Montijo: Governo reitera que não há opção B e que não vai custar um cêntimo ao Estado

O Governo assegurou esta quarta-feira que não há uma “opção B” para o novo aeroporto, sublinhando que o Montijo está a 25 minutos de Lisboa, “não custa um cêntimo aos cofres do Estado” e tem “capacidade de expansão”.

A posição do executivo surge após o ex-presidente do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) Carlos Matias Ramos, em declarações à agência Lusa, ter considerado que o futuro aeroporto do Montijo, em Setúbal, não é uma decisão do Governo, mas sim da concessionária ANA – Aeroportos de Portugal.

Matias Ramos falou à Lusa após uma delegação da Plataforma Cívica Aeroporto BA6 não ter entregado um documento, com posições contra a construção do aeroporto na Base Aérea do Montijo, ao secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Alberto Souto de Miranda, no Ministério das Infraestruturas e da Habitação, em Lisboa.

O também antigo bastonário da Ordem dos Engenheiros lembrou ainda que cerca de 30 mil pessoas vão ser afetadas, no Montijo, problema que, segundo o mesmo, poderia ser resolvido com a escolha do Campo de Tiro de Alcochete, que afetará cerca de 400 habitantes.

“Apesar de toda a consideração pelo Sr. Eng. Matias Ramos e de se compreender que continue a defender a solução Alcochete, à qual esteve muito ligado há dez anos, o certo é que em dez anos muita coisa mudou. Os seus alertas qualificados foram devidamente registados e serão tidos em conta para a melhoria do projeto. Mas não há opção B”, disse, em comunicado, Alberto Souto de Miranda.

Apesar de admitir que o contrato de concessão com a ANA “condicionou a opção do Governo”, o secretário de Estad notou que o Montijo é uma boa escolha, pois “está a 25 minutos de Lisboa e não custa um cêntimo aos cofres do Estado”.

Por outro lado, “tem uma capacidade de expansão para as próximas décadas e estará construído em 2022”. Segundo o Governo, esta infraestrutura será também ambientalmente respeitadora e irá melhorar “toda a rede de acessibilidade da margem Sul, o emprego e a economia nacionais”.

Alberto Souto de Miranda reiterou ainda que Alcochete deixou de ser opção há uma década e que não será agora alternativa, uma vez que “é muito mais distante, muito mais caro e implicará perda de receita para o país muito significativa”. No entanto, “ficará como reserva estratégica para os próximos 100 anos”, sublinhou o Governo.

“Portugal discutiu durante décadas a localização do novo aeroporto. Mas há um tempo para discutir e um tempo para decidir. E este Governo decidiu e, sobretudo, decidiu bem. O tempo agora é de decisões ambientais e de qualidade do projeto”, concluiu.

A ANA e o Estado assinaram em 8 de janeiro o acordo para a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, com um investimento de 1,15 mil milhões de euros até 2028 para aumentar o atual aeroporto de Lisboa (Humberto Delgado) e transformar a base aérea do Montijo no novo aeroporto de Lisboa.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ah! Ah! Ah!
    É mais uma borla para o Zé Povinho!
    Espectáculo, Costa!
    Manda mais desses negócios bons-de-fazer, que o povo adora!
    Quando tocar a pagar é que vai doer…
    Eh! Eh! Eh!

RESPONDER

Cientistas descobrem qual a melhor altura para consumir proteínas

Uma equipa de investigadores sugere que a melhor altura para consumir proteínas é ao pequeno-almoço. É nesta altura do dia em que o corpo humano colhe mais benefícios. Os alimentos mais ricos em proteínas são os …

Matheus: "Não sei o que se passa em Barcelona, nem me trataram como jogador"

Matheus Fernandes tinha contrato com os catalães até 2025 mas, em junho, soube que ia sair do clube... por e-mail. Já assinou pelo Palmeiras mas não esquece o que aconteceu em Espanha. Tinha sido um dos …

Quem são os 91 portugueses nos Jogos Olímpicos (e as 4 medalhas que vão conquistar)

Participação portuguesa em Tóquio arranca neste sábado. Serão 91 atletas espalhados por 17 modalidades. Associated Press fez previsão para todas as especialidades presentes nos Jogos Olímpicos. Portugal teve 17 atletas na cerimónia de abertura dos Jogos …

Encontrada "impressão digital" do megatsunami provocado pelo asteróide que matou os dinossauros

Cientistas encontraram uma "impressão digital" no centro do Luisiana, nos Estados Unidos, do megatsunami provocado pelo asteróide que levou à extinção dos dinossauros. A devastação causada pelo asteróide que exterminou os dinossauros há 66 milhões de …

De que forma é o universo? Astrofísicos acreditam que pode ser um donut 3D gigante

Um novo estudo pode vir mudar a percepção de que o universo é infinito. Será que o universo é infinito? Qual será a forma do cosmos? Já há séculos que estas perguntas andam nas mentes dos …

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …