Dia e meio em dieta sem comer, mais meio com o que apetecer (e parece resultar)

Uma nova dieta propõe que não se coma nem beba bebidas calóricas durante 36 horas, para depois se comer e beber o que se quiser durante 12 horas. E parece resultar.

A restrição calórica não é nada de novo e já foi adotada em muitas dietas, revelando-se benéfica para a perda de peso, melhorar a saúde cardíaca e potencialmente abrandar o envelhecimento. No entanto, há ainda muitas divergências no que toca à forma de como não comer.

Um estudo publicado recentemente na revista Cell Metabolism sugere uma nova dieta, chamada “Alternate Day Fasting” (ADF), na qual se recorre à restrição calórica, mas de uma forma mais acessível de se fazer regularmente. Os resultados da investigação ficaram bem claros para os cientistas: redução na ingestão de calorias, redução do índice de massa corporal e melhor composição da gordura do tronco.

A dieta consiste em ficar 36 horas sem comer ou beber bebidas calóricas e, posteriormente, comer aquilo que se quiser — pizzas, hambúrgueres, bolos, etc. — durante 12 horas. A equipa de investigadores garante que esta dieta partilha dos mesmos benefícios de outras dietas de restrição calórica, mas é mais simples de cumprir.

Além das vantagens enumeradas anteriormente, também foram descobertas “alterações positivas nos fatores de risco para doenças cardiovasculares e na massa gorda após apenas quatro semanas”, explicou o autor responsável pelo estudo, Slaven Stekovic.

“No futuro, esta prática, que já está a crescer em uso como uma intervenção no estilo de vida, poderá, eventualmente, acomodar os cuidados de saúde modernos em vários ambientes”, acrescentou Stekovic, citado pelo Inverse.

Opiniões divididas

Apesar de à primeira vista esta nova dieta parecer altamente benéfica, alguns especialistas não partilham a mesma opinião. Quanto à perda de peso relacionada com a ADF, Keri Gans, nutricionista norte-americana, diz que é compreensível por uma simples razão. “Se alguém comia o que queria durante sete dias por semana e agora está a fazer isso 50% das vezes”, isso poderia obviamente ajudar a perder peso”, explicou, citada pela Health.

No entanto, Gans realça que há outras (e melhores) maneiras de perder peso. “Primeiramente, quem faz esta dieta está a perder nutrientes importantes que o nosso corpo precisa”, disse Gans, reforçando ainda que o corpo precisa de comida para produzir energia. “Tente conduzir o carro sem gasolina”, atirou.

Além disso, a nutricionista referiu que a dieta não é recomendável para quem está a tomar medicação, já que tomar comprimidos de estômago vazio pode provocar dores de cabeça ou problemas gastrointestinais.

A opinião dos nutricionistas contactados pela Heatlh parece consensual: não experimente esta dieta. “Há tantas outras maneiras de perder peso sem passar fome”, reiterou Abby Langer, nutricionista canadiana.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Acho que isso dependerá muito daquilo que cada indivíduo conseguir comer nas 12 horas. Conheço alguns artistas que nessas 12 horas rebentavam seguramente com os pilares dessa dieta.

RESPONDER

Cofundador do Twitter doa 28% da riqueza para causas solidárias. Incluindo combate à Covid-19

O cofundador do Twitter, Jack Dorsey, anunciou que vai doar mil milhões de dólares (920 milhões de euros), 28% da sua riqueza pessoal, para causas solidárias, incluindo a luta contra a pandemia da Covid-19. Numa mensagem …

Reclusos libertados e cortes de água, luz, gás e internet suspensos

Esta quarta-feira, no Parlamento, a esquerda viabilizou o projeto do Governo para libertar reclusos. O PS vai ainda viabilizar as propostas do PCP e do BE que suspendem cortes na água, luz, gás e internet. A …

Pandemia deixa passaporte português mais "forte". É o sexto mais poderoso do mundo

A pandemia desencadeada pelo novo coronavírus oriundo da China (covid-19) tornou o passaporte português mais forte. O documento português subiu uma posição no ranking da Henley Passport Index, estando agora o documento na sexta posição dos …

SAD do Leixões avança para lay-off

A SAD do Leixões propôs ao plantel "que nos próximos três meses, abril incluído, pagaria metade do salário em cada mês, valores que seriam repostos ao longo do trimestre que se seguiria". O plantel do Leixões, …

Rui Pinto colocado em prisão domiciliária

O hacker Rui Pinto, criador do Football Leaks e autor das revelações do caso Luanda Leaks, foi colocado em prisão domiciliária esta quarta-feira. Rui Pinto, que estava em prisão preventiva desde 22 de março de 2019, …

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até terça-feira, 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 3 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou o Ministério da Administração …

Bruxelas disponibiliza 300 milhões de euros a pequenas e médias empresas para alavancar investimentos

O programa "Escalar" disponibiliza 300 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Investimento, para apoiar investimentos de pequenas e médias empresas "promissoras" que queiram crescer. A Comissão Europeia anunciou que vai disponibilizar 300 milhões de …

Maçonaria cancela eleições e proíbe rituais em sessões virtuais

A pandemia de Covid-19 levou o Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, a principal obediência maçónica em Portugal, a cancelar as eleições e a proibir os encontros com rituais maçónicos 'online', visto que …

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …