Mulher multada por urinar em público transforma-se em debate sobre sexismo

sooncm / Flickr

Urinol público masculino em Amesterdão

O caso de uma mulher holandesa que foi multada em 90 euros por urinar na rua no centro de Amesterdão acabou por se transformar num debate sobre sexismo no país.

A capital holandesa, com pouco mais de 800 mil habitantes, em 35 urinóis públicos para homens, em comparação com as 3 casas de banho públicas disponíveis para mulheres.

Em 2015, Geerte Piening, de 23 anos, foi apanhada a urinar, depois de passar a noite a beber na praça de Leidseplein, no centro. Já era tarde, as lojas estavam fechadas e a casa de banho mais próxima ficava a alguns quilómetros de distância.

Na ocasião, Piening decidiu procurar uma rua tranquila onde pudesse satisfazer as suas necessidades. Segundo conta a BBC, um grupo de amigos ficou a vigiar para avisar Piening caso alguém aparecesse enquanto urinava.

No entanto, a jovem foi apanhada em flagrante por três agentes da polícia local, e presente a um juíz. “Na altura, não queria envolver-me em discussão com a polícia, mas no dia seguinte pensei ‘espera aí… vou lutar contra isto’“, conta Piening.

O magistrado que julgou o caso considerou que Piening devia ter usado um dos urinóis masculinos, em vez de urinar em público – acto punido com multa de 90 euros.

Algumas mulheres, no entanto, consideram que a sugestão do juiz é ridícula, e partilharam nas redes sociais fotos dd si próprias a tentar ilustrar as óbvias dificuldades de uma mulher em usar um urinol masculino.

O juiz comparou também a atitude da jovem com a de alguém que atira lixo para a rua em vez de usar um caixote de lixo – o que levou um utilizador a lembrar ao juíz que, ao contrário da urina, as cascas de banana podem ser guardadas no bolso e deitadas fora mais tarde – em qualquer caixote de lixo de “género neutro”.

Piening insiste que teve de usar a rua como último recurso e alega que as casas de banho públicas para mulheres noutras capitais europeias eram muito melhores. “Não é embaraçoso para uma cidade turística como Amesterdão que as mulheres não tenham onde urinar?”, questiona.

“Não era minha intenção que essa questão se tornasse uma grande questão feminista. Por outro lado, é positivo que esse problema seja discutido”, afirmou.

O juiz reconheceu que há menos casas de banho para mulheres, mas diz que a Câmara não é obrigada a disponibilizá-las.

Além disso, diz o juiz, “as mulheres são menos propensas a usar casas de banho públicas”, acrescentou, dizendo que o caso de Piening era raro. “É a segunda mulher que vejo em Tribunal por causa de um assunto destes”, teria dito o juiz.

A Câmara local, entretanto, diz que nunca houve na cidade uma política pública relativa a casas de banho públicas. “Há mais casa de banho para homens, porque é assim que sempre foi. Obviamente deveria ser igual e todos concordam que poderia ter sido feito melhor. Mas quais são os custos? Há espaço para isso? Vale a pena?”, pergunta Peter Ekker, porta-voz do Presidente.

Mas este pode não ser o fim da história.

Foi agora criado no Facebook um grupo para encorajar mulheres a juntarem-se a um protesto na cidade esta sexta-feira e lançar uma proposta para que as mulheres possam usar urinóis masculinos. Mais de 5000 pessoas já manifestaram interesse em comparecer.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Tirei da minha gaveta das memórias, aquilo que presenciei em França, Lyon.
    Um português homem, adulto, casado e com filhos foi apanhado pela Polícia, a urinar na berma de um caminho ermo e fizeram-lhe pagar uma multa, já lá vão mais de 30 anos.
    Conclusão, nada mudou!

  2. aqui por portugal,foram acabando com os wc publicos,nunca entendi a razao ,mais um caso que demostra a sociedade cada vez mais represssiva e policial que nos estamos a tornar,multar alguem as tantas da noite por urinar na via publica,que nao tem outra alternativa !deviam multar os policias por falta de bom senso,nao acredito que se trate de um caso de descriminaçao,acho que se fosse homem era igual ou pior se fosse por ca

RESPONDER

Trump quer negociar acordos comerciais com União Europeia, Reino Unido e Japão

O Governo do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou esta quarta-feira ao Congresso a sua intenção de negociar acordos comerciais com a União Europeia, o Reino Unido e o Japão, informou o Departamento de …

Falsa vítima dos atentados de Paris condenada a pena de prisão

Alexandra Damien, parisiense de 33 anos, que se fez passar por uma das vítimas do atentado de radicais islâmicos no dia 13 de novembro de 2015, em Paris, foi condenada por extorsão e falso testemunho. A …

Chefe do Estado-Maior do Exército demite-se

O chefe do Estado Maior do Exército (CEME), o general Rovisco Duarte, demitiu-se nesta quarta-feira, dois dias após a tomada de posse do novo ministro da Defesa A notícia, inicialmente avançada pela TVI24, é agora confirmada …

"Biscoitos Ronaldo" geram polémica em café português no Reino Unido

Café em Worcester, Reino Unido, vendeu cerca de 60 bolachas. Dono alega que se tratava de uma brincadeira. Um português que vive no Reino Unido gerou polémica ao vender, no seu café, bolachas alusivas às acusações …

Macron segue os passos de Portugal e remodela o Governo francês

Depois de Portugal, foi a vez da França fazer uma remodelação governamental. Quatro ministros estão de saída, entram oito e seis mudam de pasta. A remodelação do Governo francês foi anunciada na terça-feira, duas semanas depois …

Governo quer vender fardas da PSP e GNR na Internet

A criação de uma plataforma online para a venda das fardas dos militares da GNR e dos agentes da PSP é uma das medidas que consta do Orçamento do Estado para 2019, com o objectivo …

Explosão em escola na Crimeia faz 10 mortos e centenas de feridos

Pelo menos 10 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas numa explosão no Instituto Politécnico da cidade de Kerch, no leste da Crimeia, de acordo com fontes médicas russas. "Como resultado de uma explosão no Instituto …

Relação confirma pena de prisão máxima para Pedro Dias

O Tribunal da Relação de Coimbra confirmou esta quarta-feira a decisão da primeira instância de condenar Pedro Dias a 25 anos de prisão por vários crimes cometidos em Aguiar da Beira, a 11 de outubro …

Benefícios fiscais só para novos contratos podem acelerar despejos

Depois de analisar as propostas do pacote de habitação, a UTAO avisa para as possíveis consequências das medidas de alívio fiscal no arrendamento, por apenas se aplicarem a novos contratos.   A Unidade Técnica de Apoio …

Subvenções vitalícias a políticos custam 7,17 milhões (e a lista continua em segredo)

O Orçamento de Estado para 2019 prevê um gasto de 7,17 milhões de euros com as subvenções vitalícias atribuídas a políticos. Um valor que desce apenas 90 mil euros, relativamente a 2018, numa altura em …