Mota Soares autorizou viagem a alto quadro do ministério para visitar a Huawei

Rodrigo Gatinho / portugal.gov.pt

Pedro Mota Soares, ex-Ministro do Emprego, da Solidariedade e da Segurança Social

O ex-ministro da Segurança Social, Mota Soares, admite que aprovou a deslocação à China para visitar a Huawei. “É normal nas empresas e na administração pública a participação em congressos e seminários que possam incorporar conhecimento”.

Pedro Mota Soares, então ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, no Governo de Passos Coelho, autorizou João Mota Lopes, vogal do conselho diretivo do Instituto Informático da Segurança Social, a realizar uma das viagens pagas à Huawei, em 2014.

Um ofício assinado pelo chefe do gabinete do ministro, Gabriel Osório de Barros, dava conta de que, no dia 27 de janeiro de 2014, o responsável pelo ministério tinha autorizado a deslocação daquele alto quadro à China. Mas Mota Soares não tem problema em admitir que autorizou a deslocação, já que considera algo normal.

“É normal que estas visitas se façam”, admitiu. Outra questão que levou o ex-ministro do CDS a aprovar a deslocação paga por terceiros prende-se com a viagem ter sido proposta pelo presidente do conselho diretivo do Instituto de Informática da Segurança Social, Pedro Corte Real: “Para nós era relevante ter autorização do dirigente máximo do serviço, do conselho diretivo”, confirmou ao Observador.

Quando questionado sobre se não deveria ser o Estado a pagar, já que a viagem se justificou por ser de interesse público, o ex-governante reage com naturalidade e relembra a situação económica do país na altura. “Em alguns casos isso aconteceu, mas noutros não. Tem a ver com a prática normal do mercado, e estávamos num quadro de enorme contenção financeira”.

Além disso, relembra Mota Soares, o próprio código de conduta criado em setembro do ano passado pelo Governo de António Costa cria uma exceção para congressos e conferências, que ficam fora da alçada dos 150 euros de ofertas.

No ponto 3, alínea a) do artigo 10º do Código de Conduta do Governo pode ler-se: “[Excetuam-se] convites ou benefícios similares relacionados com a participação em cerimónias oficiais, conferências, congressos, seminários, feiras ou outros eventos análogos, quando correspondam a usos sociais e políticos consolidados, quando exista um interesse público relevante na respetiva presença ou quando os membros do Governo sejam expressamente convidados nessa qualidade, assegurando assim uma função de representação oficial que não possa ser assumida por terceiros”.

Pedro Mota Soares acredita, por isso, que a deslocação de João Mota Lopes à China, numa viagem paga por terceiros, se revelava pertinente. “Na procura da melhoria contínua da qualidade e eficiência dos serviços que o Instituto de Informática disponibiliza aos seus parceiros e clientes, importa conhecer novos produtos, novas tecnologias e tendências”.

Mota Lopes, o contemplado da viagem, confirmou ao Observador que viajou a convite da Huawei, mas garantiu: “Foi uma decisão de todo o conselho diretivo irmos à viagem. E acabei por ir eu, mas podia ir qualquer outra pessoa”. João Mota Lopes tinha o pelouro das tecnologias e sistemas de informação: “Não fui ver a bola. Fui trabalhar. Durante dois dias assisti a conferências, foram powerpoints atrás de powerpoints”.

O antigo dirigente da Segurança Social explicou ainda que “o Instituto de Informática recebe vários convites”: “Alguns declina. Noutros casos, quando há interesse, envia um administrador ou um técnico. Neste caso fui eu”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. um alto quadro! tb deve haver médios e baixos presume-se … e altíssimos, por referir nisso, para os entendidos em Português que por aqui abundam, qual a palavra a usar para os médios … medíssimos? enfim, devem ser a maioria…

RESPONDER

Cientistas reverteram principal sintoma da esquizofrenia em camundongos

Um medicamento que está atualmente a ser desenvolvido para tratar a leucemia reverteu (em camundongos) um sintoma de esquizofrenia anteriormente intratável: o enfraquecimento da memória de trabalho. A memória de trabalho é um processo cerebral fundamental usado …

Para as criaturas marinhas, as doenças infecciosas são a sentinela da mudança

Uma recente investigação analisou as mudanças nas doenças relatadas em espécies submarinas num período de 44 anos. A conclusão não surpreende: a saúde dos oceanos está a piorar a passos largos. A compreensão das tendências oceânicas …

Solidariedade e ambiente. Nos EUA, já é possível doar as suas peças Lego

Nunca somos demasiado velhos para brincar com peças Lego. No entanto, se estiver a ficar sem espaço para as arrumar e estiver à procura de uma forma de garantir que os seus blocos acabam em …

Eis os primeiros smartphones pensados e fabricados em África

https://vimeo.com/365789486 No Ruanda nasceram os primeiros rebentos do grupo Mara, que anunciou o lançamento dos seus dois primeiros smartphones. São os primeiros a serem totalmente fabricados em África. Estes são os dois primeiros smartphones totalmente fabricados em …

Siza Vieira recebe Grande Prémio da Academia de Belas-Artes francesa

O arquitecto Álvaro Siza Vieira recebeu o Grande Prémio de Arquitetura da Académie des Beaux-Arts, pelo conjunto do seu percurso, no valor de 35 mil euros. “É uma grande honra, porque é um prémio importante. É …

Para os jovens refugiados, um telemóvel pode ser tão importante quanto comida ou água

Entre 2015 e 2018, mais de 200.000 jovens não acompanhados reivindicaram asilo na Europa. Muitos deles, agora na União Europeia, têm uma coisa em comum: os seus smartphones. Não são apenas ferramentas para entretenimento nem uma …

Cientistas observaram pela primeira vez porcos a usar ferramentas

Uma equipa de cientistas registou pela primeira vez uma família de javalis das Visayas, num jardim zoológico em Paris, a usar paus para cavar e construir ninhos. Os porcos não gostam só de chafurdar na lama …

Transição verde: o mundo tem muito a aprender com uma pequena cidade na Islândia

Uma pequena cidade no norte da Islândia tornou-se quase neutra em dióxido de carbono (CO2). Uma equipa de cientistas viajou até ao país insular nórdico para descobrir como podemos aprender com esta cidade. Atualmente, as cidades …

Adolfo Mesquita Nunes não será candidato à liderança do CDS

Adolfo Mesquita Nunes anunciou este domingo que não será candidato à liderança do CDS. A garantia foi deixada pelo próprio, na sua página pessoal de Facebook, depois de ter sido desafiado por António Pires de …

Afastado desde a noite eleitoral, Rui Rio volta para lançar suspeitas sobre a RTP

Afastado dos holofotes desde a noite eleitoral e sem dizer se se vai recandidatar à liderança do PSD, Rui Rio recorreu ao Twitter para comentar as suas suspeitas sobre a RTP. O líder social-democrata recorreu às …