Moção de censura derruba Governo de Sebastian Kurz na Áustria

Florian Wieser / EPA

O Parlamento austríaco aprovou esta segunda-feira uma moção de censura apresentada pela oposição, fazendo cair o executivo liderado pelo chanceler e líder do Partido Popular Austríaco (ÖVP), o conservador Sebastian Kurz.

A moção foi votada no Parlamento na sequência de um escândalo que envolveu a extrema-direita austríaca (Partido da Liberdade da Áustria-FPÖ), que integrava o governo de coligação liderado pelo partido de Kurz. A moção de censura passou com os votos dos sociais-democratas e dos nacionalistas do FPÖ.

A Áustria enfrenta uma crise política depois da coligação governamental entre direita e extrema-direita ter sido quebrada, devido a um vídeo comprometedor para o líder nacionalista Heinz-Christian Strache, que era o número dois do executivo austríaco.

Na sequência do escândalo, foi anunciado que a Áustria iria avançar para a realização de eleições antecipadas em setembro.

As legislativas foram convocadas por Kurz após a divulgação de extratos de um vídeo em que o líder do FPÖ, Heinz-Christian Strache, foi filmado, por uma câmara oculta, a prometer a uma suposta sobrinha de um milionário russo, alguns meses antes das eleições legislativas austríacas de 2017, a adjudicação de contratos públicos em troca de apoio financeiro e mediático ao seu partido.

O escândalo veio perturbar a cena política austríaca e levou à demissão de Strache de todos os seus cargos, incluindo o de vice-chanceler e o de líder do partido de extrema-direita, e posteriormente à saída do governo de todos os ministros do FPÖ.

Kurz, que assumiu o poder em finais de 2017 e que mantém níveis altos de popularidade, é o primeiro chanceler austríaco a ser derrubado por moção de censura.

“Ninguém no país entenderá a vontade de derrubar o governo”, disse Kurz, antes da votação, acrescentando que a decisão poderia prejudicar a estabilidade do país.

Nos últimos dias, o FPÖ tinha intensificado os ataques contra Kurz e as críticas à forma como o chanceler geriu as consequências do escândalo que ficou conhecido como “Ibizagate”. Para Heinz-Christian Strache, exigir a saída de Kurz foi “lógica”. A “confiança desapareceu”, reforçou, por sua vez, o secretário-geral do FPÖ, Harald Vilimsky.

Moção “reforça” Kurz

O politólogo e historiador Andreas Maislinger defende que  conservador Sebastian Kurz sairá reforçado e deverá ser o candidato vencedor nas legislativas antecipadas.

Os austríacos deram ao Partido Popular Austríaco (ÖVP) praticamente 35% dos votos nas eleições europeias, uma diferença de mais de dez pontos percentuais em relação à segunda força mais votada. Apesar disso, os sociais-democratas do SPÖ e o partido nacionalista FPÖ votaram a saída do seu líder e chanceler da Áustria, Sebastian Kurz.

Para o analista político austríaco Andreas Maislinger, a vitória do partido de Kurz nas europeias, com um resultado acima do previsto, “não foi uma surpresa”.

“Justifica-se com a competência do cabeça de lista, Othmar Karas, e com o forte empenho de Sebastian Kurz”, mesmo depois de um escândalo político que abalou o país, e que envolveu o vice-chanceler, líder do partido de extrema-direita, sublinhou em declarações à agência Lusa.

“Fosse ou não afastado do governo [através de uma moção de censura], Sebastian Kurz sairia sempre a ganhar e mais reforçado. Este chumbo ao governo surgiu como consequência dos resultados do SPÖ nas eleições e por cooperar com FPÖ [formando uma coligação]”, revelou Maislinger, sublinhando que será precisamente o partido social-democrata austríaco a sofrer as consequências.

“Neste momento o SPÖ tem um problema com a sua credibilidade. Era um partido com orgulho e de sucesso, mas o que querem hoje em dia? Alguns dos meus conhecidos e militantes estão incomodados com o partido pois parece estarem a brincar com a liberdade”, frisou o politólogo e historiador.

Sebastian Kurz propôs ao Presidente eleições antecipadas e manter-se como chanceler até à votação, que deverá realizar-se em setembro. Com a moção de censura, a Áustria fica com um Governo de gestão durante os próximos meses.

“Acredito que Kurz será o candidato pelo ÖVP e que conseguirá mais de 40% dos votos. A questão é quem poderá substituir a atual líder do SPÖ, Pamela Rendi-Wagner que já não reúne consenso dentro do partido”, considerou Andreas Maislinger.

ZAP ZAP // Lusa

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Jovens tentam salvar vidas na Índia através do Youtube. Plataforma elimina vídeos por serem "perigosos"

A Índia continua a debater-se com a grave crise sanitária desencadeada pela covid-19. Jovens indianos publicaram no Youtube vídeos a produzir oxigénio em casa, usando processos químicos ensinados nas escolas. A plataforma eliminou-os. De acordo com …

Shuvuuia era um dinossauro do tamanho de uma galinha, que caçava às escuras

Os investigadores descobriram que Shuvuuia, um pequeno dinossauro do tamanho de uma galinha, tinha uma excelente audição e visão noturna, que lhe permitiam caçar de noite. São poucas as aves que têm aquilo que é preciso …

Na China, é ilegal pedir comida em excesso nos restaurantes

A China aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos que proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam, uma legislação abrangente pode prejudicar a experiência de comer fora de casa. A lei, que entrou em …

Sindicato de pilotos denuncia pedidos da TAP para voos em folga

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) denunciou pedidos da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga, ao mesmo tempo que afirma ter pilotos em excesso. Num email …

Bayern Munique 'festeja' nono título consecutivo com goleada

O Bayern Munique coroou este sábado o seu nono título consecutivo na Liga alemã de futebol com uma goleada no triunfo diante do Borussia Moenchengladbach (6-0), num jogo com um hat-trick de Lewandowski. Antes de pisar …

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …

Cimeira Social. Jerónimo de Sousa diz que não se respondeu aos verdadeiros problemas

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou este sábado, no Porto, que a Cimeira Social da União Europeia não respondeu às necessidades associadas ao emprego, à valorização dos salários e ao fim da precarização …

Babbage escreveu uma carta a Tennyson. Exigia a "correção matemática" de um poema

A perspicácia matemática de Charles Babbage levou-o a escrever uma carta ao poeta Alfred Tennyson, que exigia, de certa forma, rigor e precisão no poema The Vision Of Sin. Charles Babbage é conhecido como o pai …

Covid-19: Portugal com uma morte e 324 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje uma morte atribuída à covid-19, 324 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e uma ligeira subida no número de internamentos em enfermaria, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o …