Musk dá todas as patentes da Tesla para ajudar a salvar o planeta

OnInnovation / Flickr

Elon Musk, o bilionário visionário fundador do PayPal, Tesla e SpaceX

O multimilionário Elon Musk disponibilizou todas as patentes da Tesla, empresa fabricante de automóveis elétricos, de forma a contribuir para o combate às alterações climáticas. O anúncio foi feito a semana passada.

Segundo noticia a agência AFP, Musk recorreu ao seu blogue pessoal para dar conta da sua decisão, prometendo que a empresa “não vai iniciar processos de patentes contra qualquer pessoa que, de boa fé, queira usar a tecnologia” da Tesla.

O anúncio do CEO surgiu no mesmo dia em que promotores norte-americanos acusaram um cidadão chinês de roubar segredos de um projeto da Apple sobre um veículo autónomo. Na indústria tecnológica, importa frisar, as patentes são especialmente importantes, sendo consideradas “sementes de invenção” e, por isso, costumam ser guardadas em segredo para proteger o seu valor monetário.

“A Tesla Motors foi criada para acelerar o advento do transporte sustentável”, disse Musk. “Se abrirmos um caminho para a criação de veículos elétricos atraentes, mas depois colocarmos minas terrestres de propriedade intelectual para inibir os outros, estamos a agir de maneira contrária a esse objetivo”, defendeu.

Musk disse estar, na verdade, cético em relação às patentes, considerando que estas só servem, na maioria das vezes, para “sufocar o progresso” e ajudar a enriquecer os “gigantes” das empresas e dos advogados ao invés dos próprios criadores.

O multimilionário revelou já se ter sentido obrigado a registar as patentes da Tesla de forma a evitar que as empresas de automóveis concorrentes copiassem a sua tecnologia e a usassem para dominar o mercado.

Não poderíamos estar mais errados. A infeliz realidade é exatamente o contrário”, considerou, observando que os carros elétricos, também apelidados de combustível limpo, “são pequenos ou quase inexistentes nos principais fabricantes” de automóveis.

Contudo, ressalva, com a produção de carros elétricos a continuar em 100 milhões de unidades por ano “é possível que a Tesla consiga consiga construir carros elétricos a um ritmo suficiente para enfrentar a crise do carbono”.

Musk acredita que ter outras empresas a construir carros elétricos não só é bom para o planeta como pode fortalecer os seus negócios: “Acreditamos que ao aplicar a filosofia de código aberto nas nossas patentes estaremos a fortalecer em vez de diminuir a posição da Tesla”. Além disso, acrescentou, poderá também atrair engenheiros talentosos.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

Greve geral volta a parar França. Filas de trânsito chegam aos 620 quilómetros

Os acessos a Paris estão, esta manhã, muito complicados devido ao quinto dia de greve contra a reforma das pensões e que afeta sobretudo a rede de transportes na capital francesa. De acordo com as autoridades, …

"Mário Centeno está a perder influência no Governo". Os (maus) sinais para o Orçamento de Estado 2020

A proposta de Orçamento do Estado para 2020 [OE 2020] vai ser apresentada daqui a uma semana e alguns economistas antecipam os riscos do documento, falando de uma "situação potencialmente perigosa para as contas públicas" …

Utilizadores russos do Reddit terão divulgado documentos comprometedores sobre o Brexit

A rede social Reddit anunciou ter concluído que utilizadores russos estiveram na origem da divulgação de documentos confidenciais do governo britânico sobre as negociações comerciais do Brexit. O Reddit anunciou, num comunicado citado pela Associated Press, …

Concorrência quer novas regras para fidelizações nas telecomunicações

A Autoridade da Concorrência (AdC) quer mudanças nas regras impostas pelas operadoras de telecomunicações nos contratos de fidelização. Segundo um relatório da AdC, ao qual o Jornal de Negócios teve acesso e que será esta segunda-feira …

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …