamanhos de nuvens moleculares próximas descobriram uma cavidade gigantesca no espaço. O vazio em forma de esfera, descrito na revista The Astrophysical Journal Letters, abrange cerca de 150 …

Professor que fazia vídeos obscenos foi suspenso

O Ministério da Educação suspendeu o professor de Economia e Direito da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim, que terá um canal de YouTube com vídeos obscenos. O docente da Secundária Eça de …

Bolsonaro quis apostar caixa de uísque com Boris Johnson por “anticorpos”

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, revelou na quinta-feira que tentou "apostar uma caixa de uísque" com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, alegando ter mais anticorpos para a covid-19 do que o britânico. A sugestão …