NASA matou 27 macacos que estavam no seu centro de investigação num único dia

ahunziker / Flickr

Os 27 macacos que estavam na posse da NASA, no seu centro de investigação na Califórnia, foram mortos num único dia no ano passado.

De acordo com o jornal The Guardian, que teve acesso a alguns documentos, um total de 27 primatas foram eutanasiados, a 2 de fevereiro de 2019, no centro de investigação da NASA em Silicon Valley, na Califórnia.

Os macacos já tinham uma certa idade e 21 deles tinham Parkinson, mostram os documentos obtidos pelo jornal britânico. Mesmo assim, a decisão de matar os animais, em vez de os transferir para um santuário, está a ser condenada por ativistas que defendem os direitos dos animais.

Os primatas “estavam a sofrer as privações e frustrações etológicas inerentes à vida de laboratório”, declarou John Gluck, especialista em ética animal da Universidade do Novo México.

Gluck estranhou ainda o facto de os macacos “aparentemente não terem sido considerados merecedores de uma oportunidade para viver num santuário”. “Nem mesmo uma tentativa? Eliminação em vez de uma expressão de simples decência. Que vergonha para os responsáveis”, criticou.

Kathleen Rice, representante da Câmara dos Representantes, já escreveu a Jim Bridenstine, administrador da NASA, para exigir uma explicação sobre estas mortes.

“Aguardo uma explicação do administrador Bridenstine sobre a razão para estes animais terem sido forçados a definhar em cativeiro e serem eutanasiados em vez de viverem as suas vidas num santuário”, disse a democrata ao The Guardian.

A agência espacial norte-americana tem já uma longa associação com primatas. No ano de 1961, Ham, um chimpanzé, recebeu treino diário antes de se tornar o primeiro grande símio a ser enviado ao Espaço, tendo cumprido com sucesso a sua curta missão antes de mergulhar com segurança no oceano.

Porém, destaca o diário inglês, estes 27 macacos não foram usados em qualquer missão espacial ou mesmo para investigação, tendo ficado alojados nas instalações da NASA numa parceria com a LifeSource BioMedical, outra entidade que faz investigações para medicamentos e que aluga o espaço no centro.

Stephanie Solis, chefe executiva desta entidade, explicou que os primatas foram dados ao laboratório “há vários anos”, depois de não ter sido encontrado um santuário onde pudessem ficar devido à idade e aos problemas de saúde.

“Concordámos em aceitar os animais, funcionando como um santuário e fornecendo todos os cuidados às nossas próprias custas, até que a idade avançada deles e o declínio do seu estado de saúde resultou na decisão de os eutanasiar para evitar que tivessem uma má qualidade de vida.”

A responsável garantiu que os animais não foram usados como cobaias em nenhuma investigação e que tiveram “uma boa qualidade de vida” nos dias que lhes restaram.

Filipa Mesquita Filipa Mesquita, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientistas sugerem que os gorilas não batem no peito apenas para se exibir

Os cientistas sugerem que o ato de bater no peito permite aos gorilas machos sinalizar o seu tamanho e assim evitar brigas desnecessárias. De acordo com o jornal The Guardian, cientistas que estudam gorilas-das-montanhas (Gorilla beringei …

Médicos alertam que Navalny pode sofrer paragem cardíaca "a qualquer momento"

Alexei Navalny está cada vez mais em risco de insuficiência renal. Médicos próximos do opositor russo alertam que pode sofrer uma paragem cardíaca "a qualquer momento". Médicos próximos do opositor russo Alexei Navalny, detido e em …

Perto de sequenciar 1 milhão de genomas, cientistas querem desvendar segredos genéticos

O projeto All of Us está a recolher informações genéticas, registos médicos e hábitos de saúde de mais de um milhão de pessoas. Os dados podem ser usados para desvendar segredos genéticos. O primeiro esboço do …

"Besta dos cinco dentes". Descoberta nova espécie de mamífero na Patagónia

Paleontólogos descobriram uma nova espécie de mamífero, com dentes peculiares, que viveu na Patagónia durante o período Cretáceo. De acordo com a agência Europa Press, os fósseis foram encontrados em Cerro Guido, na província chilena de …

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …