Morreu Bárbara Virgínia, a primeira realizadora portuguesa

jcmaximinofotos

Bárbara Virgínia, a primeira realizadora portuguesa de cinema

Bárbara Virgínia, a primeira realizadora portuguesa de cinema

A primeira realizadora portuguesa de cinema, Bárbara Virgínia, a primeira mulher a apresentar um filme no Festival de Cannes, em 1946, morreu no passado domingo, aos de 92 anos.

Bárbara Virgínia, que também foi atriz e locutora de rádio, era o nome artístico de Maria de Lourdes Dias Costa, nascida em Lisboa, a 15 de novembro de 1923.

Paulo Borges, autor do blogue Os anos de ouro do cinema português, que foi amigo da cineasta, afirmou à Lusa que Bárbara Virgínia frequentou o Conservatório Nacional e, “aos 15 anos, já fazia parte das vozes promissoras da então Emissora Nacional”. Chegou a atuar como bailarina clássica, no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, e colaborou na revista Modas e Bordados, dirigida por Maria Lamas.

Estreou-se como atriz cinematográfica em 1945, em “Sonho de Amor”, de Carlos Porfírio, dois anos depois do exame final do Conservatório, em julho de 1943, em que se cruzou com Maria Barroso, no palco do Teatro da Trindade, e que levaria o Diário Popular, à época, a escrever “nasceram duas atrizes”.

Com apenas 22 anos, Bárbara Virgínia tornou-se na primeira mulher portuguesa a assumir a realização de um filme, função que acumulou com a representação”, disse Paulo Borges.

O filme, intitulado “Três dias sem Deus“, estreou-se nas salas de cinema, em agosto de 1946, e conta a experiência de uma professora primária, numa remota aldeia do interior, onde enfrenta a desconfiança e as superstições dos aldeões.

Produzido pela Invicta Filmes, o filme foi selecionado para a primeira edição do Festival Internacional de Cinema de Cannes, em 1946, a par de “Camões”, de Leitão de Barros.

A Cinemateca exibiu na passada segunda-feira escassos minutos desta longa-metragem – apenas imagem -, no âmbito de um encontro dedicado à igualdade de género no cinema.

“Se pensarmos como era o país em 1940, era único, excecional e muito difícil ser mulher no cinema em Portugal“, afirmou o diretor da Cinemateca Portuguesa, José Manuel Costa, nesse encontro a propósito do trabalho de Bárbara Virgínia.

Segundo José Manuel Costa, Bárbara Virgínia ainda teve um projeto de outro filme, uma adaptação de um texto de António Nobre, mas não chegou a ser concretizado, com a realizadora a viajar para o Brasil, em 1952, onde se manteve até morrer.

Ainda como atriz, fez parte do elenco do filme “Aqui Portugal”, (1947), de Armando de Miranda, onde também se cruzou com Maria Barroso, e prosseguiu carreira como atriz, locutora de rádio e declamadora.

Fez parte da companhia teatral de Alves da Cunha, do elenco da opereta “Sua majestade o amor”, de Silva Tavares, e participou no popular programa radiofónico “Comboio das seis e meia”, realizado por Igrejas Caeiro.

“No fim de um recital no Teatro S. Luiz, em Lisboa, um empresário brasileiro convenceu-a a dar o salto até ao Brasil, onde assinou contrato com a TV Tupi, que foi pioneira da televisão naquele país, e foi lá que continuou a trabalhar sempre com êxito”, contou à Lusa Paulo Borges.

A realizadora e atriz encontra-se sepultada no cemitério de Morumbi, em São Paulo.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ciência explica porque é que alguns cheiros desencadeiam memórias fortes

O cheirinho de pão acabado de sair do forno pode, por exemplo, funcionar como um portal do tempo, levando-nos de volta àquele pequeno café em Paris que visitámos há alguns anos. Os cheiros têm a capacidade …

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …