Morte de David Bowie terá sido suicídio assistido

davidbowie.com

David Bowie, o "Camaleão do Rock"

David Bowie, o “Camaleão do Rock”

Oito meses depois da morte do cantor, surgem novos desenvolvimentos sobre as últimas horas de Bowie.

Segundo a amiga de longa data do artista, Lesley-Ann Jones, o músico,  que faleceu a 10 de janeiro, dois dias depois de ter completado 69 anos, pode afinal ter optado pela eutanásia (morte medicamente assistida), depois de uma longa batalha contra o cancro.

A biógrafa e jornalista inglesa que acompanhou David Bowie em várias digressões afirma ter reunido provas suficientes que comprovam a sua teoria.

“Já conversei com várias pessoas que sugeriram que a morte dele terá sido o resultado de suicídio assistido. Acho que jamais será revelado quem o ajudou e como isso foi feito. Tenho a certeza que não envolveu familiares e amigos, para que ficassem protegidos”, revelou Lesley-Ann Jones em entrevista ao Daily Mail.

“Dois singles lançados quase em simultâneo, o maior disco da sua carreira lançado no dia de anos e a sua morte dois dias depois, acho que nada disto é coincidência”, acrescentou, sublinhando que “David sempre controlou tudo à sua volta ao longo da carreira por isso não é improvável que o tenha feito também em relação à forma como queria morrer”.

Recorde-se que depois do lançamento do último disco de Bowie, “Blackstar”, cuja temática andava muito em torno da morte, alguns críticos escreveram que não se tratava de uma mera coincidência, sugerindo que o músico tinha planeado tudo ao mais ínfimo pormenor.

Também o produtor Simon Napier-Bell acredita que tudo foi orquestrado pelo cantor sabendo que se encontrava em fase terminal. O produtor defende ainda que as últimas fotografias de David Bowie, onde aparece sorridente, de chapéu e com um elegante fato preto, foram “um ato deliberado”: “Ele queria ser recordado assim: feliz e otimista!”

Estas teorias ganham força perante as afirmações do produtor Tony Visconti, que trabalhou com o músico no seu último trabalho e era presença assídua na casa da família de Bowie, logo após a morte do cantor: “Ele sempre fez o que quis. E quis fazer isto desta forma, da melhor forma. A sua morte não foi diferente da sua vida, uma obra de arte”.

Move

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. e se for verdade? que importa isso? da maneira como estava, era uma questão de dias ou semanas. se houvesse esperança ele teria lutado. sabia que vinha o 1 neto a caminho (nasceu em julho) e isso mais a sua filha adolescente seriam suficientes para lutar pela vida. se optou pela eutanásia é porque já estava nas últimas. não é preciso explorar isso.

  2. duvido que a lesley fosse amiga de longa data. ela quer é vender o livro dela à custa do nome de Bowie. amias de longa data??? sao a mulher dele, Iman e a Coco Schwab e vocês ainda não ouviram comentários delas, pois não?
    Lesley não era amiga. era conhecida.

  3. Se eu estivesse no lugar dele, rico e com boa assistência médica, não teria arriscado o suicídio. Barra pesada mesmo, se assim foi, provavelmente foi para o baixo astral.

Responder a lany Cancelar resposta

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …