Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

France Diplomatie

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração para encontrar o autor do ataque.

“A polícia recebeu uma ligação dos serviços de resgate às 15h34 de domingo por uma agressão em Speaker’s Corner”, em Hyde Park, explicou a polícia da capital em nota no domingo à noite.

“Os polícias que visitaram o local encontraram uma mulher de 39 anos com um corte pequeno na cabeça”, acrescentou.



Em vídeos partilhados nas redes sociais, uma pessoa vestida de preto aproxima-se de uma mulher com uma camisola que tinha estampado o desenho de uma capa da revista satírica Charlie Hebdo.

Em seguida, a mulher aparece com a cabeça a sangrar, sendo atendida por agentes de uma carrinha policial que se encontrava ali perto, conta o The Guardian.

Segundo a polícia, a mulher atacada em Londres “foi atendida ali mesmo e depois foi levada a um hospital do centro de Londres”. A vítima não corre perigo, segundo o corpo de segurança.

A polícia afirmou que encontrou uma faca perto da cena do crime e fez uma convocação para pedir a colaboração de eventuais testemunhas. Entretanto, pediu que se evitem “especulações sobre o motivo do ataque”.

“Estamos nas primeiras fases da investigação e estamos a trabalhar para encontrarmos o responsável”, insistiu.

O massacre do Charlie Hebdo gerou um intenso debate sobre a liberdade de expressão em França. A revista foi alvo de um ataque a 7 de janeiro de 2015, na sua sede no centro de Paris, depois de publicar caricaturas do profeta Maomé. Os autores do ataque, os irmãos Kouachi, mataram 12 pessoas e depois fugiram.

Em setembro de 2020, a revista reeditou as caricaturas do profeta, que causaram indignação entre a comunidade muçulmana.

Três semanas depois, um paquistanês feriu duas pessoas com uma faca em frente à antiga sede da revista.

Em outubro do mesmo ano, um jovem checheno decapitou um professor de ensino médio que mostrou algumas das caricaturas aos seus alunos numa aula sobre liberdade de expressão.

ZAP // AFP

PARTILHAR

RESPONDER

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …