Morreu George Bizos, advogado de Mandela, aos 92 anos

O advogado e ativista dos direitos humanos George Bizos morreu aos 92 anos, anunciou esta quinta-feira a Fundação Ahmed Kathrada.

George Bizos dedicou a sua carreira profissional à luta pelos direitos humanos na África do Sul, para onde imigrou em 1941 como refugiado da II Guerra Mundial com o seu pai.

De origem helénica, Bizos destacou-se no auge do apartheid ao representar Walter Sisulu e Nelson Mandela, fundadores do ex-movimento de libertação, Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês), no julgamento de Rivonia.

Em 1996, na Comissão de Verdade e Reconciliação (TRC) criada pelo Governo de Unidade Nacional do Presidente Mandela, Bizos representou várias famílias de dirigentes da luta de libertação, como Steve Biko e Chris Hani.

George Bizos, nasceu em 1928, na Grécia, tendo sido ainda contemporâneo de do fundador da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), Eduardo Mondlane, na Universidade de Witwatersrand, em Joanesburgo.

George Bizos sempre defendeu o que era justo e correto

O advogado lusodescendente José Nascimento considerou esta quarta-feira que o legado de meio século de George Bizos na defesa dos direitos humanos na África do Sul é uma referência para o país.

Foi um grande ativista e defensor dos direitos humanos, pelos quais lutou durante cerca de 50 anos, um homem que passou quase toda a sua vida adulta na África do Sul e sempre a combater pela justiça, e foi um dos fundadores da escola SAHETI, há 47 anos, para a promoção da educação helénica”, adiantou à Lusa José Nascimento.

O advogado lusodescendente sublinhou que George Bizos “defendeu sempre o que achava que era justo e correto independentemente do que estivesse na moda na altura, porque chegou até a ser ostracizado pela comunidade helénica”. “Foi um homem que há poucos anos foi também ao Zimbabué defender Morgan Tsvangirai [ex-líder da oposição e antigo primeiro-ministro falecido em 2018]”, salientou.

“Conheci pessoalmente o George Bizos que me dizia sempre: ‘obrigado pelo que estás a fazer pelo nosso país e pelas nossas comunidades‘ e foi a dedicatória que ele me deu na sua autobiografia ‘Odisseia à Liberdade’ [2007]”, recordou.

José Nascimento sublinhou ainda à Lusa que, sendo imigrante na diáspora, George Bizos “foi um homem que sempre se orgulhou das suas origens e que nunca deixou de ser menos sul-africano por causa disso”.

A instituição de ensino helénica SAHETI, da qual Bizos foi fundador, disse em comunicado: “Como comunidade, caminhámos ao lado de um homem que se tornou um ícone da luta contra o apartheid na África do Sul”.

Era o único sobrevivente da equipa jurídica dos líderes do ex-movimento de Libertação, Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês), no julgamento de Rivonia, que condenou a prisão perpétua por sabotagem ao então regime do apartheid, Nelson Mandela, Walter Sisulu e Ahmed Kathrada, entre outros.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Faca feita de fezes entre os vencedores deste ano dos prémios Ig Nobel

Uma faca feita com fezes congeladas e um jacaré a arrotar são alguns dos vencedores dos prémis Ig Nobel, que distinguem as invenções mais incomuns. Os prémios Ig Nobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas …

O hemisfério norte teve o verão mais quente de que há registo (e isso é um sinal de alerta para a Terra)

O hemisfério teve em 2020 o verão mais quente de que há registo. No geral, o Planeta Terra teve três dos meses mais quentes, e o mês de agosto foi o segundo mais quente que …

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …

Processos com acórdãos a meias entre Rangel e Galante estão em risco

Durante dez anos, centenas de acórdãos do Tribunal da Relação de Lisboa foram feitos a meias entre Rui Rangel e Fátima Galante. Agora, esses processos estão em risco. A Procuradoria-Geral da República anunciou esta sexta-feira a …