Mulheres estão a mudar o seu género no Instagram (e já se sabe porquê)

(CC0/PD) picjumbo / pixabay

Há mulheres a mudar o género no Instagram para “masculino” para enganar uma mudança de algoritmo potencialmente sexista que aconteceu no início deste ano.

De acordo com o IFLScience, as diretrizes da comunidade do Instagram afirmam que nudez e conteúdo inapropriado não são permitidos na plataforma. “Isso inclui fotos, vídeos e algum conteúdo criado digitalmente que mostra relações sexuais, genitais e imagens aproximadas de nádegas completamente nuas. Também inclui algumas fotos de mamilos femininos, mas fotos de cicatrizes pós-mastectomia e mulheres que amamentam ativamente são autorizadas.”

No entanto, em abril, o algoritmo do Instagram mudou para rebaixar determinadas publicações, mesmo que não violem tecnicamente as regras definidas pela própria plataforma, de acordo com o HuffPost.

“Começamos a reduzir a disseminação de publicações inapropriadas, mas que não vão contra as Diretrizes da Comunidade do Instagram, limitando a recomendação desse tipo de publicação nas nossas páginas Explorar e hashtags“, escreveram os responsáveis da rede social em comunicado. “Por exemplo, uma publicação sexualmente sugestiva aparecerá no seu feed se seguir a conta que a publica, mas esse tipo de conteúdo pode não aparecer para a comunidade em geral nas páginas Explorar ou hashtags.”

A mudança fez parte das atualizações que o Facebook anunciou na tentativa de “manter as pessoas seguras e manter a integridade das informações que fluem pela família de aplicações do Facebook. Por outro lado, esta mudança e redução de alcance pode estar a afetar desproporcionalmente as comunidades marginalizadas.

No mês passado, a Salty – uma plataforma online para mulheres, pessoas transexuais e pessoas não-binárias – conduziu um inquérito que constatou que utilizadores LGBTQIA+ frequentemente relatavam que as suas contas tinham sido excluídas, que o seu conteúdo era sinalizado desnecessariamente ou que as suas contas eram desativadas por violar as diretrizes da comunidade sem explicações.

Uma utilizadora, que é uma dançarina de pole australiana, descobriu que os seus próprios níveis de alcance na plataforma estavam a diminuir ao longo de um período de vários meses. Para tentar resolver a situação, decidiu alterar o seu género para “masculino” no Instagram, porque muitas pessoas parecem acreditar que é mais provável o conteúdo ser sinalizado se o género não estiver listado como homem.

Poucos dias depois da mudança, os seus níveis de alcance voltaram ao normal. Outras utilizadoras também relataram que os seus níveis de alcance voltaram à normalidade depois de fazer a alteração.

Embora alguns não tenham notado o efeito, parece que as mulheres sentem que precisam mudar de género online para lidar com possíveis discriminações nestas plataformas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Guardiola iguala recorde de Mourinho na Liga dos Campeões

Pep Guardiola igualou o recorde de presenças nas meias-finais da Liga dos Campeões. O espanhol tem agora as mesmas oito presenças de José Mourinho. Há muito tempo que Pep Guardiola enfrentava dificuldades nos quartos de final …

Responsável pela acusação da Operação Marquês fica fora da lista de promoções do MP

O procurador Rosário Teixeira, responsável pela acusação da Operação Marquês, não figura entre os candidatos da lista de promoções do Ministério Público — e já recorreu da decisão. O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) aprovou …

Investigação a ligações entre PJ e Doyen só ouviu 2 testemunhas antes de ser arquivada

A investigação a alegadas ligações entre um inspetor da PJ e representantes da Doyen, foi arquivada após apenas terem sido ouvidas duas testemunhas. A denúncia sobre estas alegadas ligações chegou da então eurodeputada Ana Gomes. Foi …

Depois de Benfica e Sporting, Beto também interessa ao FC Porto

Depois do interesse de Benfica e Sporting, o FC Porto também está atento a Beto, o avançado do Portimonense que tem dado cartas esta temporada. Se pensava que esta ia ser uma corrida de dois cavalos …

Depois de uma emergência a contragosto, decidem-se as medidas para a 3.ª fase do desconfinamento

Esta quinta-feira, o Conselho de Ministro decide se o desconfinamento avança na próxima segunda-feira. Em causa está o avanço da terceira fase como previsto, a estagnação dos concelhos de maior risco na segunda fase ou …

"O culpado sou eu". Abel Ferreira perde Supertaça sul-americana nos penáltis

O Palmeiras, de Abel Ferreira, falhou na quarta-feira a conquista da Supertaça sul-americana de futebol, ao perder com o Defensa y Justicia no desempate por grandes penalidades (3-4), depois do desaire por 2-1 nos 120 …

Podem ter sido encontradas as pegadas de Neandertal mais antigas da Europa

Há cerca de 100 mil anos, uma grande família de Neandertais caminhou ao longo de uma praia naquilo que hoje é o sul de Espanha. Tal como qualquer criança que se preze, os mais novos …

Biden e Merkel pedem a retirada de militares russos (mas já há navios dos EUA a caminho)

Um dia depois de a Rússia anunciar que estava a realizar "exercícios militares" perto da fronteira ucraniana, a Ucrânia indicou também estar a proceder a manobras militares. Joe Biden e Angela Merkel apelaram esta quarta-feira …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: FC Porto com baliza tão longe...no Irão

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/chelsea-0-1-fc-porto-o-musical Tu, que estás aí desse lado, admite: nunca tinhas ouvido estes acordes: Eu apresento: é o hino oficial da Liga dos Campeões, a competição mais mediática de clubes no futebol. E é nessa competição que continuava …

Sócrates acusa juiz de ir "além do seu poder" e PS de "profunda canalhice"

O ex-primeiro-ministro afirmou que o juiz de instrução "não tem o direito" de o indiciar "de crimes novos" e acusou o "mandante" de Fernando Medina na liderança do PS de "profunda canalhice". Foi a primeira entrevista …