Luzes sobre o judaísmo antigo. Mosaicos bíblicos com 1.600 anos encontrados numa sinagoga em Israel

Jim Haberman / UNC-Chapel Hill

Mosaico bíblico retrata história de Elim

Nos últimos nove anos, o Huqoq Excavation Project encontrou mosaicos numa sinagoga do século V. Um deles representa Elim, um oásis que conta a história da fuga dos judeus do Egito.

Uma escavação, conduzida pela professora Jodi Magness, da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, descobriu um mosaico tríptico bíblico de 1.600 anos feito de minúsculos cubos de pedra numa sinagoga do século V, localizada na antiga aldeia de Huqoq, em Israel.

“Descobrimos a primeira representação do episódio de Elim“, disse Magness, citada pelo All That’s Interesting. Numa entrevista, publicada pela própria universidade, Jodi Magness explicou que as escavações sazonais duram já há nove anos.

A cada verão, Magness orienta os seus alunos a encontrar e analisar os restos da sinagoga romana de modo a obter uma imagem mais clara da época e dos habitantes da região.

O mosaico descoberto na sinagoga descreve uma cena do livro do Êxodo. O capítulo 15 e o versículo 27 descrevem Elim, o refúgio no qual os egípcios exilados descansavam após longas viagens exaustivas. “Elim é um oásis onde os israelitas acamparam depois de deixarem o Egito e vaguearem pelo deserto sem água”, explicou Magness.

Este não é o primeiro artefacto descoberto pela equipa. Entre 2012 e 2017, descobriram mosaicos na mesma sinagoga que representavam a Arca de Noé, a divisão do Mar Vermelho e a Torre de Babel.

No ano passado, por exemplo, os investigadores encontraram um mosaico que mostrava dois dos 12 “espiões” enviados por Moisés a Canã, para investigarem as abundâncias que haveria na Terra Prometida. No entanto, os últimos achados giram em torno da história de Elim.

Um dos três painéis mostra trabalhadores agrícolas em tempo de colheitas, enquanto outro representa vários poços e tamareiras. “No lado esquerdo do painel, um homem de túnica curta carrega um pote de água e entra no portão de uma cidade ladeada por torres”, explicou a professora.

O mosaico de Elim contém também inscrições, o que permitiu confirmar que este, em particular, retratava desta história particular. “E chegaram a Elim”, lê-se numa delas.

Outro desenho foi descoberto no corredor da sinagoga. Neste segundo mosaico, há painéis que mostram animais descritos no capítulo 7 do livro de Daniel, onde o profeta representa os quatro reinos que antecederam o fim dos dias, por meio de quatro criaturas.

“O painel de Daniel é interessante porque é, normalmente, considerado um episódio relativamente pequeno e de pouca importância, o que levanta a questão: por que motivo foi significativo para esta congregação judaica da Baixa Galileia?”, questionou Magness.

Um terceiro mosaico, que representa o guerreiro israelita Sansão do Livro dos Juízes, foi também recentemente recuperado neste lugar.

Huqoq é um verdadeiro tesouro de arte antiga. Especialistas acreditam que o conteúdo dos mosaicos encontrados em Huqoq indicam que a vida judaica na área floresceu sob o domínio cristão.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Judeus sempre fugiram dos sítios onde moravam, como é que alguém pode reclamar símbolos templos terras entre outras se: se, será que teve tempo de fazer algo de bom?
    Eu posso reclamar o mundo, será ele meu? Na filosofia Judaica há algo que eles mesmos não conseguiram decifrar nas leituras herdadas, não seria mais virtuoso trabalhar a paz com os vizinhos, respeitando os e amando os como humanos semelhantes.

As ilhas havaianas atingem o jackpot da longevidade (e já se sabe porquê)

As ilhas vulcânicas não duram para sempre, mas há algumas que atingem o jackpot da longevidade. De acordo com uma nova investigação, a explicação prende-se com dois fatores: a velocidade da placa tectónica e o …

Uma inexplicável explosão de ondas gravitacionais atingiu a Terra (e atordoou os astrónomos)

Uma equipa de investigadores detetou uma misteriosa explosão de ondas gravitacionais, cuja natureza deixou os astrónomos totalmente perplexos. O fenómeno foi registado a 14 de janeiro deste ano pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferómetro Laser …

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …