Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele país africano.

As causas da morte não são ainda conhecidas, frisa o britânico Daily Mail.

Alguns espécimes foram encontrados sem vida a 11 de maio, tendo os seus corpos sido encontrados intactos, sem ferimentos, fator que descarta a hipótese de caça furtiva.

Análises posteriores descartaram também a possibilidade destes animais terem sido vítimas de uma infeção por antraz ou envenenados por humanos.

No final de maio, foram encontrados 54 elefantes mortos, menos de duas semanas depois de terem sido encontrados outros 12 sem vida, precisaram as autoridades. Os outros 44 espécimes foram encontrados durante o mês de março.

“Todas as carcaças recuperadas não mostram sinais de caça furtiva”, disse Dimakatso Ntshebe, diretor regional da vida selvagem do Governo de Botsuana, antes de descartar também uma situação de envenenamento. “Se fossem envenenados, alguns dos animais que se estavam a alimentar das carcaças poderiam ter morrido, coisa que não aconteceu”.

A pandemia de covid-19 está a dificultar os esforços para determinar a causa da morte destes animais, uma vez que a restrição de viagens atrasou o envio de amostras para um laboratório no Zimbábue, disse ainda Dimakatso Ntshebe.

Com 135.000 espécimes, o Botsuana tem a maior população de elefantes do mundo.

Nos últimos anos, nota a Bloomberg, os elefantes tornaram-se uma questão política no Botsuana. No ano passado, o presidente Mokgweetsi Masisi suspendeu a proibição de caça destes animais, dizendo que é necessário fazer mais para que estes animais que vivem no país não estraguem plantações agrícolas e, ocasionalmente, atropelem moradores.

ZAP //

 

 

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …