Molécula extraída do açafrão-bastardo pode ser eficaz contra a covid-19

Açafrão bastardoAnunciado como “o único medicamento oral eficaz” para o tratamento de pacientes com covid-19 que não estão hospitalizados, a colquicina surge como uma nova esperança que poderia ser determinante para aliviar a pressão sobre os hospitais. E o melhor é que é uma droga barata que é extraída da flor do açafrão-bastardo.

Este “grande avanço científico para tratar a covid-19″ foi anunciado pelo Instituto de Cardiologia de Montreal (MHI na sigla original em Inglês), no Canadá, que liderou uma investigação que testou a eficácia da colquicina em doentes com a infecção que não se encontravam hospitalizados.

Esta molécula que é extraída das plantas Colchicum autumnale, conhecidas por açafrão-do-prado, açafrão de Outono ou açafrão-bastardo, “reduziu em 21% os riscos de morte ou de hospitalização em pacientes com covid-19 em comparação com o placebo” usado nos testes clínicos, segundo avança o MHI em comunicado.

A “colquicina é o único medicamento oral eficaz para o tratamento de pacientes não hospitalizados”, conclui o Instituto de Cardiologia canadiano que fala de uma “importante descoberta científica”.

Contudo, o estudo já publicado, ainda não foi alvo de revisão científica.

Colquicina é um potente veneno

A colquicina é extraída do chamado açafrão-bastardo, assim denominado por ser altamente tóxico. Nos Antigos Egipto e Grécia era usado como um potente veneno, embora também tivesse aplicações medicinais.

De resto, o gado, por instinto natural de sobrevivência, nem sequer toca nas plantas do açafrão-bastardo. Portanto, não deve ser usado como condimento, nem ingerido directamente como medicamento, pois é altamente venenoso.

Na Península Ibérica, existe a espécie açafrão-bravo ou pé-de-burro (Crocus serotinus) que pode ser usada como aromatizante e corante de alimentos. Já a especiaria que conhecemos como açafrão provém da espécie Crocus sativus.

O que diferencia as espécies é o número de estames em cada flor – o açafrão-bastardo tem seis, enquanto o açafrão-bravo tem apenas três, por exemplo.

Desde a Antiguidade, o açafrão-bastardo tem sido usado para tratar certas maleitas devido às suas propriedades anti-inflamatórias. É utilizado desde 1980 no tratamento da gota e também tem sido usado como tratamento acessório em alguns casos de doenças cardíacas.

Nos últimos anos, têm sido feitos estudos científicos para avaliar a sua eficácia em casos de cancro.

“Primeiro medicamento oral em todo o mundo que poderia prevenir complicações da covid-19”

Na investigação agora realizada com pacientes de covid-19, estudou-se uma população de 4488 doentes de Canadá, EUA, Espanha, Grécia, Brasil e África do Sul. Os pacientes não estavam hospitalizados e tinham, pelo menos, um dos factores de risco para complicações por causa da infecção provocada pelo coronavírus.

Os resultados revelam que “o uso da colquicina foi associado com reduções estatisticamente significativas nos riscos de morte ou de hospitalização” em comparação com o placebo utilizado, afiança o MHI.

De acordo com os dados, a molécula do açafrão-bastardo “reduziu as hospitalizações em 25%, a necessidade de ventilação mecânica em 50% e as mortes em 44%”.

O Instituto de Cardiologia conclui, assim, que a “colquicina é o único medicamento oral eficaz para o tratamento de pacientes [com covid-19] não hospitalizados”.

“A nossa pesquisa mostra a eficácia do tratamento com colquicina na prevenção do fenómeno da “tempestade de citocinas” e reduzindo as complicações associadas com a covid-19″, aponta o investigador que liderou o estudo, Jean-Claude Tardif, director do Centro de Pesquisa do MHI e professor de Medicina.

Além disso, é “o primeiro medicamento oral em todo o mundo cujo uso poderia ter um impacto significativo na saúde pública e potencialmente prevenir as complicações de covid-19 em milhões de pacientes”, salienta.

O facto de poder evitar o desenvolvimento de formas graves da doença poderia “aliviar os problemas de congestão dos hospitais e reduzir os custos de saúde” em todo o mundo, afiançam ainda os investigadores.

O estudo coordenado pelo instituto canadiano contou com fundos de programas governamentais do Canadá e dos EUA e também da Fundação Bill & Melinda Gates, sendo, até agora, “o maior estudo do mundo a testar um medicamento administrado por via oral em pacientes não hospitalizados com covid-19”, afiança ainda o MHI.

Contudo, estas conclusões estão a ser encaradas com alguma cautela. Aguardam-se as conclusões da revisão científica e a divulgação de mais dados dos testes, uma vez que a informação disponibilizada no site dedicado à investigação é ainda muito reduzida.

Entretanto, um artigo científico publicado em Dezembro passado no jornal científico Plos One, também assinado por investigadores do MHI incluindo Jean-Claude Tardif, concluiu que “a colquicina é um medicamento de baixo custo, amplamente disponível, e eficiente no tratamento de condições inflamatórias“.

O uso da substância em ratos com lesão pulmonar aguda reduziu a área da lesão em 61%, além de reduzir o edema pulmonar e de melhorar “notadamente” a oxigenação sanguínea, constatam os autores desta investigação.

 

Susana Valente, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. maravilhoso….mas ico abismado…..as entidades envolvidas sao crediveis…fundaçao bill gates instituos do canada, eua, etc o que falta para se avançar com tanta dor no mundo? Autorizaçao das farmaceuticas?

  2. Se é barato não deve servir para encher os bolsos aos laboratórios e seus lacaios, à partida deverá estar condenado ao esquecimento, no entanto, é da natureza que saem quase sempre as soluções para os males humanos, mas estes parecem andar em guerra aberta com ela!

RESPONDER

Aves migratórias estão a voar muito mais alto do que o esperado (e podem atingir os -21ºC)

Cientistas descobriram que duas aves migratórias estão a voar muito mais alto do que o esperado. A narceja-real pode atingir os 8.700 metros de altitude. Todos os outonos, mil milhões de pássaros deixam as suas áreas …

Geólogos propõem teoria sobre o famoso asteróide Vesta

O asteróide Vesta é o segundo maior asteróide do nosso Sistema Solar. Com um diâmetro de aproximadamente 530 km, orbita o Sol entre os planetas Marte e Júpiter. Há muito tempo que os asteróides desempenham um …

Cientistas criam o maior (e mais realista) universo virtual de todos os tempos

  Uma equipa de investigadores criou um universo virtual onde este é apresentado de forma mais realista. O software chama-se Uchuu - "espaço sideral" em japonês - e está disponível gratuitamente para que qualquer pessoa que …

A luz solar pode tornar os sacos de plástico (ainda) mais perigosos para o ambiente

A exposição ao sol dos sacos plásticos cria dezenas de milhares de novos componentes químicos que se podem dissolver na água, num processo que é bastante rápido. Os danos dos sacos de plástico para o ambiente …

Afinal, as dietas detox não são tão milagrosas como prometem

As dietas detox ganharam muita popularidade nos últimos anos, mas os nutricionistas argumentam que as promessas feitas por estes regimes alimentares não têm bases científicas. Explodiram em popularidade nos últimos tempos, mas parece que as dietas …

Processo Príncipe André. Tribunal de Nova Iorque faz audição pré-julgamento

Os advogados da mulher que alega ter sido abusada por André argumentaram em tribunal que o Príncipe já foi informado do processo. Depois de ter sido processado por uma alegada vítima de abusos sexuais, o processo …

Mulheres podem vir a fazer parte da Guarda Suíça do Vaticano. Quartel adaptado já está a ser projetado

Apesar de ainda não haver permissão para a sua presença na Guarda Suíça do Vaticano, já está a ser projetado um quartel adaptado à acomodação de mulheres. Atualmente, o corpo de elite que protege o papa …

Projeto vai testar inteligência artificial no diagnóstico precoce do cancro gástrico

Investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) integram um projeto que visa desenvolver novos algoritmos para testar o uso da inteligência artificial no diagnóstico precoce do cancro gástrico, foi anunciado esta segunda-feira. Em …

Jerónimo pede "mais tento" a Costa nas críticas aos autarcas do PCP

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, sugeriu hoje a António Costa que tenha “mais tento” e “mais cuidado” nas críticas apontadas aos autarcas comunistas, considerando que é “inquestionável” o trabalho da CDU ao serviço …

China e Vietname devem "evitar aumento das disputas" no Mar do Sul da China

A China e o Vietname devem se abster de ações unilaterais em relação ao Mar do Sul da China para não potenciar as disputas já existentes, afirmou o conselheiro de estado chinês Wang Yi. Segundo o …