Morreu George Bizos, advogado de Mandela, aos 92 anos

O advogado e ativista dos direitos humanos George Bizos morreu aos 92 anos, anunciou esta quinta-feira a Fundação Ahmed Kathrada.

George Bizos dedicou a sua carreira profissional à luta pelos direitos humanos na África do Sul, para onde imigrou em 1941 como refugiado da II Guerra Mundial com o seu pai.

De origem helénica, Bizos destacou-se no auge do apartheid ao representar Walter Sisulu e Nelson Mandela, fundadores do ex-movimento de libertação, Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês), no julgamento de Rivonia.

Em 1996, na Comissão de Verdade e Reconciliação (TRC) criada pelo Governo de Unidade Nacional do Presidente Mandela, Bizos representou várias famílias de dirigentes da luta de libertação, como Steve Biko e Chris Hani.

George Bizos, nasceu em 1928, na Grécia, tendo sido ainda contemporâneo de do fundador da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), Eduardo Mondlane, na Universidade de Witwatersrand, em Joanesburgo.

George Bizos sempre defendeu o que era justo e correto

O advogado lusodescendente José Nascimento considerou esta quarta-feira que o legado de meio século de George Bizos na defesa dos direitos humanos na África do Sul é uma referência para o país.

Foi um grande ativista e defensor dos direitos humanos, pelos quais lutou durante cerca de 50 anos, um homem que passou quase toda a sua vida adulta na África do Sul e sempre a combater pela justiça, e foi um dos fundadores da escola SAHETI, há 47 anos, para a promoção da educação helénica”, adiantou à Lusa José Nascimento.

O advogado lusodescendente sublinhou que George Bizos “defendeu sempre o que achava que era justo e correto independentemente do que estivesse na moda na altura, porque chegou até a ser ostracizado pela comunidade helénica”. “Foi um homem que há poucos anos foi também ao Zimbabué defender Morgan Tsvangirai [ex-líder da oposição e antigo primeiro-ministro falecido em 2018]”, salientou.

“Conheci pessoalmente o George Bizos que me dizia sempre: ‘obrigado pelo que estás a fazer pelo nosso país e pelas nossas comunidades‘ e foi a dedicatória que ele me deu na sua autobiografia ‘Odisseia à Liberdade’ [2007]”, recordou.

José Nascimento sublinhou ainda à Lusa que, sendo imigrante na diáspora, George Bizos “foi um homem que sempre se orgulhou das suas origens e que nunca deixou de ser menos sul-africano por causa disso”.

A instituição de ensino helénica SAHETI, da qual Bizos foi fundador, disse em comunicado: “Como comunidade, caminhámos ao lado de um homem que se tornou um ícone da luta contra o apartheid na África do Sul”.

Era o único sobrevivente da equipa jurídica dos líderes do ex-movimento de Libertação, Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês), no julgamento de Rivonia, que condenou a prisão perpétua por sabotagem ao então regime do apartheid, Nelson Mandela, Walter Sisulu e Ahmed Kathrada, entre outros.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

País Basco em confinamento, Bélgica quer transferir doentes para os Países Baixos e França "perdeu o controlo"

Numa altura em que a Europa volta a ser epicentro da pandemia de covid-19, o País Basco decretou o confinamento da população e França considera impor a mesma medida. Com falta de camas, Bélgica pediu …

"Dia histórico". Senado confirma nomeação de Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal dos EUA

O Senado norte-americano confirmou segunda-feira à noite a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos, o que representa uma vitória política para o Presidente Donald Trump a poucos dias das eleições …

Os olhos das corujas podem ter uma "lente" que melhora a visão noturna

As corujas capturam as suas presas durante a noite. Uma nova investigação sugere que há algo de especial na forma como as moléculas de ADN nos olhos das corujas estão acondicionadas, uma característica que lhes …

Os extraterrestres podem estar a observar-nos à distância (em mais de 1.000 estrelas diferentes)

Da mesma forma que nós, da Terra, já detetámos vários milhares de planetas ao redor de outras estrelas, uma hipotética civilização alienígena poderia ter detetado a nossa presença. Mas de que posições no Espaço isso seria …

Afinal, o buraco negro mais próximo da Terra pode não ser um buraco negro

Um objeto identificado no início deste ano como o buraco negro mais próximo da Terra pode, afinal, não o ser. Depois de reanalisar os dados, diferentes equipas de cientistas concluíram que o sistema HR 6819 …

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …