Nakajima quer 1 milhão de euros para voltar aos treinos no FC Porto

José Coelho / Lusa

Afinal, o japonês Shoya Nakajima tem-se recusado a treinar no FC Porto porque reclama o pagamento de uma verba em atraso da ordem do um milhão de euros. A SAD portista tinha feito saber que ele não queria treinar por receio da covid-19, uma vez que a mulher sofre de uma doença respiratória.

O jornal Correio da Manhã (CM) apurou, contudo, que as razões que levam Nakajima a não treinar no FC Porto são do foro financeiro.

Nakajima não terá recebido ainda o pagamento de um milhão de euros relativos ao prémio de assinatura pelo clube portista.

O CM destaca que a SAD do Dragão “comprometeu-se a pagar um milhão de euros do prémio de assinatura até uma certa data, o que não terá acontecido”.

As contas do FC Porto têm estado na ordem do dia, tendo sido um dos temas mais falados no âmbito das recentes eleições presidenciais no clube. Pinto da Costa foi reeleito para o 15.º mandato consecutivo e elegeu a “recuperação financeira do clube” como um dos principais objectivos para o quadriénio 2020/2024.

Antes das eleições, o presidente portista anunciou que o FC Porto teve que pedir um empréstimo de dois milhões de euros para pagar salários. O clube terá pedido esse crédito ao Novo Banco que, contudo, terá recusado aprová-lo por considerar que o risco da SAD portista é grande, face aos prejuízos apresentados.

Pinto da Costa refere que o clube acabou por obter o empréstimo de um banco alemão. O CM avançou que será o IBB – Internationales Bankhaus Bodensee que já “costuma financiar o FC Porto em operações de ‘factoring’ (adiantamento de receitas futuras)”.

Nakajima, tal como o restante plantel do FC Porto, aceitou uma redução salarial de 40% devido à paragem nas competições por causa da pandemia de covid-19. Mas o japonês não estará disposto a abdicar do 1 milhão de euros a que terá direito.

É possível que o avançado de 25 anos não volte a jogar com a camisola dos dragões.

Nakajima assinou por cinco épocas no Verão passado, depois de ter sido contratado ao Al Duhail, do Qatar. O FC Porto pagou 12 milhões de euros por metade do passe do jogador e fixou a cláusula de rescisão em 80 milhões de euros.

  ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Qualificações mais elevadas já não garantem salários altos aos jovens. Contratos a prazo triplicam face às gerações anteriores

Estudar mais anos em Portugal já não é representativo de remunerações mais elevadas. Esta é a principal conclusão de um estudo desenvolvido pela Fundação Calouste Gulbenkian, centrado nas diferenças e semelhanças entre as gerações de …

Ordem dos Médicos define equipas mínimas para urgências, mas números são "impraticáveis"

A Ordem dos Médicos (OM) decidiu avançar com uma uma proposta de regulamento que define a dimensão mínima das equipas que asseguram o funcionamento de serviços de urgência nos hospitais. Numa altura em que se prevê …

Turistas estão de volta, mas agora falta pessoal nos hotéis

Os turistas estão a voltar às cidades portugueses, nomeadamente a Lisboa, onde os hotéis se debatem agora com um novo problema, a falta de pessoal qualificado. Há responsáveis que já falam da necessidade de fazer …

Gestão do PRR faz tremer Governo dos Açores (que foi bombardeado por críticas)

O Governo dos Açores tem sido acusado de beneficiar empresas no acesso às verbas das Agendas Mobilizadores do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Esta polémica levou à marcação de um debate de urgência, que ficou …

Inédito na medicina. Rim de porco foi transplantado com sucesso num humano

Pela primeira vez na história, uma equipa médica conseguiu transplantar um rim de porco geneticamente modificado num humano. Foi uma experiência num paciente em morte cerebral, mas que abre portas à utilização de rins de …

Golo do FC Porto: como não assinalaram falta do Taremi?

Avançado do FC Porto desviou Ismaël Bennacer, no momento decisivo do FC Porto 1-0 AC Milan. Mas os portistas mereceram ganhar. Stefano Pioli admitiu que o FC Porto venceu o AC Milan (1-0), na terceira jornada …

Senado defende que Bolsonaro seja acusado de genocídio devido à sua gestão da pandemia

Um relatório do Senado brasileiro defende que o Presidente Jair Bolsonaro deve ser acusado de homicídio pela sua gestão da pandemia de covid-19 no país. O documento ainda pode ser alterado pelos senadores, pois só vai …

Dez anos depois, ainda há feridas por sarar. Sánchez promete não soltar presos da ETA em troca da aprovação do Orçamento

Num debate parlamentar com o Governo espanhol, Pablo Casado confrontou Pedro Sánchez sobre os acordos com os nacionalistas radicais bascos. Esta quarta-feira, quando questionado por Pablo Casado, presidente do Partido Popular (PP), sobre se iria libertar …

O treinador inglês de futebol, Steve Bruce.

Steve Bruce já não é treinador do Newcastle. Há dois portugueses na calha para o suceder

Steve Bruce deixou o comando técnico do Newcastle United, recentemente adquirido por um consórcio saudita. José Mourinho e Paulo Fonseca estão entre os possíveis sucessores. Está encontrada a primeira baixa do Newcastle após a aquisição saudita …

Entre reuniões falhadas, cresce o risco de chumbo do OE e de crise política

Depois de não ter sido alcançado um acordo nas reuniões de ontem, a possibilidade de uma crise política parece mais próxima que nunca. As mudanças na lei laboral exigidas por BE e PCP são os …