NASA vai enviar à Lua nave espacial construída com peças impressas em 3D

NASA

A NASA vai dar mais um “pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a humanidade” ao enviar um foguetão construído apenas com peças 3D à Lua.

No próximo ano, a NASA vai dar mais um importante (e intrigante) passo na exploração espacial, lançando a nave espacial Orion numa viagem à volta da Lua. Esta será a primeira vez que uma nave espacial é construída com peças impressas em 3D, marcando o início de um conjunto de missões lunares que a agência quer conduzir nos próximos anos, bem como vasculhar outros destinos utilizando este recurso, incluindo Marte.

A missão de exploração 1 (EM-1) vai enviar a Orion num módulo não-tripulado, e a jornada irá durar três semanas à volta do satélite natural da Terra, segundo a CNBC.

As peças impressas em 3D que compõem a Orion foram projetadas em conjunto com a Lockheed Martin, a Stratasys e a Phoenix Analysis & Design Technologies. A parceria resultou em mais de 100 peças certificadas, as quais foram usadas na construção da nave espacial e, por tabela, autorizadas para uso em espaço exterior – ou espaço profundo, uma definição atribuída ao universo físico além da atmosfera da Terra.

O vice-presidente da Stratasys Strategic Consulting, Phil Reeves, disse esta terça-feira que, devido à tecnologia, o custo e a complexidade dos componentes prontos para uso no espaço estão a cair.

Reeves acrescentou ainda que as 100 peças utilizadas na construção da Orion podem substituir 500 ou 600 partes, uma vez que a impressão em 3D pode ser usada para construir formas geométricas mais complexas.

Um dos exemplos dados pelo vice-presidente destaca a estação de ancoragem da Orion. A peça, que anteriormente seria bastante complexa, agora consistirá em apenas seis componentes individuais impressos juntos em 3D.

Reeves ainda comenta que o orçamento foi poupado em cerca de 50% com as peças tridimensionais fornecidas em comparação com o material que usado anteriormente, como o metal revestido, por exemplo.

Além disso, outro recurso indispensável dos novos materiais é a capacidade de dissipar a estática, uma vez que a acumulação de carga elétrica é um problema nas missões espaciais, aumentando o risco de fritar os eletrónicos ou de até surgirem perigosas faíscas dentro de alguma embarcação.

Por fim, existe a possibilidade de que as impressoras 3D possam fornecer um novo tipo de plástico que, de acordo com os esperançosos executivos da Stratasys, poderá ser usado futuramente noutras indústrias além da espacial, tais como a aviação civil e/ou até mesmo na área de eletrónicos e no segmento de embalagens.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Assim a construção de aeronaves e naves espaciais com recurso à impressão de peças 3D vai permitir a construção de uma nave numa unica peça, uma nave compacta, como por exemplo em forma de disco voador, o que normalmente designamos por UFO (sigla inglesa para OVNI). Começa a impressão 3D num ponto e vai expandindo a impressão até ao seu diâmetro máximo começando a fechar até chegar de novo a um ponto, deixando no seu interior impressas as galerias e criados os acessos às mesmas para o funcionamento da nave e seus componentes! Estamos quase lá!

  2. Viva o FUTURO ja começou a nova ERA ESPACIAL vai-se começar a ir a LUA e VIR a MARTE ir e VIR etc etc e a outros PLANETAS a outros UNIVERSOS PARALELOS ou NAO. Assim o ser HUMANO passa a ir a outras dimensoes, dai o TERMO”” NOVOS CEUS E NOVA TERRA”’,SERES HUMANOS MAIS EVOLUIDOS que irao surgir nos NOVOS CEUS E NOVA TERRA, tal como descrito na BIBILIA. iiiiii e agora que vou ao espaço ver planetas etcetc e os despois venho para a TERRA iiiiiii ALELLUIAAAAiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
    AGP

RESPONDER

NASA detetou (e mediu) o primeiro choque interplanetário

A Multiscale Magnetospheric Mission (MMS) da agência espacial norte-americana conseguir fazer as primeiras medições de um choque interplanetário. Em comunicado, a NASA explica que os choques interplanetários são um tipo de choque sem colisão, no …

Quem ganhou a Segunda Guerra Mundial? Aliados e Eixo dizem que foram eles próprios

Em média, tanto os cidadãos de países dos Aliados como cidadãos de países do Eixo dizem que foram eles mesmos os vencedores da Segunda Guerra Mundial. Se perguntarmos a qualquer um dos poucos veteranos remanescentes da …

Norte-americano passou 30 anos na prisão por erro. Vai ser indemnizado em 10 milhões

Um norte-americano que há 30 anos foi erradamente condenado a 57 anos de prisão por violação e roubo vai agora receber uma indemnização de quase 10 milhões de dólares, avança o jornal New York Post. …

O Pólo Norte está a ser atingido por relâmpagos (e isso não é normal)

Uma tempestade perto do Pólo Norte pode não parecer a maior preocupação, tendo em conta o rápido aquecimento do Ártico. Mas é mais um sinal de que o Ártico continua a ter um verão anormal. A …

FC Porto 4-0 V.Setúbal | Hat-trick e goleada contra a crise

O FC Porto amealhou os seus primeiros pontos no campeonato, ao golear o Vitória de Setúbal por 4-0. Após uma semana difícil em que a palavra “crise” foi diversas vezes utilizada para referir a situação dos …

Há uma nova linha temporal do passado cataclísmico da Terra

Bem-vindos ao Sistema Solar primitivo. Logo após a formação dos planetas há mais de 4,5 mil milhões de anos, a nossa vizinhança cósmica era um lugar caótico. Ondas de cometas, asteroides e até protoplanetas seguiram …

Belenenses 0-2 Benfica | Rafa Silva destrói resistência azul

O Benfica foi ao Jamor vencer o Belenenses por 2-0, num jogo muito complicado para as “águias”, em especial no primeiro tempo, mas que acabou resolvido na etapa complementar. Rafa Silva foi o “abre-latas” de …

Cofundador do Alibaba paga 3,5 mil milhões para ser o único dono dos Brooklyn Nets

O cofundador do Grupo Alibaba, Joseph Tsai, vai pagar mais 3,5 milhões de dólares para ser o único dono da equipa de basquetebol norte-americana Brooklyn Nets, avança esta sexta-feira a Bloomberg. O multimilionário já detinha 49% da equipa, …

Instagram, Facebook e Whatsapp prejudicam saúde mental das crianças

Um estudo de investigadores da University College London demonstra que a utilização de redes sociais como o Instagram, o Facebook e o Whatsapp estão a causar danos ao bem-estar das crianças e jovens. A investigação, cujos …

Clínica da Opus Dei diz que homossexualidade causa gastroenterite

A Clínica Universitária de Navarra, que pertence à prelatura da Opus Dei, defende que a homossexualidade e a promiscuidade são causadoras de gastroenterite. No guia de atuação de urgência sobre esta condição médica, a Clínica Universitária …