E-toupeira. Ministério Público mandou PSP vigiar jornalistas sem o aval de um juiz

Tiago Petinga / Lusa

Sem a devida autorização de um juiz, a procuradora do DIAP mandou a PSP vigiar dois jornalistas suspeitos de violar o segredo de justiça no âmbito do processo e-toupeira.

O Ministério Público mandou a PSP vigiar dois jornalistas no âmbito do processo e-toupeira. Em causa estão suspeitas de violação do segredo de justiça por parte de Carlos Rodrigues Lima, da revista Sábado, e Henrique Machado, ex-Correio da Manhã e atualmente na TVI.

A procuradora do DIAP quis saber, de acordo com o ECO, com quem é que os jornalistas falavam e se encontravam. O pedido da procuradora nem sequer foi validado por um juiz, embora a lei determine que só um tribunal superior pode ordenar a quebra do sigilo dos jornalistas.

Ainda assim, entre abril e junho de 2018, o departamento de vigilâncias da Polícia de Segurança Pública esteve a seguir os movimentos de Carlos Rodrigues Lima. O jornalista foi fotografado em frente ao Departamento Central de Investigação e Ação Penal, onde os agentes registaram um cumprimento circunstancial entre o jornalista e o procurador José Ranito, e no Campus da Justiça, em Lisboa.

Depois das vigilâncias, apenas os dois jornalistas e um inspetor da PJ foram constituídos arguidos no caso e-toupeira.

“No decurso da investigação, todas as diligências foram devidamente ponderadas e efetuadas com respeito pela legalidade e objetividade que devem nortear a atuação do Ministério Público. Quando suscitaram maior melindre, as diligências realizadas foram previamente comunicadas e, inclusivamente, acompanhadas pela hierarquia”, lê-se numa nota divulgada na página do DIAP de Lisboa.

O caso e-toupeira remonta a 2018 e Luís Filipe Vieira é acusado pelo Ministério Público de ter tido conhecimento e autorizado a entrega de benefícios a dois funcionários judiciais, por parte de Paulo Gonçalves, a troco de informações sobre processos em segredo de justiça, envolvendo o Benfica, mas também clubes rivais, explica o ECO.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. A história repete-se… Na década de 1930 foi na Alemanha, Já no início deste século, na Venezuela. De forma insidiosa e encapotada, vai-se tomando conta do poder….

  2. Estamos a assistir a uma Venezuelização do pais. Os amigos do poder podem fazer tudo o que querem impunemente. Responsabilidade politica então nem pensar, basta ver os recentes casos do assassinato de um estrangeiro pelo SEF em que o ministro se escapa olimpicamente e o vergonhoso caso da nomeação do procurador europeu, um dos maiores escandalos em que a ministra anda gozando com a cara de todos. basta juntar Tancos, incêndios, as famiilas do presidente do PS trazidas para o Estado e não estamos muito longe da Venezuela.

  3. Por este caminhar penso que cairia como a cereja sobre o bolo instalar na “catedral” a sede do governo e da justiça, já tantos são os casos e tanta a impunidade que dá para ver como estas instituições se movem à volta daquilo que nunca deveria ter ido para além de um clube de desporto. O senhor Costa parece que vai ter que se explicar perante a UE sobre a nomeação do tal escolhido juiz, mas por cá ninguém vai ter que dar explicações ao país nestes casos por enquanto internos; a “democracia” está a passar por uma situação muito vergonhosa, impensável certamente para muitos de nós.

  4. Isto tudo é uma vergonha. Mudaram a PGR, o presidente do tribunal de contas, aligeiraram as regras do CCP, nomearam um procurador europeu do interesse do governo, vigiam jornalistas, criam esquemas com polícias para recuperar material desaparecido, fazem sorteios de juízes até sair o que se pretende…!!! Em muitas coisas já somos a Venezuela.

RESPONDER

Encontradas fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico

Investigadores encontraram fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico. As evidências sugerem que lavar as nossas roupas está a contribuir para esta contaminação. Há muito tempo que o Ártico provou ser um barómetro da saúde …

Campus universitários nos Estados Unidos podem tornar-se super-propagadores da covid-19

Os campus universitários podem tornar-se super-propagadores do novo coronavírus, que causa a covid-19, para toda a sua área de abrangência, concluiu uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos. Analisando os 30 campus universitários …

A "máscara mais inteligente do mundo" é recarregável, tem microfone e dá luz

A Razer afirma ter criado a máscara mais inteligente do mundo. O Projeto Hazel é um design com um revestimento externo feito de plástico reciclado à prova de água e é transparente para permitir a …

Novo tratamento permite que pessoas com lesões na espinal medula voltem a mexer mãos e braços

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington conseguiu ajudar seis participantes com lesões traumáticas da espinal medual a recuperar alguma mobilidade de mãos e braços. Muitas das pessoas que sofrem lesões traumáticas da espinal medula …

Ventiladores comprados à China custaram 1,3 milhões. Autarquias algarvias vão pedir devolução do dinheiro

Os 30 ventiladores comprados à China seriam usados nos hospitais do Algarve, mas os equipamentos não funcionam. Os autarcas vão agora exigir devolução do dinheiro. De acordo com a edição do jornal Público deste domingo, o …

EUA um passo atrás da China. Pequim leva avanço na Guerra Comercial (e as suas exportações estão em alta)

No ano em que a pandemia se expandiu em todo o mundo, muitos países viram-se em mãos com graves problemas financeiros e económicos. No caso da China, a situação foi mais positiva e o país …

Alexei Navalny detido no regresso à Rússia

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi detido este domingo no aeroporto em Moscovo quando regressava à Rússia. Os serviços prisionais russos (FSIN) detiveram o opositor russo Alexei Navalny, este domingo, à chegada a Moscovo, acusando-o …

Prazo para trocas ou devoluções suspenso durante confinamento

O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem neste período ou nos 10 dias seguintes serão prorrogadas por 30 dias, segundo diploma publicado …

Desde 2001 que polícias negros alertam para racismo de agentes do Capitólio

Com a invasão do Capitólio, investiga-se o alegado racismo existente na Polícia do Capitólio. Desde 2001 que agentes negros denunciam casos de discriminação racial no departamento. Desde 2001, centenas de agentes policiais negros processaram o departamento …

Um megatsunami devastou uma vila na Gronelândia. Três anos depois, há quem não possa voltar a casa

Em junho de 2017, Nuugaatsiaq, na Gronelândia, foi devastada por um megatsunami, cujas ondas foram desencadeadas por um enorme deslizamento de quase 30 quilómetros através do fiorde. Embora as ondas se tivessem dissipado quando chegaram a …