Motoristas pedem “perdão” aos portugueses, mas a greve de agosto é mesmo para avançar

Tiago Petinga / Lusa

Os sindicatos dos motoristas desafiaram esta segunda-feira a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) para um debate televisivo sobre o processo negocial em curso e pediram desculpas aos portugueses pela greve prevista para agosto.

“Não desejamos a greve por variadíssimas razões, a principal é a perfeita consciência do impacto e do transtorno que vai causar aos portugueses e à economia do país. Desde já pedimos perdão aos portugueses por eventuais transtornos no seu quotidiano, não temos dúvidas que compreenderão a nossa luta”, avançaram os sindicatos dos motoristas de mercadorias e de matérias perigosas, numa carta aberta à ANTRAM, a que a agência Lusa teve esta segunda-feira acesso.

A carta aberta é assinada por Jorge Cordeiro, do Sindicato Independente de Motoristas de Mercadorias (SIMM), e por Francisco São Bento, do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP).

No sábado, o 1.º Congresso Nacional dos Motoristas, que decorreu em Santarém, com cerca de três centenas de motoristas, aprovou, por unanimidade, entregar no dia 15 um pré-aviso de greve a partir de 12 de agosto, por tempo indeterminado, até entrar em vigor o novo Contrato Coletivo de Trabalho (CCT) para o setor, que prevê um aumento do salário base de 100 euros nos próximos três anos.

O novo CCT vai ser levado à reunião de dia 15 para continuar as negociações com a ANTRAM, a federação filiada da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP), Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), mediada pelo Ministério do Trabalho. Para a mesma reunião, os dois sindicatos vão levar um pré-aviso de greve, ameaçando paralisar a partir de dia 12 de agosto, por tempo indeterminado, enquanto não entrar em vigor o novo CCT.

Na carta aberta à ANTRAM, os motoristas contestaram a “tentativa de manipulação da opinião pública” em relação ao objetivo dos sindicatos SIMM e SNMMP, indicando que “os homens que dirigem estes sindicatos são eles próprios motoristas de mercadorias e de matérias perigosas”.

“Andamos há 22 anos a servir a economia e o país com elevado sentido de responsabilidade e verdadeiro espírito de missão, sabemos que os portugueses nos vão perdoar por ao fim de 22 anos pensarmos um pouquinho em nós e nas nossas famílias, afinal de contas também somos homens e mulheres, pais, mães, filhos”, afirmaram os sindicatos dos motoristas, endereçando um pedido de desculpas aos portugueses pelo impacto da greve prevista.

Motoristas desafiam ATRAM para debate televisivo

Cansados de “joguinhos de diplomacia”, em que se simula “abertura e interesse em melhorar o setor para que no fim tudo fique na mesma”, os motoristas alertam para a “precariedade das suas condições laborais e sociais”. Neste âmbito, o SIMM e o SNMMP desafiam a ANTRAM, bem como os demais intervenientes no setor, para “um debate televisivo sobre toda a situação”, segundo a carta aberta.

“Vamos falar do processo negocial em curso, dos protocolos e acordos de compromisso celebrados, das várias propostas já apresentadas”, referem os sindicatos dos motoristas, acrescentando como tema de debate “o que se tem passado no setor nos últimos 22 anos e que levou os motoristas a assumirem agora estas tomadas de posição”.

Afirmando aguardar “tranquilos” a resposta da ANTRAM ao desafio lançado, os motoristas apontaram “uma certeza: aquele que o recusar tem alguma coisa a esconder”.

A proposta para o novo CCT prevê um aumento do salário base de 100 euros nos próximos três anos (1.400 euros brutos para 2020, 1.600 para 2021 e 1.800 para 2022), indexado ao aumento do salário mínimo, melhoria das condições de trabalho e pagamento das horas extraordinárias a partir das oito horas de trabalho, entre outras medidas.

Criado no final de 2018, o SNMMP tornou-se conhecido com a greve iniciada no dia 15 de abril, que levou o Governo a decretar uma requisição civil e, posteriormente, a convidar as partes a sentarem-se à mesa de negociações. A elevada adesão à greve de três dias surpreendeu todos, incluindo o próprio sindicato, e deixou sem combustível grande parte dos postos de abastecimento do país.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

39 COMENTÁRIOS

  1. Quais desculpas quais quê…
    Querem ganhar balurdios para andar de cu tremido?
    Como se conduzir a porcaria de um camião fosse assim tão exigente tecnicamente…
    Por amor de deus pá, resignem-se e deixem os portugueses em paz!

    • Totalmente de acordo! Não cumpre o acordo estipulado, rompem processo negocial, querem ser mais que os outros, tenham juízo! Tenho muitas dúvidas que os portugueses estejam com estes senhores quando já se percebeu o abuso por detrás de todo este processo.

      • Não estou com eles, porque sou prejudicado, mas, pensar que é simples andar a conduzir um camião de cu tremido, só mesmo de um(a) animal sem sem cérebro! Tudo porque fica se gasolina para ir ás compras…..

        • Eu raramente ando de carro, por isso nem me afeta!
          Mas posso dizer-te que tenho um PPA tirado na antiga G-air e atual L3 e é um milhão de vezes bem mais exigente que a habilitação para conduzir camião!
          Caso não saibas um PPA é a habilitação de piloto privado de avião!
          Parece que afinal o animal sem cerebro és tu… tinhas de comer muita papinha!

          • PPA ou PPR deve ser mais menos o mesmo, não é? Piloto provado de recreio?
            Acho é que cada profissão tem os seus problemas, e estarmos a denegrir as profissões de outros porque se acham superiores, é de animal sem cerebro mesmo. Mas não folgo em saber que não anda de carro. Polui infinitamente mais a andar no seu avião com o seu “brevet”, caso não saiba!! Só demonstra mesmo o que é!!

      • De cu tremido só se for de avião… e nem sequer estou em Portugal a morar, por isso não me afeta!
        O que me afeta é ver o uso que estes animais fazem do poder de deixar um pais descalço e com isso prejudicar milhares de pessoas.
        No inicio até compreendia as sua reinvidicações, mas depois começamos todos a perceber que a esperteza abunda por aqueles lados!

    • Acabem com os sindicatos, não estão contentes mudem de emprego! Se não houvesse sindicato, faziam greve só 1 vez, a seguir iam fazer greve para casa. Quem está mal muda-se, não prejudica os outros para ter o que quer. Ridículo chantegear um país por causa das leis retrógradas que tem com os sindicatos, mudem as leis!

  2. Só peço que que os mais afectados sejam familiares dos Srs motoristas e advogados, que precisem de ir por exemplo a um hospital e não consigam ir ( fiquem no caminho para o cemitério)

    Desculpas e perdões esfarrapados

  3. Ó menina Isabel, não sou motorista, mas estes homensou mulheres têm razão, sabe para voçê é andar de cú tremido, mas é trabalho nada facil sempre sentados, sozinhos etc, claro para você que só pensa no seu umbigo, é o cinismo dos portugueses,(maioria).

  4. Todos os portugueses deviam passar um mês como motorista de pesados para saber o que é esta vida. Sempre sós e mal alimentados, noites mal dormidas, etc… Deixem de olhar para o vosso umbigo e experimentem entrar na pele dos outros.

  5. Cada um escolhe a profissão que quer!!! E quando vai para essa profissão, já sabe os prós e contras da mesma! Como todas as profissões, tem coisas boas e coisas más! Quem não gosta de andar só, nem mal dormido, pode ir para motorista de transporte de passageiros!
    Não sou contra as greves! Mas sou contra as greves que provocam um elevado número de incómodos e prejuízos a uma grande parte da população! Felizmente são poucas as profissões que podem fazer greve, porque há um erro de base que me revolta sobremaneira: o êxito duma greve não é medido pelos resultados alcançados!! O êxito duma greve é apenas medido pelo número de adesões e pelo volume de prejuízos e de incómodos que provoca!!!
    Qualquer profissão que não tenha força para incomodar muito o cidadão, não tem hipótese de fazer greve! Tem apenas de negociar com o empregador, ou… mudar de emprego ou… mudar de profissão!!!
    E estes motoristas que agora querem paralisar o país, usando e abusando do poder que a profissão lhes permite, são provavelmente os mesmos que mais reclamam se vêem uma sua cirurgia adiada por causa duma greve de enfermeiros ou de médicos, apenas para dar um exemplo!
    Como já disse acima, nada tenho contra as greves! Mas as greves foram “inventadas” para serem usadas como arma contra os empregadores! Não contra a população! Sejam criativos e “inventem” maneiras de pressionar o vosso patronato… sem chatear quem não tem nada com isso!!!

    • Greves de direita!!!! Grevistas de direita!!!!! esta é a definição deste tipo de greve que prejudica a população e não os empregadores!!!! Eu bem sabia que o Otelo tinha razão…..lol

  6. Sempre me ensinaram que as desculpas não se pedem: evitam-se!!

    Ainda assim se enfermeiros, médicos, professores, maquinistas e outros motoristas podem fazer greve, já para não falar nos órgãos de soberania (juízes e magistrados do MP), o que torna estes srs. diferentes que os impeça de fazer greve?

    Claro que não concordo com a dita, nem com a chantagem. Mas a Lei é uma só e igual para todos.

    Em suma: deixem-se de cinismos. Não peçam desculpa por exercerem um direito, mas que bem sabem só ter efeito se prejudicar as pessoas nas respectivas vidas. Ao Governo compete ajudar a resolver o problema. Seja através da requisição civil e decreto de serviços mínimos, seja por incentivar as partes ao diálogo. Aos jornalistas impõe-se que não criem alarmismo nas populações apenas a troco de audiências. Porque, sejamos também francos. Em Abril o efeito da greve foi largamente ampliado pela histeria colectiva que se gerou por causa de alguns títulos alarmistas, desonestos e oportunistas!!

  7. Coitados dos motoristas, que são capazes de pensar por els próprios e tem um vigarista que nao e motorista, o que viola os seus próprios estatutos, a os representar!!!

    Isto so demonstra que está greve apenas tem objectivos pessoais, sim pessoais do vigaro que os representa, e so investigar e logo se verá o calibre da pessoa em questão.

    Os pobres coitados dos motoristas depois choram-se de que os brasileiros lhes estão a roubar a profissão.

    Usem a vossa própria cabeça e sejam homens!!!

  8. Isto é apenas aquilo que já todos sabiam que ia acontecer. O PS, uma vez mais, quis arranjar uma solução qualquer em cima do joelho, como é hábito, para acabar com a greve dos transportadores das matérias perigosas. O que se alcançou era irrealista.
    Sou bom conhecedor do setor e na altura sabia perfeitamente que o problema apenas tinha sido adiado uns tempos.
    Conheço os dois pontos de vista e sinto que no final, se melhorias houver para os motoristas, serão os portugueses a pagar essas melhorias no preço dos combustíveis. Não há volta a dar.
    Podem fazer greve à vontade em agosto porque vou estar fora do país e só regresso em setembro… se houver combustível.

      • Vai mas é de férias para ver se ganhas maior clarividência. Estás a precisar. E se nada sabes do setor abstém-te de comentar. Lido com este setor há mais de 20 anos.

    • Claro lol
      A culpa agora é do PS(Governo), que apenas mediou as conversações…
      Caso não saibas não foi o governo que arranjou solução, apenas mediou as negociações!
      É com cada anormal…

      • Por isso mesmo. Quis solucionar o problema depressa ainda que mal. Para mostrar resultado. Vá a Aveiro e vai ver a opinião que as pessoas têm da criatura do governo que mediou as negociações.
        Foi um processo na linha do que tem feito em tudo (saúde, justiça, educação, serviços públicos com atendimento ao público, finanças com as célebres operações stop que só na quinta vez é que vieram dizer que não tinham conhecimento; o caso Tancos em que o ministro já é arguido faltando apenas sê-lo o primeiro-ministro,…) É caso para dizer: tira as palas dos olhos cara Ana que continuarás a ser burrinha na mesma.

        • Faladraste? Vozes de burro não chegam ao céu, é o que vale!
          É com cada animal que aqui vomita a sua verborreia que até dá dó!
          Adoro este pessoal que acha que um partido politico é um clube de futebol, e atacam os “clubes” rivais só porque sim. Enfim tenho pena mas não há solução, a inteligência não é mesmo algo que abunde por essas bandas!

  9. Pedido de desculpas ????……….. é a cereja em cima do bolo !
    Todas as profissões querem melhores salários…normal !…… mas chegamos, a em vez de greves, assistimos cada vez mais a processos de chantagem, em que só os restantes cidadãos portugueses sofrem com estes abusos !…………… Não perdoou !!!!!!!!

    • Os juizes tb querem melhores salários para deixar estupradores e violentadores de mulheres em liberdade! Mas vá se perdoarem eu PERDOO!!

      • Que eu saiba os Juízes não pediram, por tais criticáveis sanções, perdão a Sociedade…….por mim não precisam de o pedir, porque repugno (nesses casos) tais julgamentos incompreensíveis !..portanto dei a minha opinião sobre o tema acima tratado, nada mais !

  10. Eu já fui motorista com o curso para transporte de matérias perigosas e na minha altura era ordenado base e o resto por fora, sem descontos nem benefícios numa baixa médica ou num subsídio de desemprego por receber mais, acho bem que os motoristas lutem por condições salariais melhores, receber o ordenado todo na folha e com descontos reais, no entanto não aceito que, estanto ambas as partes em negociações até ao final do ano e depois de terem assinado um pre-acordo com paz social até dia 31-12-2019, venham agora fazer greve só porque sim.
    Por isso Srs Motoristas de materias perigosas, não só não desculpo como repúdio e fico triste por agirem desta maneira. É triste!

  11. O que vale é que brevemente teremos estes transportes realizados por veículos autónomos sem condutor humano a bordo e tudo será mais célere e eficaz, sem delongas

  12. E mais um ponto para ajudar à massificação dos veículos eléctricos. Pois, assim não ficaremos tão dependentes de certas acções de campanha e chantagem política ligada ao negócio dos combustíveis

  13. As Greves são um direito da Democracia, do-ia a quem doer, eu gostaria também de ver os Deputados; Os Padres; os Mexias da EDP e tantos outros, como os Reformados a 200€ por mês, a fazer GREVE.

  14. “Carros elétricos” não poluem não…se soubessem a poluição que faz a construção ou recondicionamento de células de Lítio não diziam asneiras. A única tecnologia verde viável para massificação automóvel é o “fuel cell” de hidrogênio.
    Toda a gente “condena” agora os carros a diesel… estupidamente esquecendo que os supercargueiros da MAERSK poluem mais do que todos os carros à face da terra…mas não oiço falar em impedir que entrem nos portos. Curioso como podemos ser parciais…por comodismo ou estupidez.
    Para além de faltar em Portugal, empresários que invistam no capital humano das suas empresas, e não no seu BMW ou numa nova Casa de Férias, falta aos portugueses sentido de justiça, para perceberem que a democracia se faz lutando, negociando e incomodando. A mim as greves transtornam-me a vida como ao comum dos mortais. Mas não troco o meu sentido de justiça e de democracia por um depósito cheio de gasóleo/gasolina…

    • Só disparates!…
      “se soubessem a poluição que faz a construção ou recondicionamento de células de Lítio”…
      Estamos há espera do teu “mega” conhecimento/informação para sabermos mais sobre o assunto!…

  15. eu acho muito bem tenho o meu pai que é motorista e o meu irmão que é distribuidor dos CTT eu tou de acordo com eta greve a 100% porque o nosso estado só mete mão de obra estrangeira para fazer pressão . o estado lembra-se quem manda no pais é o povo basta o povo parar para tudo acho muito bem força na luta

Responder a Eu Cancelar resposta

O RRS David Attenborough, navio virgem dos reinos polares, já saiu do estaleiro

O navio RRS Sir David Attenborough saiu finalmente do seu estaleiro. O já lendário navio vai agora ser sujeito a alguns testes antes de ser oficialmente entregue ao serviço, em novembro deste ano. A construção do …

Vulcões ativos produzem 30 a 50% da atmosfera de Io

Novas imagens rádio obtidas pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) mostram, pela primeira vez, o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera da lua de Júpiter, Io. Io é a lua mais vulcanicamente ativa do nosso …

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …