PS quer multas até 35 mil euros para quem tenha mais de sete alojamentos locais

Mário Cruz / Lusa

O Partido Socialista quer quer os proprietários de alojamento local devam apenas explorar um máximo de sete unidades. As alterações são votadas esta terça-feira no Parlamento.

Os socialistas querem limitar o número de unidades exploradas por pessoas singulares e empresas. Na proposta de alteração à lei do alojamento local, que será votada esta terça-feira no Parlamento, o PS quer coimas até 35 mil euros para quem não cumprir com o limite máximo de sete unidades.

Segundo o Jornal de Negócios, o objetivo passa por tornar o alojamento local numa atividade mais familiar e de partilha, em vez da exploração empresarial da qual está a ser alvo atualmente.

Assim, caso  projeto-lei seja aprovado esta terça-feira, a detenção de alojamento local fica limitada a um máximo de sete unidades. Às empresas que não cumpram serão aplicadas coimas entre os 25 mil e os 35 mil euros. No caso de pessoas singulares, a multa varia entre 2.500 e 3.740,98 euros.

Mas as novidades da proposta socialista não ficam por aqui. Outra das propostas é a intransmissibilidade deste tipo de propriedades em algumas zonas da cidade, isto é, quando o alojamento local se situa numa zona que foi fixada e delimitada pela autarquia como “área de contenção”, os registos são “pessoais e intransmissíveis”.

Este tipo de áreas são zonas que têm excesso de alojamento local ou falhas no mercado habitacional. A intransmissibilidade é válida quer para cidadãos quer para empresas. Desta forma, explica o jornal, se o registo da propriedade – ou mais de 50% do capital – passar para outra pessoa ou empresa, o título de abertura ao público daquela propriedade caduca.

As alterações à lei do alojamento local são votadas esta terça-feira no Parlamento.

ZAP //

PARTILHAR

19 COMENTÁRIOS

  1. E para “pequenas” empresas que tenham mais de:
    – sete hotéis
    – sete táxis
    – sete restaurantes
    – sete hipermercados
    – sete aviões
    – sete comboios
    ????!!!! WTF WTF WTF

      • O problema é que se criam regimes legais simplificados e regimes tributários mais favoráveis para o alojamento local considerando o caso de particulares que alugam a sua própria casa ou um segundo apartamento que tenham para fazer uns trocos, e depois vêm alguns “tubarões” da hotelaria com 100 ou mais apartamentos para alojamento local beneficiar indevidamente desses regimes. Se são empresários da hotelaria, que se assumam como tal, cumprindo os requisitos legais que os outros têm de cumprir e sendo taxados como os outros empresários do ramo.

  2. O que eu acho piada é a esquerda dizer à boca cheia que quer as pessoas a voltarem ao interior, e o maior factor que pode ajudar a isso que é o turismo encarecer as casas no litoral, a esquerda ataca esse turismo como pode porque quer os portugueses em Lisboa. Como é, querem os portugueses em Lisboa ou no interior?
    No fundo a esquerda portuguesa é um bando de demagogos sem principios alguns

      • Se o PS BE e PCP passam o tempo a dizer que tem de se manter os portugueses em Lisboa, mas depois dizem que vao dar incentivos para os portugueses irem para o interior de Portugal, o que é que tem de dificil de entender que uma coisa é contraditória com a outra, que no fundo é tudo conversa da treta para arranjar mais umas taxas sobre o Alojamento Local?

  3. Comigo está à vontade, que posso ter até 500 apartamentos que os manterei todos fechados sem alugar seja a quem for.

  4. Para aqueles que estão a receber rendas antigas de 25€ ou 50€ por mês, com esta lei vêm limitado o prejuízo que estão a ter

  5. Não quero criar boatos mas há quem diga que se o Ronaldo tivesse o número 11 na camisola teriam sido 11 e não 7 alojamentos locais

  6. ah a doença do colectivismo é realmente destruidora de riqueza, empreendedorismo, escolha, liberdade e claro da propriedade privada e das pessoas fazerem dela o que muito bem entenderem.

  7. Já agora e completando a ideia do governo PS acharia por bem que o valor das multas revertesse para a colmatar a dívida do partido sendo esta de largos milhões e a campeã de todas. Isto dá a entender haver aqui um ataque ao empreendedorismo e não me parece ser desta forma que governo ou autarquias defendam a fixação de naturais nas grandes cidades, com tantas habitações a cair de velhas e abandonadas parece-me que o caminho deveria ser outro e logo a começar no ataque à inflação pois um dia esta fará estoirar o negócio de muitos oportunistas.

  8. Ainda no outro dia um amigo que veio a Lisboa ligou a perguntar por um apartamento e disseram, “mas qual exatamente, temos 180 só em Lisboa!” E é por causa disto que eu sinto na pele todos os dias a pressão da possibilidade do meu senhorio subir a minha renda que é de há 5 anos atrás (não é do tempo da avozinha). Ora a minha renda de há 5 anos é o limite máximo que posso pagar porque neste tempo, o meu rendimento não aumentou absolutamente nada. Se sair desta casa não tenho para onde ir nesta cidade porque não
    onsigo suportar rendas de 1000€, neste momento já trabalho para a renda, água, luz, transportes. Acho sinceramente a concorrência até é uma coisa bonita quando funciona em mutuo beneficio, mas neste caso está a prejudicar toda uma cidade em beneficio de meia duzia. Construam antes hoteis e pensões, nao terá impacto nenhum no valor das rendss da população ou para os mais pequenos, invistam em setores que nao interfiram tão diretamente com o aumento do custo de vida, abram um bar, um restaurante. Sinceramente acho que devia ser como na Alemanha, limitado a 2 apartamentos por pessoa segundo percebi. Sete parece-me ser um número um pouco exagerado e aleatório para o comum português que quer por a render a casa de férias, etc, e facilmente se multiplica numa familia ou com alguns testas de ferro para um número novamente exagerado. Só quem não vive em Lisboa ou Porto ou quem está neste momento a enriquecer com este esquema não percebe este problema. E mais, o alojamento local deveria ter que ser aprovado em condomínio, porque transformar um apartamento num hotel pode ter imensas implicações para os vizinhos.

RESPONDER

Lito Vidigal é o novo treinador do Vitória de Setúbal

Lito Vidigal é o novo treinador do Vitória de Setúbal. O ex-treinador do Boavista, que já tinha passado pelo Bonfim em 2018/2019, vai suceder a Júlio Velázquez no comando técnico dos sadinos. Esta segunda-feira, Lito Vidigal, …

Estados Unidos confirmam rara infeção provocada por parasita que destrói o cérebro

Foi detetada, no cérebro de uma pessoa no condado de Hillsborough, uma ameba rara que destrói o cérebro. O parasita chama-se Naegleria Fowleri. Uma ameba rara que destrói o cérebro, conhecida como Naegleria Fowleri, foi detetada numa …

IKEA devolve a Portugal 500 mil euros em apoios do lay-off

A IKEA já reuniu com o Governo e diz estar a estudar a melhor forma de proceder à devolução do montante recebido pelo Estado.  Segundo o Dinheiro Vivo, a IKEA Portugal vai devolver cerca de 500 …

Isabel dos Santos diz-se "contactável e disponível" para colaborar com a justiça

Isabel dos Santos negou, esta segunda-feira, que a justiça desconheça o seu paradeiro e que não a consiga contactar, depois de o procurador-geral de Angola ter vindo a público denunciar a ausência de respostas da …

"Não estamos a dar a resposta suficientemente eficaz nesta fase", diz bastonário dos médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Miguel Guimarães, defendeu esta segunda-feira que enquanto faltar uma "resposta suficientemente eficaz" à covid-19 na fase de desconfinamento, a recuperação económica também será mais lenta. O responsável falava aos …

Bolsonaro alarga veto para uso de máscaras no Brasil

Jair Bolsonaro vetou, esta segunda-feira, a obrigatoriedade do uso de máscaras em prisões durante a pandemia, segundo informações divulgadas no Diário Oficial da União. A decisão do Presidente brasileiro incluiu também o fim da obrigatoriedade de …

Carruagens compradas pela CP à espanhola Renfe vão ter espaço para bicicletas

As 51 carruagens que a CP - Comboios de Portugal vai comprar à espanhola Renfe por 1,6 milhões de euros permitirão o transporte de bicicletas, revelou o ministro Pedro Nuno Santos, garantindo que serão gastos …

Crescimento "preocupante" de casos de covid-19 no Luxemburgo (e a "culpa" pode ser de portugueses e cabo-verdianos)

O Luxemburgo está a assistir, nas últimas semanas, a um crescimento significativo no número de novas infecções por covid-19. A ministra da Saúde fala numa subida "preocupante". Muitas destas novas infecções são entre portugueses e …

Conselho das Finanças Públicas "muito preocupado" com impacto de despesas como a TAP

Nazaré Costa Cabral, presidente do Conselho das Finanças Públicas, está convicta de que a recuperação "não vai permitir ter nos próximos anos o que tínhamos em 2019". A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Nazaré Costa Cabral, …

Agência de rating espanhola baixa perspetiva de Portugal de "estável" para "negativa"

A agência de notação financeira espanhola Axesor manteve a classificação não solicitada de Portugal em "BBB+", mas baixou a perspetiva de "estável" para "negativa". A agência de notação financeira espanhola Axesor manteve, esta segunda-feira, a classificação …