Mona Lisa está de volta a “casa” (e protegida com vidro à prova de bala)

A Mona Lisa tem um novo vidro a protegê-la. O Museu do Louvre instalou um vidro mais transparente e à prova de bala para guardar a obra de Leonardo da Vinci, que está atrás de um vidro desde o início dos anos 50.

A medida de segurança foi adotada depois de a obra ter sido danificada por um visitante que despejou ácido sobre ela. Desde então já houve outras tentativas de vandalizar um dos quadros mais famosos do mundo, mas foram todas frustradas.

O curador de arte italiana do século XVI no museu disse à Reuters Television que a tecnologia do vidro melhorou muito nos últimos anos e o novo vidro, além de proteger a obra, permite a melhor experiência de visualização possível.

A Mona Lisa regressou esta segunda-feira ao seu espaço habitual no Louvre, após obras na sala em que o quadro é exposto com o objetivo de conseguir receber de modo mais eficiente o grande fluxo de visitantes do museu. Após dois meses de obras, a célebre pintura de Leonardo da Vinci foi transferida da Galeria Medicis para a Sala dos Estados, diante do maior quadro do museu, “O Casamento em Caná”, de Paolo Veronese.

“Aproveitámos esta oportunidade para mudar o vidro de proteção que não era mudado há 15 anos. De facto, a tecnologia melhorou significativamente. Hoje a “Mona Lisa” beneficia de um vidro extremamente transparente que dá a impressão que estamos muito próximos da obra”, disse o curador e historiador de arte, Vincent Delieuvin, à Euronews.

O museu implementou ainda um sistema de de duas filas de forma a permitir a todos os visitantes aproximarem-se da obra de arte. Em média, cerca de 30 mil pessoas visitam diariamente o museu para verem a “Mona Lisa”. Cada pessoa passa 50 segundos a contemplar a obra.

A Sala dos Estados não passava por obras há 15 anos. As obras melhoraram a iluminação e alteraram o circuito de circulação dos visitantes, entre outras modificações.

A Mona Lisa é o símbolo do maior museu do mundo e alguns diretores do centro cultural chegam a lamentar que certos turistas se interessem apenas por esta obra durante suas visitas. No ano passado, 10,2 milhões de pessoas visitaram o Louvre. No dia 24 de outubro o Louvre vai inaugurar uma grande exposição sobre Leonardo da Vinci, mas a Mona Lisa não será deslocada para a ocasião.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …

"Árvores dinossauro". Bombeiros australianos conseguiram salvar floresta pré-histórica

Os bombeiros australianos conseguiram salvar dos incêndios uma floresta com árvores pré-históricas localizada no sudeste do país, anunciou o Governo. Em causa estão árvores da espécie Wollemia nobilis, vulgarmente conhecidas como Pinheiro de Wollemi, que se …