Mulher recebe quatro certificados de imunidade – e nenhum é válido

O governo da Hungria está a emitir cartões que garantem que determinada pessoa, na teoria, é imune ao coronavírus. Mas nem tudo corre bem.

A vida nas ruas da Hungria é diferente do que se vive em Portugal (e na maioria dos países europeus). Por causa do Europeu 2020 de futebol, que também passa por Budapeste, temos visto mais frequentemente a liberdade com que se circula na Hungria, onde a máscara deixou de ser um utensílio visto.

As medidas são diferentes, as restrições oficiais são menos e recentemente o governo decidiu também emitir um certificado de imunidade, entregue a todas as pessoas que já tenham recebido pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus e às que já recuperaram da Covid-19. Quem possuir um certificado, pode entrar em restaurantes, bares, ginásios, bibliotecas, piscinas…

O processo de emissão dos certificados não tem corrido muito bem porque já surgiram várias queixas dos cidadãos.

E esse documento não ajudou uma mulher que mora na zona residencial de Zugló, na capital Budapeste.

Irén Kiss Béláné contou à televisão ATV Híradó que, quando recebeu o seu certificado, reparou que o número de identificação indicado no documento não é válido, já expirou. Avisou o governo local e, por isso, foi à Câmara Municipal de Budapeste, onde apresentou uma reclamação por escrito, explicando a confusão.

Duas semanas depois, recebeu um novo certificado de imunidade, que tinha o mesmo problema. Mais tarde apareceu em casa o terceiro certificado – novamente com o número errado. Na semana passada, Irén recebeu o quarto certificado de imunidade, igualmente inválido.

Ou seja, esta reformada de Zugló já recebeu quatro certificados de imunidade mas não pode utilizar nenhum.

Irén protestou ainda por outro motivo: foi informada que, para trocar de certificado, teria de pagar. Cerca de 8,5 euros por cada troca.

Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Onda de calor e seca podem agravar crise alimentar na Coreia do Norte

No início do verão, o líder norte-coreano Kim Jong Un descreveu a situação alimentar do país como "tensa", após o encerramento da fronteira causado pela pandemia e cheias devastadoras. No meio da estação, um ciclo …

Juiz negacionista chama "pedófilo" a Ferro Rodrigues. CSM admite novo processo disciplinar

O Presidente da Assembleia da República já reagiu ao vídeo do juiz negacionista em que este lhe chama "pedófilo", tendo alertado o Conselho Superior da Magistratura (CSM), que também já disse que os "novos factos …

Barragem do Pisão fica pronta em 2026 (e "demonstra bem o que pretende ser o PRR")

As obras de construção da barragem do Pisão, no concelho de Crato, distrito de Portalegre, cujo contrato de financiamento foi assinado esta sexta-feira, vão arrancar até 2023 para o empreendimento entrar em "pleno funcionamento" em …

Gonçalves Pereira diz que não é recandidato por "opção exclusiva da direção"

O vereador do CDS-PP na Câmara de Lisboa afirmou, esta sexta-feira, que não é recandidato nas próximas autárquicas por opção exclusiva da atual direção do partido, que foi contra os órgãos distritais e concelhios. "Este ano, …

Fraude de quatro milhões com IVA na alimentação. MP acusa 29 arguidos

Uma rede de empresas responsável por simular transações de produtos alimentares isentas de IVA foi desmantelada pelas autoridades e 29 arguidos foram acusados pelo Ministério Público (MP), devido a um esquema que permitiu obter reembolsos …

Nove anos de prisão para primeiro condenado ao abrigo da lei da segurança nacional em Hong Kong

O primeiro residente de Hong Kong condenado no âmbito da nova lei de segurança nacional foi sentenciado a nove anos de prisão, esta sexta-feira, por terrorismo e incitação à secessão. Os três juízes, escolhidos pela chefe …

Novo Banco e Apollo entregam propostas pelo EuroBic

O Novo Banco e o fundo Apollo apresentaram propostas para as posições de Isabel dos Santos e de Fernando Teles no EuroBic, enquanto o fundo J.C. Flowers e o Abanca estão a negociar com os …

Israel vai administrar terceira dose da vacina em maiores de 60 anos

Israel vai avançar com a inoculação de uma terceira dose da vacina contra a covid-19 em pessoas com mais de 60 anos, anunciou, esta quinta-feira, o primeiro-ministro israelita, numa declaração transmitida na televisão. Confrontado nas últimas …

Autoridades chinesas e Talibãs estreitam laços enquanto EUA deixam o Afeganistão

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, se reuniu na quarta-feira com líderes dos Talibãs na cidade de Tianjin, no norte da China, um sinal do estreitamento dos laços entre Pequim e o grupo …

Feirantes senegaleses queixam-se de "acesso bloqueado" à feira de Barcelos

Feirantes do Senegal queixaram-se esta quinta-feira de serem proibidos de operar na feira semanal de Barcelos e falaram em discriminação racial, mas a câmara contrapôs que é uma questão de cumprimento do regulamento que impede …