Moradores das ruas da “movida” do Porto vão estacionar na Trindade

Ricardo Lêdo / FLickr

-

Os moradores das ruas da zona da ‘movida’ da Baixa do Porto vão passar a poder estacionar gratuitamente no Parque da Trindade nas noites de fim de semana e vésperas de feriados, anunciou a autarquia.

A medida, que abrange o período entre as 20:00 e as 10:00, surge em resposta ao condicionamento de trânsito implementado na zona por um período experimental de quatro meses.

“Simultaneamente, o horário de interdição de circulação e estacionamento foi antecipado em duas horas, passando a vigorar desde as 20 horas e até às 4 horas da madrugada”, refere comunicado hoje divulgado.

No documento, a câmara do Porto recorda ter implementado “desde o dia 11 de julho, um conjunto de medidas que alargam a oferta de mobilidade na cidade do Porto e condicionam o trânsito automóvel na Rua das Carmelitas, Rua de Galeria de Paris, Rua Cândido dos Reis, Rua de Santa Teresa, Rua da Fábrica, Rua Conde de Vizela e Rua de Avis”.

Tal condicionamento, dizem, pretendeu melhorar “os níveis de segurança e tranquilidade daquela zona da baixa”, para além de “encorajar o uso do transporte público e avaliar a pedonalização definitiva e permanente de mais ruas no Centro Histórico do Porto”.

A autarquia informa ainda que os moradores das ruas interditadas podem aceder já sexta-feira ao estacionamento gratuito no Parque da Trindade, bastando para isso “que se façam acompanhar por prova de residência válida, como por exemplo um título de registo de propriedade, carta de condução, fatura de eletricidade ou da água que o comprovem”.

Na próxima semana, os moradores deverão “dirigir-se à União de Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória, munidos do livrete do veículo e documentos comprovativos de residência nos arruamentos referidos para que a autorização de acesso gratuito ao Parque da Trindade se passe a efetuar de forma automática”.

Terça-feira a câmara do Porto admitiu fazer ajustes nos horários de interdição do trânsito na zona da movida da Baixa aos fins de semana, bem como encontrar soluções de estacionamento alternativas para os moradores.

A informação foi então avançada à Lusa após um incidente entre moradores e Polícia Municipal, relatado por correio eletrónico por um morador na rua da Fábrica, devido ao alegado reboque de viaturas dos moradores apesar de a sinalização indicar “exceção” para os mesmos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

EUA vão retirar Sudão da "lista negra" de países apoiantes do terrorismo

O Sudão vai ser retirado da lista de países apoiantes do terrorismo, anunciou na segunda-feira o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, numa medida que permitirá ao país africano voltar a ter acesso a …

Trump testou positivo à covid-19 e Fauci não ficou nada surpreendido

Anthony Fauci, o principal especialista norte-americano em doenças infeciosas, revelou esta semana que não ficou nada surpreendido com o facto de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter testado positivo à covid-19.  Em entrevista ao …

Benfica castigado com um jogo de interdição da Luz

O Benfica foi punido com um jogo de interdição do Estádio da Luz e uma multa de 10.200 euros pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), por apoio a claques não …

Homem muda a matrícula do carro para ficar "invisível", mas acaba com multas pendentes de 12 mil dólares

Um especialista em segurança cibernética norte-americano, conhecido como Droogie, trocou a matrícula do seu carro e pôs em prática um plano para tentar tornar o veículo indetetável nos leitores de matrículas e sistemas de bilhetes. …

Fenprof diz que já são mais de 330 as escolas com casos positivos

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou que já são mais de 330 as escolas em que confirmou existirem casos de covid-19 e acusou o Ministério da Educação de “esconder informação” solicitada a este propósito. Os …

Boeing 737 Max novamente seguro para voar, diz regulador europeu

O 737 Max da Boeing, avião suspenso desde março de 2019 devido a dois acidentes que resultaram na morte de 346 pessoas, é novamente seguro para voar, afirmou o diretor executivo da Agência Europeia para …

Nenhum deputado quis fazer o parecer sobre lei da Stayaway Covid

A comissão de Assuntos Constitucionais viveu esta terça-feira momentos de boa disposição quando nenhum deputado se voluntariou para fazer um parecer sobre a proposta de lei do Governo para tornar obrigatória a aplicação Stayaway Covid. Apesar …

Instagram investigado na Irlanda pela gestão de dados dos utilizadores menores de idade

A comissão que regula a proteção de dados irlandesa abriu em setembro dois inquéritos à rede social Instagram, com base na gestão de dados dos utilizadores menores de idade daquela rede social. A Comissão de Proteção …

PCP vai votar contra proposta de referendo sobre a eutanásia

O PCP vai votar contra a proposta de referendo sobre a eutanásia na Assembleia da República, na sexta-feira, disse à agência Lusa fonte dos comunistas. Tradicionalmente, o PCP, que é contra a morte medicamente assistida, tem …

Voos low cost podem ser solução para a retoma do turismo em Cabo Verde

A crise provocada pela covid-19 obrigou o operador turístico Barracuda Tours, gerido por portugueses e com início de operações em Cabo Verde nos anos 1990, a encerrar delegações e a reduzir trabalhadores, mas está a …