E-toupeira. Ministério Público mandou PSP vigiar jornalistas sem o aval de um juiz

Tiago Petinga / Lusa

Sem a devida autorização de um juiz, a procuradora do DIAP mandou a PSP vigiar dois jornalistas suspeitos de violar o segredo de justiça no âmbito do processo e-toupeira.

O Ministério Público mandou a PSP vigiar dois jornalistas no âmbito do processo e-toupeira. Em causa estão suspeitas de violação do segredo de justiça por parte de Carlos Rodrigues Lima, da revista Sábado, e Henrique Machado, ex-Correio da Manhã e atualmente na TVI.

A procuradora do DIAP quis saber, de acordo com o ECO, com quem é que os jornalistas falavam e se encontravam. O pedido da procuradora nem sequer foi validado por um juiz, embora a lei determine que só um tribunal superior pode ordenar a quebra do sigilo dos jornalistas.

Ainda assim, entre abril e junho de 2018, o departamento de vigilâncias da Polícia de Segurança Pública esteve a seguir os movimentos de Carlos Rodrigues Lima. O jornalista foi fotografado em frente ao Departamento Central de Investigação e Ação Penal, onde os agentes registaram um cumprimento circunstancial entre o jornalista e o procurador José Ranito, e no Campus da Justiça, em Lisboa.

Depois das vigilâncias, apenas os dois jornalistas e um inspetor da PJ foram constituídos arguidos no caso e-toupeira.

“No decurso da investigação, todas as diligências foram devidamente ponderadas e efetuadas com respeito pela legalidade e objetividade que devem nortear a atuação do Ministério Público. Quando suscitaram maior melindre, as diligências realizadas foram previamente comunicadas e, inclusivamente, acompanhadas pela hierarquia”, lê-se numa nota divulgada na página do DIAP de Lisboa.

O caso e-toupeira remonta a 2018 e Luís Filipe Vieira é acusado pelo Ministério Público de ter tido conhecimento e autorizado a entrega de benefícios a dois funcionários judiciais, por parte de Paulo Gonçalves, a troco de informações sobre processos em segredo de justiça, envolvendo o Benfica, mas também clubes rivais, explica o ECO.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. A história repete-se… Na década de 1930 foi na Alemanha, Já no início deste século, na Venezuela. De forma insidiosa e encapotada, vai-se tomando conta do poder….

  2. Estamos a assistir a uma Venezuelização do pais. Os amigos do poder podem fazer tudo o que querem impunemente. Responsabilidade politica então nem pensar, basta ver os recentes casos do assassinato de um estrangeiro pelo SEF em que o ministro se escapa olimpicamente e o vergonhoso caso da nomeação do procurador europeu, um dos maiores escandalos em que a ministra anda gozando com a cara de todos. basta juntar Tancos, incêndios, as famiilas do presidente do PS trazidas para o Estado e não estamos muito longe da Venezuela.

  3. Por este caminhar penso que cairia como a cereja sobre o bolo instalar na “catedral” a sede do governo e da justiça, já tantos são os casos e tanta a impunidade que dá para ver como estas instituições se movem à volta daquilo que nunca deveria ter ido para além de um clube de desporto. O senhor Costa parece que vai ter que se explicar perante a UE sobre a nomeação do tal escolhido juiz, mas por cá ninguém vai ter que dar explicações ao país nestes casos por enquanto internos; a “democracia” está a passar por uma situação muito vergonhosa, impensável certamente para muitos de nós.

  4. Isto tudo é uma vergonha. Mudaram a PGR, o presidente do tribunal de contas, aligeiraram as regras do CCP, nomearam um procurador europeu do interesse do governo, vigiam jornalistas, criam esquemas com polícias para recuperar material desaparecido, fazem sorteios de juízes até sair o que se pretende…!!! Em muitas coisas já somos a Venezuela.

RESPONDER

Herdeiro do império Samsung condenado a dois anos e meio de prisão

Um tribunal em Seul condenou o herdeiro do império Samsung a dois anos e meio de prisão no novo julgamento pela participação no esquema de corrupção da ex-Presidente sul-coreana. O Tribunal Superior de Seul decidiu impor …

Portugal regista 6.702 casos e 167 mortes, novo máximo de óbitos

Portugal contabilizou esta segunda-feira 167 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas relacionados com a covid-19, e 6.702 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico …

Com críticas a Marcelo e provocações a Ventura, Mayan foi correr por "um Portugal mais liberal"

O candidato presidencial Tiago Mayan Gonçalves, acompanhado pelo presidente da Iniciativa Liberal (IL), fez este domingo uma corrida, em Lisboa, que considerou ser mais um treino para Belém e para um “Portugal mais liberal”. O ponto …

João Ferreira começou o dia a falar de habitação. E acabou a distribuir exemplares da Constituição aos mais jovens

O candidato presidencial apoiado pelo PCP defendeu, este domingo, que o Presidente da República deve usar de todos os seus poderes para tentar que seja criada uma nova lei da habitação, tema que considera ser "um …

Louçã rouba o protagonismo a Marisa Matias e tenta "desviar" votos socialistas

Marisa Matias acusou as autoridades e os poderes públicos em Portugal de terem falhado na preparação da nova vaga da pandemia. No entanto, foi Francisco Louçã quem roubou o protagonismo. O oitavo dia de campanha de …

Despachos do Governo regularizaram provisoriamente mais de 356 mil imigrantes

Mais de 356 mil imigrantes com processos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ficaram regularizados de forma provisória em 2020, ao abrigo de dois despachos publicados na sequência do estado de calamidade devido …

Ex-diretor do FBI compara Donald Trump a "chefe da máfia"

James Comey, antigo diretor do FBI, disse que os Estados Unidos enfrentam "dias perigosos" perante a saída do atual Presidente, Donald Trump. O ex-diretor do FBI James Comey disse, este domingo, que os Estados Unidos enfrentam …

UE pede libertação imediata de Navalny. Opositor impedido de contactar defesa

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, considerou no domingo "inaceitável" a detenção do opositor Alexei Navalny pelos serviços prisionais russos (FSIN) à sua chegada a Moscovo, apelando às autoridades daquele país para o libertarem …

Há três portugueses na corrida ao prémio de Melhor Autarca do Mundo

Os presidentes das Câmaras de Lisboa, de Cascais e de Braga integram a lista de 81 nomeados ao prémio de Melhor Autarca do Mundo. Fernando Medina, Carlos Carreiras e Ricardo Rio correm contra os autarcas …

"É um triunfo da vida contra os negacionistas". Brasil inicia vacinação e fala-se em impeachment de Bolsonaro

O Brasil, um dos países mais afetados pela pandemia de covid-19, aplicou este domingo a primeira dose da vacina contra a doença, em São Paulo, após a aprovação de duas vacinas pela entidade reguladora brasileira. A …