Ministério Público já recebeu 21 processos sobre construções em Pedrógão

António Cotrim / Lusa

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR-C) disse que já foram remetidos ao Ministério Público 21 processos no âmbito de alegadas irregularidades na reconstrução de habitações após os incêndios de Pedrógão Grande.

“Foram entregues ao Ministério Público (MP) todos os processos que na reportagem da Visão e da TVI lançavam suspeitas (…), bem como todos os processos do (fundo) Revita” para que, “de uma vez por todas, deixe de haver esta suspeição“, declarou à Lusa Ana Abrunhosa, à margem da escola de verão da Comissão Europeia (Summer CEmp), que decorre até sexta-feira em Marvão.

Em causa está um inquérito aberto em Julho pelo MP para investigar alegadas irregularidades na reconstrução de casas afetadas pelos incêndios de Pedrógão Grande, em Junho de 2017, denunciadas por aqueles dois órgãos de comunicação.

“Estamos a falar de 21 processos”, reiterou, clarificando que a CCDR-C “não tem dúvidas” sobre os processos no que diz respeito aos procedimentos formais, embora tenha considerado necessário remetê-los face às suspeitas levantadas, competindo agora ao MP investigar “se alguma coisa correu mal e onde correu mal”.

A responsável da CCDR-C estranhou, por outro lado, o facto de as denúncias terem surgido apenas quase um ano depois dos incêndios. “Acho tudo isto surrealista”, frisou, acrescentando que durante as visitas à zona afetada de membros do Governo, líderes da oposição e do Presidente da República nunca foram feitas denúncias, apesar de não ter havido “falta de oportunidade” de as fazer atempadamente.

Acho muito estranho que pessoas com responsabilidades políticas, eleitos locais, venham dizer que já sabiam”, afirmou, garantindo que a CCDR-C também nunca recebeu queixas.

Ana Abrunhosa lamentou que estas situações possam vir a prejudicar quem realmente precisa de ajuda: “isto é mais grave porque coloca em causa a generosidade dos portugueses, que é absolutamente essencial, porque ainda há muita gente a precisar. Quem sai prejudicado não são as câmaras, não é a CCDR, não é o Governo, são os portugueses que precisam de ajuda“.

O incêndio, que deflagrou em Junho de 2017 em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, e que alastrou a concelhos vizinhos, provocou 66 mortos e mais de 250 feridos, sete dos quais graves, e destruiu meio milhar de casas, 261 das quais habitações permanentes, e 50 empresas.

Criado pelo Governo para apoiar as populações e a revitalização das áreas afectadas pelos incêndios, o fundo Revita recebeu o contributo de 61 entidades, com donativos em dinheiro, em bens e em prestação de serviços. Os donativos em dinheiro rondam os 4,4 milhões de euros, a que se juntam 2,5 milhões de euros disponibilizados pelo Ministério da Solidariedade e da Segurança Social, apurou o relatório do Fundo Revita.

De acordo com os últimos dados do Fundo Revita, estão já concluídos os trabalhos de reconstrução de 160 das 261 casas de primeira habitação afetadas pelos incêndios de Junho de 2017, pelo que se encontram ainda em obras 101 habitações.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Dois satélites "reformados" podem estar prestes a colidir na órbita da Terra

Dois satélites desativados passarão muito próximos um do outro em 29 de janeiro e, de acordo com a empresa de rastreamento de satélites LeoLabs Inc, há uma probabilidade de 1 em 100 de colidirem. Embora a …

FC Porto 2-1 Gil Vicente | “Dragão” afasta crise com reviravolta

O FC Porto voltou a sorrir. Após dois desaires – ambos diante do Braga – nos últimos três jogos, os “azuis-e-brancos” regressaram aos triunfos e derrotaram o Gil Vicente por 2-1 esta terça-feira, num embate …

Aeroporto de Southampton tem uma equipa canina para acalmar os passageiros

O Aeroporto de Southampton, no Reino Unido, tem uma equipa canina para acalmar os nervos dos passageiros que não gostam muito de andar de avião. Se alguma vez aterrar em Southampton, no Reino Unido, não se admire …

"Padres-robôs" dão bênçãos, fazem casamentos e até funerais

A Inteligência Artificial está a pavimentar o seu caminho em várias religiões espalhadas pelo mundo. "Padres-robôs" são capazes de dar bênçãos, fazer casamentos e até funerais. Há um novo padre em Kodaiji, um templo budista com …

Livro sugeria que o 11 de setembro tinha sido "orquestrado pela CIA". Editora obrigada a corrigir

A editora francesa Ellipses Publications teve que corrigir um livro de História no qual era sugerido que os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos (EUA), foram "orquestrados pela CIA". Segundo noticiou …

Paulo Coelho vai destruir rascunho de livro infantil escrito com Kobe Bryant

O escritor brasileiro Paulo Coelho anunciou hoje que pretende apagar o rascunho de um livro infantil que se encontrava a escrever em conjunto com o antigo basquetebolista norte-americano Kobe Bryant, que morreu no domingo num …

Encontrado famoso navio que desapareceu misteriosamente no Triângulo das Bermudas há 95 anos

Os destroços de um navio que desapareceu misteriosamente no Triângulo das Bermudas há 95 anos foram descobertos na costa da Florida, nos Estados Unidos. O SS Cotopaxi - um navio mercante norte-americano - deixou Charleston, na …

Ana Gomes diz que diretiva europeia sobre branqueamento de capitais é aplicável a Rui Pinto

A ex-eurodeputada socialista Ana Gomes disse hoje em Lisboa que pode aplicar-se ao ‘hacker’ Rui Pinto a diretiva europeia sobre branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo, sem esperar pela transposição de legislação sobre o …

"Há grandes chances de Jesus sair em maio para o FC Porto", diz Carlos Alberto

Carlos Alberto, atual comentador desportivo e antigo jogador do FC Porto, acredita que os 'dragões' vão avançar para a contratação de Jorge Jesus, em maio. Recentemente, a ideia de Jorge Jesus no FC Porto tem ganho …

Raras lesmas cor-de-rosa fluorescente sobreviveram aos incêndios na Austrália

Uma rara espécie de lesma cor-de-rosa fluorescente (Triboniophorus aff. graeffei) conseguiu sobreviver aos incêndios que assolaram a Austrália no início de janeiro e que deixaram milhões de animais mortos e outros tantos sem abrigo. Tratam-se …