Estes morangos são vermelhos? É tudo ilusão de óptica

É mais um daqueles desafios que se podiam tornar virais na Internet mas, acima de tudo, é uma demonstração de ilusão de ótica que ajuda a perceber como o nosso cérebro processa as cores.

Partimos com base nesta fotografia de um bolo de morangos, na qual apesar de ter um tom azulado, vemos o vermelho dos morangos certo? Errado.

Às vezes, as coisas não são exatamente o que parecem e, neste caso, trata-se de uma correção de cor que é feita pelo nosso cérebro.

Apesar de vermos vermelho na imagem, vermelho é coisa que nela não existe. Todos os pixeis vermelhos foram retirados, ainda assim os nossos olhos teimam em ver morangos vermelhos em cima do bolo.

Esta é uma demonstração de “constância de cor”. De acordo com os especialistas, o nosso cérebro corrige o mundo que vê, tornando as cores constantes mesmo que os objetos em causa sejam filtrados por uma luz diferente.

“É como se o nosso cérebro dissesse: a fonte de luz que estou a ver tem um componente azul, então vou eliminar isso automaticamente de cada pixel”, explica Bevil Conway, um especialista em perceção visual, citado pela BBC. “E quando eliminamos os pixeis cinzas e esse desvio para o azul, acabamos por ver o vermelho”, conclui.

A imagem dos morangos foi criada por Akiyoshi Kitaoka, um professor de Psicologia na Universidade de Ritsumeikan, no Japão, que também partilhou a imagem original no Twitter.

E o vestido?

Este debate, porém, não é semelhante ao ocorrido com o famoso vestido, que se tornou viral nas redes sociais, porque umas pessoas diziam que era preto e azul e outros diziam que era branco e dourado.

swiked / Tumblr

"O Vestido"

“O Vestido”

A explicação para essa questão também tem a ver com as fontes de luz e a maneira como interferem nas cores. A explicação daquele caso está principalmente na forma como os olhos e o cérebro evoluíram para ver cores na luz solar.

Como os seres humanos evoluíram para ver a luz do dia, os seus cérebros começaram a levar em conta o facto de que a luz muda de cor. Os objetos têm um certo tom vermelho rosado de madrugada, mais azul e branco ao meio-dia e voltam a ser mais avermelhados ao pôr-do-sol. O cérebro tenta descontar o efeito da luz do sol (ou outra fonte de luz) para chegar a uma cor “verdadeira”.

Por isso, algumas pessoas viam azul no vestido mas os seus cérebros ignoravam esse facto, atribuindo a cor azulada à fonte de luz, em vez de ao próprio vestido. Ou seja, viam branco e dourado, quando o vestido, na verdade, era preto e azul.

Os dois casos têm ligação com os ajustes que a mente faz com a tonalidade baseada no tipo de luz que ilumina as coisas.

ZAP // Move / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Jovens preocupados com fertilidade e efeitos secundários das vacinas contra a covid-19

Com o avanço das campanhas de vacinação, um grande número de pessoas das faixas etárias baixo dos 30 anos mostra-se relutante em tomar a vacina contra a covid-19. Os jovens falam de preocupações com fertilidade …

Clarisse: dois gestos que ficam para a memória olímpica

Clarisse Agbégnénou foi campeã olímpica no judo, pela primeira vez - mas a atitude que demonstrou, mal venceu a final, ficará também para os registos. Campeã mundial cinco vezes, mais duas medalhas de prata. Cinco medalhas …

Sindicatos avançam com ações legais para travar despedimento coletivo na TAP

Os sindicatos que representam os trabalhadores da TAP vão avançar com ações legais para travar o despedimento coletivo que a empresa iniciou na segunda-feira, que abrange 124 profissionais. "Até agora houve conversa, a partir de agora …

Ginastas alemãs usam fato integral para combater sexualização da modalidade

Ao contrário do que acontece com os ginastas masculinos, que podem optar por calções ou calças, as mulheres competem, desde o início da modalidade, de bodies que expõem grande parte do seu corpo. Quando, no último …

Tribunal europeu dá razão à SIC e condena Estado por violar liberdade de expressão

Portugal foi condenado pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem (TEDH) por violação da liberdade de expressão num caso em que a SIC foi obrigada a indemnizar um ex-deputado do PS por ofensa à sua …

Misturar doses da AstraZeneca e da Pfizer aumenta até seis vezes as defesas contra covid-19

Um novo estudo realizado na Coreia do Sul concluiu que o número de anticorpos contra a covid-19 aumentou seis vezes em quem misturou as doses da AstraZeneca e da Pfizer em relação a quem tomou …

Bruxelas abre infração contra Portugal por não transpor regras da UE para comércio desleal

A Comissão Europeia abriu, esta terça-feira, um procedimento de infração contra Portugal e outros 11 Estados-membros por não terem transposto regras da União Europeia (UE) que proíbem práticas comerciais desleais entre empresas na cadeia de …

Federação Portuguesa de Futebol confirma: Supertaça vai ter público nas bancadas

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) confirmou, esta terça-feira, que a final da Supertaça, agendada para este sábado, vai poder ter 33% da lotação do Estádio Municipal de Aveiro. Depois de a ministra da Saúde, Marta …

Relatório final da comissão de inquérito sobre o Novo Banco aprovado com voto contra do PS

O relatório final da comissão de inquérito ao Novo Banco foi aprovado pelos deputados, esta terça-feira, apenas com o voto contra do PS e a abstenção do CDS-PP. O relatório final da Comissão Eventual de Inquérito …

Califórnia e cidade de Nova Iorque exigem vacinas — ou testes semanais — aos funcionários públicos

O estado da Califórnia e a cidade de Nova Iorque querem incentivar os funcionários públicos a vacinarem-se numa altura em que os Estados Unidos sofrem um aumento de casos devido à variante Delta. Todos os funcionários …