Ministério Público abre inquérito a morte de recém-nascido transferido do Algarve

O Ministério Público determinou hoje a abertura de um inquérito às circunstâncias da morte do recém-nascido da grávida que foi transferida do Algarve para o hospital Amadora-Sintra.

“O Ministério Público da comarca de Lisboa Oeste determinou a abertura de inquérito”, respondeu à agência Lusa a Procuradoria-geral da República (PGR).

Uma grávida com 32 semanas de gestação foi transferida em 2 de agosto do Hospital de Faro para o Amadora-Sintra, porque a unidade de neonatologia algarvia se encontrava lotada. Já no hospital Amadora-Sintra, acabou por dar à luz, tendo o seu bebé morrido minutos depois de nascer.

Entretanto, as duas unidades de saúde já decidiram avançar com a abertura de inquéritos.

“O Conselho de Administração do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca decidiu abrir um inquérito interno para averiguar os factos relativos a este caso que culminou com a morte do recém-nascido”, refere a administração do hospital Amadora-Sintra, numa resposta enviada à agência Lusa.

O Hospital já tinha dito que, após uma “averiguação sumária”, se concluiu que a grávida foi “prontamente assistida”, tendo-lhe sido “dispensados todos os cuidados de saúde necessários, segundo as boas práticas clínicas”.

Entretanto, fonte oficial do Ministério da Saúde disse à agência Lusa que continua a “acompanhar a situação junto dos hospitais, aguardando os resultados das diligências de averiguação em curso”.

Numa declaração enviada à Lusa, o conselho de administração do Centro Hospitalar do Algarve indicou que “irá abrir um processo de inquérito”, cujas conclusões eram enviadas depois para as “entidades competentes”.

O Correio da Manhã noticiou hoje a morte do bebé, referindo que a grávida foi transferida do hospital de Faro por insuficiência de meios face à sua condição clínica.

Fontes ligadas ao caso confirmaram ainda à agência Lusa que a grávida apresentava um quadro de pré-eclâmpsia, que se traduz em hipertensão na gravidez, e de descolamento da placenta.

Bastonário exige investigação

Em declarações à agência Lusa, o bastonário Miguel Guimarães disse desconhecer em pormenor o caso da grávida transferida de Faro para o Amadora-Sintra, mas lembra que a transferência constante de grávidas entre instituições pode “comportar risco”.

“As autoridades competentes têm de fazer uma investigação, a situação deve ser investigada totalmente pelas instituições com capacidade inspetiva e provavelmente pelo Ministério Público”, afirmou Miguel Guimarães.

O bastonário entende que, caso a transferência da grávida se tenha ficado a dever a falta de meios no Algarve para fazer o parto, “o Ministério da Saúde terá responsabilidade sobre isso”.

O bastonário sublinha que a insuficiência de meios humanos nas maternidades do sul do país, incluindo a região de Lisboa, foi “várias vezes denunciada” pela Ordem e entende que a constante “circulação de grávidas por falta de condições adequadas” dos serviços pode trazer riscos e ter “consequências indesejadas”.

Miguel Guimarães frisa que desconhece ainda as causas que levaram à transferência da grávida de Faro para Lisboa e recorda que o desfecho do caso, o falecimento do recém-nascido, poderia ter sucedido igualmente no Algarve.

O bastonário lamentou ainda a morte do bebé e manifestou solidariedade para com os pais e família. Para Miguel Guimarães, as “autoridades competentes” têm de fazer uma investigação cabal do caso.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mayan defende que "a general Marta Temido, o general Cabrita, a general Van Dunem" já não deviam estar em funções

Entre críticas a Marcelo Rebelo de Sousa e ao Governo, ou a defesa de um liberalismo que considera uma oposição “moderada e humanista” a um “socialismo” , tem sido assim que Tiago Mayan Gonçalves se …

"Pobreza, precariedade e baixos salários têm rosto feminino", diz João Ferreira

Durante uma sessão sobre os direitos das mulheres, o candidato do PCP às Presidências, João Ferreira, afirmou que "a pobreza, a precariedade e os baixos salários têm rosto feminino". Durante o encontro no Museu da Chapelaria …

Portugal na lista de países com quarentena obrigatória na chegada à Suíça

A Suíça vai impor, a partir de fevereiro, uma quarentena obrigatória aos viajantes que regressem de Portugal, que passa a integrar a lista juntamente com mais dez países e cinco regiões de países vizinhos. Segundo a …

Igreja Católica suspende missas a partir deste sábado

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) determinou, esta quinta-feira, a suspensão das missas em todas as igrejas a partir de sábado. Em comunicado, citado pelo jornal online Observador, a Conferência Episcopal Portuguesa determinou a suspensão da celebração …

Cordeiro e Cravinho juntam-se a Ana Gomes. Candidata diz que voto em Marcelo "não é digno do PS de Mário Soares"

Esta quarta-feira, Duarte Cordeiro manifestou o seu apoio a Ana Gomes, que lembra ser a única candidata do seu partido. Da mesma forma, João Cravinho saudou a "nossa candidata à Presidência". "A Ana é do meu …

PSP suspende gozo de férias. Agentes pré-reforma podem ser mobilizados para fiscalizar confinamento

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) suspendeu o gozo de férias na instituição, num momento em que Portugal cumpre um novo confinamento geral para travar a subida de casos, internamentos e mortes …

Manuel Alegre diz que "Geringonça" ficou aquém das expectativas e critica "meias medidas" no combate à pandemia

O dirigente histórico do PS Manuel Alegre considera que a solução política de esquerda, a Geringonça, ficou aquém das expectativas, resumindo-se a uma mercearia à volta do OE, e critica as "meias medidas" no combate …

FIFA "veta" Superliga europeia e ameaça excluir clubes e jogadores de torneios

Em comunicado, a FIFA avisou que na eventualidade da criação de uma Superliga europeia, o organismo que tutela o futebol a nível mundial não reconheceria a competição. Além disso, haverá represálias para os clubes que …

TAP inicia processo para reduzir custos com pessoal. Parlamento chumbou auditoria à gestão privada

A administração da TAP deu início, na quarta-feira, ao processo de alterações aos acordos de empresa (AE) em vigor, com o objetivo de reduzir os custos com pessoal. O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da …

Há profissionais do SNS a ter que devolver o prémio de desempenho da covid-19

Há profissionais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) que estão a ser obrigados a devolver o prémio de desempenho atribuído pelos serviços prestados durante o primeiro estado de emergência. A situação é reconhecida, por exemplo, pelo …