Multimilionário quer construir uma nova “Hong Kong” na Irlanda

O multimilionário chinês Ivan Ko pretende criar uma cidade na Irlanda para acolher 15 mil habitantes de Hong Kong que se queiram refugiar das pressões políticas que lá se vivem.

De acordo com a CNN, Ivan Ko, que quer criar uma cidade chamada Nextpolis, tem trabalhado na ideia de uma “charter city” desde o ano passado, quando a agitação antigovernamental abalou Hong Kong, levando muitos a considerarem fugir.

Segundo uma versão do plano divulgada pelo Times de Londres, Ko propôs originalmente um acordo de meio milhão de pessoas. O seu último plano é construir uma cidade de apenas 15 mil habitantes, mais pequena do que alguns conjuntos habitacionais de Hong Kong.

Inicialmente, as autoridades irlandesas expressaram preocupação com a quantidade de terreno necessária para uma cidade do tamanho inicialmente sugerido por Ko.

Em comunicado, o Departamento de Relações Exteriores da Irlanda disse que, “seguindo uma abordagem inicial em dezembro de 2019, o departamento tinha contato limitado” com Ko e “não tinha tomado nenhuma ação adicional” sobre o assunto. Ko interrompeu as comunicações em julho.

“Charter cities” são cidades que têm liberdade para operar de forma diferente do modelo padrão estabelecido por vários territórios. Existem centenas dessas cidades nos Estados Unidos, incluindo San Francisco.

No entanto, enquanto “charter cities” são bastante comuns, as “charter cities” internacionais são outra questão. A ideia, proposta no final dos anos 2000, era que novas cidades pudessem ser estabelecidas em nações em desenvolvimento e operadas por Governos ou organizações externas, com um modelo económico e social completamente diferente do restante do país, como forma de impulsionar o desenvolvimento.

O conceito do economista Paul Romer foi inspirado mesmo por Hong Kong: uma cidade que funcionou durante décadas com uma estrutura britânica na Ásia e, na época, um sistema político e económico único na China.

Eis como funcionam estas cidades: uma nova cidade é criada dentro de um país soberano, mas é livre para fazer experiências com o seu próprio sistema político e económico – geralmente um com impostos baixos e regulamentações escassas.

O plano de Ko foi considerado por muitos como uma solução potencial para Hong Kong. Porém, a Irlanda não é um país em desenvolvimento e o governo de Hong Kong provavelmente não quererá ajudar na construção do novo assentamento.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Irlanda não cai nesta no inicio é tudo mt bonito, certinho etc depois fazem mesmo o que quiserem e ninguém os para. Os chineses são como os russos, arabes, são povos que não se deve confiar, quando poderem é como a serpente dão o bote e depois vai ser tarde demais. Não se vendam… a liberdade não tem preço…

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …